⚠️ DIVIDENDOS EM RISCO? Lula e Bolsonaro querem taxar seus proventos e podem atacar sua renda extra em 2023. Saiba mais aqui

Richard Camargo
Estrada do Futuro
Richard Camargo
Formado em Economia pela Universidade de São Paulo, Richard trabalhou por 5 anos na área tecnológica até chegar na Empiricus.
2021-02-04T14:34:41-03:00
Estrada do futuro

Como ganhar dinheiro com a promissora indústria dos podcasts

Como fazer podcast é um negócio simples (só sentar e falar), muitas pessoas têm me perguntado o quão difícil é alcançar relevância. E claro, se dá para fazer dinheiro

7 de fevereiro de 2021
6:28 - atualizado às 14:34
Microfone podcast laptop
Imagem: Shutterstock

Olá, seja bem-vindo ao nosso papo de domingo sobre tecnologia e investimentos. 

Temos visto uma explosão na quantidade de Podcasts em todas as plataformas. Algumas pessoas falam no “renascimento” da indústria, que assistiu a um lento e triste declínio do rádio.

De trocadilhos imbecis ao plágio de títulos de livros, já existem podcasts para todas as paixões. 

Eu mesmo, na falta de algo melhor para fazer, tenho um podcast semanal com meus amigos Vinícius Bazan e André Franco, falando sobre tecnologia e investimentos. 

Claro, escolhemos um trocadilho imbecíl como nome.

Como fazer podcast é um negócio simples (só sentar e falar), muitas pessoas têm me perguntado o quão difícil é alcançar relevância. 

E claro, se dá para fazer dinheiro. 

A seguir, vou te dar uma panorama da indústria, mostrar alguns dados e responder a pergunta do título.

A Star is Born

Não quero puxar a sardinha para o meu lado, mas realmente acredito que os podcasts crescerão brutalmente em relevância nos próximos anos. 

Dá uma olhada nessa estimativa da The Infinite Dial 2020, sobre quantos americanos já escutaram um podcast.

Esse interesse crescente tem uma razão de ser: podcasts (se bem escolhidos), são uma excelente companhia para atividades monótonas como lavar louça, ficar parado no trânsito, correr na esteira…

Estamos de olho num mercado “sub penetrado”: a sua atenção naqueles momentos em que você geralmente não está prestando muita atenção em nada.

Antes que você se pergunte, a resposta é “sim”, é esse nicho mesmo. Ninguém senta na sacada num domingo de tarde, por livre e espontânea vontade e pensa: vou ouvir um podcast com nome imbecíl, chamado Tela Azul

Deixa pra hora em que eu criar coragem de enfrentar aquela pilha de louça. 

Como homens e mulheres dirigem, frequentam a academia e lavam louça, temos um público super plural. Abaixo, dados da mesma The Infinite Dial 2020, sobre a representatividade de homens e mulheres entre os ouvintes de podcasts.

Naturalmente, o podcast se tornou um negócio de nicho. Alguns falam sobre coisas de nerds, outros sobre culinária e por aí vai. Sua tarefa, ouvinte, é encontrar um podcast bacana sobre um tema que te interesse.

O efeito pandemia

E como a covid impactou a indústria de podcasts? Dá uma olhada no gráfico abaixo, da Chartable

Entre janeiro e dezembro de 2020, a quantidade de podcasts baixados nas principais plataformas (Spotify, Apple Podcasts e outros) cresceu mais de 200%. 

Num determinado momento da pandemia, se não me engano entre abril e maio, a Amazon (EUA) não possuía mais microfones de podcast em sua plataforma. Estoques esgotados. 

Essa explosão de oferta apenas intensificou um dos principais problemas da indústria: a dificuldade de encontrar um bom podcast. 

O Spotify faz um trabalho incrível te recomendando músicas com base nas suas bandas preferidas. 

Mas, Meu Deus, o que esses caras fizeram com o algoritmo de podcasts?

Eu escuto o Tela Azul e eles me recomendam a Galinha Pintadinha.

Tudo bem que a maturidade dos holsters é similar a do público da Galinha Pintadinha, mas essa é uma conclusão um pouco rude demais para um algoritmo. 

Por isso, esse ainda é um negócio de “boca a boca”. Quem descobre o nosso podcast, geralmente o faz pela indicação de um amigo. 

Já sacou, certo? 

É muito difícil se destacar num ambiente assim, começando do zero. 

Cadê o meu dinheiro?

Como os podcasts são gratuitos, suas duas principais vias de monetização são a propaganda e o ecossistema. 

“Esse podcast é um oferecimento de Blablabla, seu aplicativo preferido para gerenciar os horários em que seu pet vai ao banheiro”.

No quesito ecossistema, os podcasts podem gerar uma grana vendendo produtos próprios, como camisetas, canecas e afins. 

Como você deve imaginar, publicidade dá bem mais dinheiro que produtos. Cresça seu podcast e consiga bons anunciantes, eis a receita de bolo. 

Mas crescer em audiência é algo realmente difícil. 

Os dados abaixo são da Axios Visuals, compilados em janeiro de 2019. 

O “top 5” podcasts do mundo possuíam uma média de 8 mil ouvintes por episódio naquele momento. O “top 1”, uma média de 35 mil ouvintes. 

Se você está se perguntando se isso é muito ou pouco, pense que um idiota imitando uma foca no Youtube consegue alguns milhões de visualizações.  

Ou seja, aqui estão os dois principais gargalos de um podcast: ser descoberto, e ganhar dinheiro depois de descoberto. 

Onde há oportunidade, há investimento

Quem poderá resolver os problemas da indústria de Podcasts e ajudá-la a decolar? 

Acertou quem respondeu “tecnologia”. 

Existem várias startups explorando esse mercado, e provavelmente teremos inúmeras vias de monetização no futuro. 

Quem sabe, um SEO de podcasts não seja possível com algoritmos de machine learning, muito em breve. 

Gosto de pensar que, quando chegar a hora, teremos um nome melhor para o nosso Tela Azul.

Contato

Se você gostou dessa coluna, pode entrar em contato comigo através do e-mail [email protected], com ideias, críticas e sugestões. 

Aproveite para se inscrever no nosso Telegram; todos os dias, postamos comentários sobre o impacto da tecnologia no mercado financeiro (e no seu bolso).  

Um abraço!

Leia também:

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

Quem apoia Lula e Bolsonaro no segundo turno, Elon Musk de volta ao Twitter e as ações mais indicadas para outubro; confira os destaques do dia

4 de outubro de 2022 - 18:55

Se ontem (03) a forte alta do Ibovespa foi muito além dos ganhos vistos em Wall Street, hoje o dia foi marcado pelo movimento contrário.  Em Nova York, os investidores seguiram otimistas com a possibilidade de que os mais recentes dados da economia americana possam levar o Federal Reserve a diminuir o ritmo do seu […]

FECHAMENTO DO DIA

Peões se movimentam no xadrez político e Ibovespa tem alta limitada; dólar cai a R$ 5,16

4 de outubro de 2022 - 18:37

O principal índice da bolsa brasileira teve alta de 0,08%, enquanto o dólar à vista caiu 0,11%, a R$ 5,1680. Isso porque as atenções dos investidores estão de volta ao tabuleiro político do país.

Alívio no bolso

Pensão alimentícia agora é isenta de IR, e quem pagou o imposto nos últimos anos pode reaver a bolada; veja como

4 de outubro de 2022 - 18:21

Plenário do STF confirmou decisão de junho que isenta pensão alimentícia de imposto de renda; veja se você já pode parar de pagar o carnê-leão e como pleitear o ressarcimento dos valores pagos nos últimos cinco anos

Crédito privado

Após resgates superarem 75% do patrimônio, Captalys fecha fundo Orion para novas aplicações

4 de outubro de 2022 - 17:42

Em comunicado enviado aos cotistas, a Captalys informa que a presidente, Margot Greenman, vai se dedicar exclusivamente a retornar o capital integralmente aos cotistas

INCLUSÃO E DIVERSIDADE

Vivo abre mais de 400 vagas para pessoas com deficiência; saiba como participar do processo seletivo

4 de outubro de 2022 - 17:35

As oportunidades, com atuação presencial ou remota em 15 cidades do país, são para as áreas corporativas e comercial; as inscrições vão até 13 de outubro

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies