Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-04-12T13:08:30-03:00
Julia Wiltgen
Julia Wiltgen
Jornalista formada pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) com pós-graduação em Finanças Corporativas e Investment Banking pela Fundação Instituto de Administração (FIA). Trabalhou com produção de reportagem na TV Globo e foi editora de finanças pessoais de Exame.com, na Editora Abril.
Cautela com os juros

‘Mercado não percebe compromisso fiscal das lideranças políticas’, diz Verde Asset

Gestora de Luis Stuhlberger está cautelosa em montar posições em mercado de juros devido à grande incerteza atual

12 de abril de 2021
13:08
Luis Stuhlberger, gestor do fundo Verde
Luis Stuhlberger, gestor do fundo Verde - Imagem: Leo Martins

A Verde Asset está cautelosa com o mercado de juros no Brasil devido às incertezas que têm pressionado os juros futuros no país. "Temos sido parcimoniosos e pacientes ao implementar posições nesse mercado, pois não parece que teremos uma resolução tão cedo", diz a gestora de Luis Stuhlberger, na sua última carta ao mercado.

No documento, a gestora diz que "o mercado não percebe um compromisso fiscal por parte das lideranças políticas, e junta a isso o componente eleitoral de 2022, resultando numa demanda por prêmio como não víamos há muito tempo."

De fato, como bem lembra a carta da Verde, os juros futuros de longo prazo têm subido com a piora da pandemia e os impasses em torno do Orçamento de 2021, os quais até o presente momento ainda não foram resolvidos. Assim, o mercado entende que o risco fiscal ficou mais elevado, o que pesa sobre o risco-país e, consequentemente, sobre os juros longos.

Assim, as remunerações pagas, por exemplo, pelos títulos públicos prefixados e atrelados à inflação - casos do Tesouro Prefixado e Tesouro IPCA+, aos quais a pessoa física tem acesso via Tesouro Direto - subiram, o que em tese abre oportunidades de compra para quem pensa em ficar com esses papéis até o vencimento.

Porém, para quem pensa em lucrar com a valorização dos títulos, a cautela da Verde indica que talvez não seja o melhor momento de apostar nesse mercado.

A gestora finaliza a carta dizendo que o contexto continua, em grande medida, favorável para ativos de risco globais, e que o fundo Verde se mantém posicionado nesta direção, embora com reduções marginais.

O Verde, principal fundo da casa, teve alta de 1,47% em março (contra 0,20% do CDI), acumulando ganho de 1,91% no ano (contra 0,48% do CDI). Os ganhos vieram principalmente das posições em ações, tanto no Brasil quanto no exterior, e nas posições de juros globais.

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

Casamento legal

Cade mantém aprovação de compra de fatia da BRF (BRFS3) pela Marfrig (MRFG3)

A conselheira que havia pedido a reabertura da análise da operação mudou de posição e desistiu da reavaliação

SEGURADORA EM APUROS

Vítima de ataque cibernético, Porto Seguro (PSSA3) diz ter restabelecido canais após quase uma semana de instabilidade

Corretores ouvidos pela reportagem disseram que, nos últimos dias, os sistemas da seguradora apresentaram problemas

CRYPTO NEWS

Cotação do bitcoin (BTC) bate recorde histórico — o que fazer com a criptomoeda a partir de agora?

Depois de alguns meses sendo um investimento “ruim”, porque teve 50% de queda, o bitcoin volta a ganhar os holofotes do mercado e as manchetes da mídia especializada

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Auxílio Brasil, recorde do bitcoin, balanço da Tesla e produção da Vale: confira as principais notícias do dia

Com a temporada de balanços americana trazendo resultados animadores, o empurrãozinho em direção a um dia de ganhos poderia ter sido maior, mas não tem como negar que a grande pedra no sapato do investidor brasileiro é o novo programa social pretendido pelo governo federal. O saldo final do pregão de hoje foi positivo, mas […]

Problemas nas refinarias?

Com ameaça de desabastecimento no radar, produção da Petrobras (PETR4) recua 4,1% no 3º trimestre

Antes da divulgação do relatório, a petroleira já havia informado que não teria capacidade para atender, em sua totalidade, os pedidos por fornecimento de combustível em novembro

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies