O melhor time de jornalistas e analistas do Telegram! Inscreva-se agora e libere a sua vaga

2021-08-11T18:20:34-03:00
Larissa Vitória
Larissa Vitória
É repórter do Seu Dinheiro. Cursa jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP) e já passou pelo portal SpaceMoney e pelo departamento de imprensa do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT).
A bolsa tá com tudo

B3 recebe 500 mil novos investidores no 1º semestre; número de contas de pessoas físicas já se aproxima dos 4 milhões

Vale lembrar que o número de investidores individuais, porém, é bem menor, embora o ritmo de crescimento seja semelhante

11 de agosto de 2021
17:12 - atualizado às 18:20
tela de celular mostra logotipo da B3
Imagem: Shutterstock

Menos de um ano após alcançar a marca de três milhões de contas abertas de investidores, a B3, bolsa de valores brasileira, se prepara para celebrar mais um marco histórico. 

Uma análise da base de dados da operadora da bolsa mostrou que o número de contas de pessoas físicas na B3 saltou 43% no primeiro semestre de 2021 - na comparação com o mesmo período do ano passado - para 3,8 milhões.

Se o ritmo de crescimento for mantido, a instituição deve atingir a marca de quatro milhões de contas em menos de três meses. 

Vale lembrar que o número de investidores individuais, porém, é bem menor, embora o crescimento seja semelhante. O número de CPFs cadastrados na empresa encerrou junho em 3,2 milhões.

“Ficamos algumas décadas esperando por esse movimento extraordinário que está acontecendo”, destaca Felipe Paiva, diretor de Relacionamento e Pessoa Física da B3. Os dados reforçam a afirmação do executivo: a B3 levou oito anos para sair dos 500 mil e chegar a seu primeiro milhão de CPFs.

Entre os estreantes da bolsa, também chama atenção a queda na faixa etária dos investidores. Até 2017, a B3 era dominada por pessoas entre 40 e 59 anos, mas depois disso, a faixa dos 25 aos 39 anos passou a ser a média de idade predominante entre as pessoas físicas.

Conheça 5 investimentos para não pagar imposto e 3 ações que podem se valorizar nos próximos meses e inscreva-se no canal do Seu Dinheiro no Youtube para mais vídeos sobre finanças:

Quanto investem as pessoas físicas da B3?

Além da aceleração no ritmo de chegada de novos investidores, outra mudança importante também é notada nos valores de entrada de cada um deles. O custo médio do primeiro investimento das pessoas físicas chegou a R$ 352 em junho deste ano, o menor valor na história.

Fonte: B3

Além disso, cerca de 42% dos 104 mil estreantes na bolsa no mês investiram menos de R$ 200. “Esse mito de que é preciso muito dinheiro para investir na bolsa caiu por terra”, celebra Paiva.

E não só o primeiro aporte caiu, mas também o saldo médio de cada um dos investidores. O indicador, que chegou a R$ 21 mil em 2017, permanece em R$ 10 mil desde o primeiro semestre de 2020.

Em quais produtos eles investem?

Apesar de ser mais conhecida pelas ações de empresas brasileiras, na B3 também estão disponíveis fundos de investimentos, ETFs, BDRs e outros produtos para investidores de diversos perfis.

Segundo o estudo, a procura dos investidores pessoas físicas por outras classes de ativos também aumentou. Veja a seguir os principais produtos e seus percentuais de crescimento no primeiro semestre:

  • Ações à vista (38%);
  • Fundos imobiliários (56%);
  • ETFs (104%);
  • BDRs não patrocinados (2.982%);

Como resultado, também avançou o número de investidores com carteiras mais diversificadas, ou seja, compostas por tipos diferentes de investimentos.

Fonte: B3

Para o diretor da bolsa, o crescimento, especialmente dos ETFs e BDRs, indica que os investidores estão chegando à bolsa mais preparados para apostar em produtos que exigem um conhecimento e cuidado maior.

“Com mais opções de diversificação na carteira é possível se planejar para atravessar as oscilações do mercado rumo a novas fontes de rendimento”, salienta.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

NOITE CRIPTO

Assombrado pela falha no protocolo Terra (LUNA), bitcoin (BTC) opera sob pressão e cai 3%; confira a reação de outras criptomoedas

A queda da Terra (LUNA) gerou uma reação em cadeia e um efeito em toda a Terra Network, a rede que engloba essa criptomoeda e a stablecoin TerraUSD (UST); entenda a história

BALANÇO

Magazine Luiza (MGLU3) deixa lucro para trás e registra prejuízo líquido de R$ 161,3 milhões no primeiro trimestre; confira o que derrubou o Magalu

Última das grandes varejistas da B3 a divulgar os resultados do primeiro trimestre, o Magazine Luiza (MGLU3) reforçou nesta segunda-feira (16) como o cenário macroecônimo atrapalha a vida das gigantes do comércio físico e eletrônico. A companhia registrou prejuízo líquido de R$ 161,3 milhões entre janeiro e março, contra lucro de R$ 258,6 milhões no […]

Reino Unido ameaça revisão em termos do Brexit e alimenta temores de guerra comercial; fique por dentro da visita de Boris Johnson à Irlanda do Norte

Divergências entre diferentes unionistas e nacionalistas na Irlanda do Norte pode acabar afetando relação entre Reino Unido e União Europeia

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Ibovespa na contramão de NY, Gol troca comandante e Tesla em apuros; confira os destaques do dia

Mesmo com o dia ruim em NY, o Ibovespa conseguiu ter um dia de ganhos

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies