Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-11-18T16:53:28-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Pílulas do Mercado

Ações da Vale (VALE3) podem se beneficiar com pacote de infraestrutura do governo Biden, nos EUA

Com caixa robusto e perspectiva de bons dividendos para 2022, iniciativa dos Estados Unidos pode ser um fator de ânimo para ações da mineradora; entenda mais a fundo

18 de novembro de 2021
16:41 - atualizado às 16:53
Joe Biden, presidente dos EUA
Pacote de infraestrutura do presidente dos EUA, Joe Biden, pode beneficiar a mineradora brasileira. - Imagem: Shutterstock

O pacote de US$ 1,2 trilhão em estradas, banda larga e outras melhorias de infraestrutura "pesada" foi aprovado na Câmara dos Representantes dos EUA. Serão cerca de US$ 550 bilhões em novos gastos em estradas, pontes, ferrovias, hidrovias, rede elétrica, internet de alta velocidade e outras obras públicas. Essas obras demandam commodities, como o aço, podendo beneficiar as ações da Vale (VALE3), importante empresa nesse campo devido ao seu minério de ferro de referência no mercado global.

E não se trata de algo pontual: os gastos com infraestrutura devem ter "um impacto positivo nos próximos anos" à medida que projetos em estradas, pontes e ferrovias de alta velocidade estão em andamento.

No entendimento do analista de ações e economista Matheus Spiess, as commodities de mercados emergentes, principalmente em meio à crise energética global, são ganhadoras bastante claras dos pacotes de infraestrutura nos EUA.

É importante destacar que a Vale gerou uma enormidade de caixa e está negociando em seus menores patamares históricos dos últimos anos. Além disso, analistas estimam um dividend yield de 13,54% para 2022. Essa distribuição de proventos segue firme sobretudo devido ao baixo endividamento da companhia, inferior ao limite de US$ 15 bilhões.

LEIA TAMBÉM: Siga nosso Instagram e receba todo dia por lá os destaques do mercado e oportunidades para você ficar de olho

Há otimismo para 2022

Em sua coluna semanal para o Seu Dinheiro, Spiess afirma que estamos num contexto no qual a pandemia de Covid-19 deve continuar a arrefecer, amenizando alguns desafios da cadeia de suprimentos à medida que desaparece.

"Além disso, o crescimento econômico global deve ser robusto, principalmente nos EUA, e ainda há muito dinheiro injetado na economia, tanto no bolso dos consumidores quanto nas carteiras dos investidores", afirma.

"Mesmo diante do possível pico do crescimento econômico e resultados corporativos, paralelamente ao início das restrições de política monetária nos EUA, as taxas de juros no mundo desenvolvido continuarão extremamente baixas, suportando valuations de ações acima da média histórica", completa.

Você pode ler a coluna completa neste link. Vale dizer também que apresentamos no nosso Instagram como Warren Buffett, maior investidor da história, CONSEGUIRIA COLOCAR O BRASIL NO BOLSO. Com a fortuna bilionária que está sobrando nos cofres de sua empresa, ele conseguiria ser o maior banqueiro do país, ser dono de 100% da Vale, Petrobras, dentre outras coisas mais.

Confira abaixo e aproveite para nos seguir no Instagram (basta clicar aqui). Lá entregamos aos leitores análises de investimentos, notícias relevantes para o seu patrimônio, oportunidades de compra na bolsa, insights sobre carreira, empreendedorismo e muito mais.

Ainda sobre as ações da Vale, atenção

Como qualquer investimento, nem tudo são flores e há riscos: o menor otimismo da macroeconomia global, em especial devido ao crescimento chinês gerando temores no mercado, tem provocado uma série de revisões para a demanda de minério de ferro. Isso pode gerar um certo estresse no mercado.

É importante destacar, ainda, que a performance da divisão de metais de base foi abaixo do esperado no relatório do 3º trimestral.

receita líquida ficou em US$ 12,6 bilhões no terceiro trimestre, acima dos US$ 10,7 bilhões vistos no mesmo período do ano passado. O número, porém, é cerca de 24% inferior ao resultado do trimestre anterior e não alcançou a projeção média de US$ 13,5 bilhões dos três bancos consultados pelo Seu Dinheiro.

A queda também foi observada no lucro líquido de US$ 3,9 bilhões entre julho e setembro, que passou longe — a 48,7% de distância, para ser mais exata  — dos US$ 7,5 bilhões registrados no segundo trimestre e US$ 5 bilhões projetados.

O indicador que mais se aproximou das expectativas foi o Ebitda (Lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização, na sigla em inglês) proforma, que exclui despesas com Brumadinho e com a covid-19. Foram US$ 7,7 bilhões no trimestre, US$ 4,1 bilhões a menos do que no 2T21.

LEIA TAMBÉM: Siga nosso Instagram e receba todo dia por lá os destaques do mercado e oportunidades para você ficar de olho

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

NOVATA NA FINAL

Não estranhe: patrocinadora da final entre Palmeiras e Flamengo é a nova corretora de criptomoedas do Brasil; conheça Crypto.bom

A exchange resolveu investir no segmento de esportes e patrocina Fórmula 1, NBA e até o campeonato europeu

Raio-X

Análise: Por que a alta da inflação pode ameaçar o pacote de infraestrutura de Joe Biden?

O presidente americano tem ambiciosos planos pela frente, mas a alta da inflação e gargalos estruturais da economia podem alterar o rumo

A SEMANA EM GRÁFICOS

Covid-19 pressiona aéreas, turismo, Ibovespa e bitcoin, mas inflação avança no mundo: entenda a última semana com estes gráficos

As companhias aéreas sofreram perdas significativas na bolsa esta semana e nem o bitcoin (BTC) conseguiu se salvar

O MELHOR DA SEMANA

Piora da covid no mundo e criptomoedas além do bitcoin (BTC): 5 assuntos mais lidos no Seu Dinheiro esta semana

O mercado já trabalhava amplamente com a visão do verdadeiro normal. Mas os mercados globais voltaram a entrar em pânico com a covid-19

PAPO CRIPTO #007

Tecnologia que criou o bitcoin (BTC) pode reduzir custo de captação de recursos em quase 70%, diz chefe de ativos digitais do BTG

“Empresas pequenas e médias têm menor possibilidade de acesso ao mercado de capitais, muito por causa dos custos envolvidos”, comenta

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies