Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2020-08-06T14:07:48-03:00
Vinícius Pinheiro
Vinícius Pinheiro
Diretor de redação do Seu Dinheiro. Formado em jornalismo, com MBA em Derivativos e Informações Econômico-Financeiras pela FIA, trabalhou nas principais publicações de economia do país, como Valor Econômico, Agência Estado e Gazeta Mercantil. É autor dos romances O Roteirista, Abandonado e Os Jogadores
Curva de juros

Mercado recalibra apostas para os juros após sinalização do BC sobre a Selic

Os contratos de juros futuros de curto e médio prazo são negociados em forte queda na B3 em reação ao comunicado do Copom. Os juros mais longos também caem, mas em uma intensidade menor

6 de agosto de 2020
14:06 - atualizado às 14:07
Ibovespa mercados em queda
Imagem: Shutterstock

A decisão do Banco Central de reduzir a taxa básica de juros (Selic) em 0,25 ponto percentual, para 2% ao ano, era mais do que esperada pelo mercado. Mas o comunicado do Comitê de Política Monetária com sinais para os próximos passos faz os investidores recalibrarem suas visões para a trajetória dos juros.

Isso porque, embora tenha indicado que deve parar os cortes de juros na reunião de ontem, o BC deixou em aberto uma possibilidade, ainda que pequena, de promover uma nova redução.

Ainda mais importante, o Copom também informou que não antevê reduções no grau de estímulo monetário. Em outras palavras: não há a expectativa de alta de juros no horizonte.

O comunicado do BC mexe com a chamada curva de juros nesta quinta-feira. Os contratos de juros futuros de curto e médio prazo são negociados em forte queda na B3. Os juros mais longos também caem, mas em uma intensidade menor.

Confira a seguir as taxas negociadas no início da tarde de hoje para alguns vencimentos:

  • Janeiro/2021: de 1,945% para 1,850% (-4,88%);
  • Janeiro/2022: de 2,770% para 2,570% (-7,22%);
  • Janeiro/2023: de 3,800% para 3,630% (-4,47%);
  • Janeiro/2025: de 5,350% para 5,270% (-1,50%);
  • Janeiro/2027: de 6,260% para 6,210% (-0,80%).
Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

MERCADOS HOJE

Evergrande injeta temor no mercado global e bolsas têm dia de fortes perdas; Ibovespa fecha no menor nível desde novembro

Temor de que os problemas da incorporadora chinesa gerem uma reação em cadeia no mercado global afundou as bolsas nesta segunda-feira (20)

Ruído político

Congresso não participou de debate sobre aumento no IOF, revela presidente da Câmara

Arthur Lira também declarou que quer avançar com a reforma administrativa e uma solução para a questão dos precatórios ainda nesta semana

Na onda do minério

Mercado Livre (MELI34) ultrapassa Vale (VALE3) e se torna a empresa mais valiosa da América Latina

A gigante de comércio eletrônico argentina conquistou o posto após a mineradora brasileira perder R$ 43,6 bilhões em valor de mercado na última semana

Vídeos

Investir em IPOs vale a pena? Saiba as causas dessa febre do mercado

O ano de 2021 está mostrando a força do setor dos IPOs. São diversas empresas que abriram seu capital e fizeram sua oferta primária. Matheus Spiess, analista da Empiricus, explica neste vídeo sobre este cenário. Confira

desaceleração a caminho

Renda fixa: Por que a Evergrande derruba o Ibovespa, mas alivia o mercado de juros

Desempenho é oposto ao que se poderia esperar quando há pânico no mercado, diz especialista; contratos DIs para janeiro de 2022 caem de 7,09% para 7,08%

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies