Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2020-09-15T14:29:33-03:00
Estadão Conteúdo
leilão é em 2021

Governo diz que adoção de 5G obedecerá critério de ‘soberania, segurança e custo’

Governo brasileiro sofre pressões dos Estados Unidos para vetar a participação da chinesa Huawei na implantação das novas redes

15 de setembro de 2020
14:29
carlos-costa
Carlos Alexandre da Costa - Imagem: Divulgação

O secretário especial de Produtividade, Emprego e Competitividade do Ministério da Economia, Carlos da Costa, disse nesta terça-feira, 15, que a adoção do 5G no Brasil obedecerá critérios de "soberania, segurança e custo".

O governo brasileiro sofre pressões dos Estados Unidos para vetar a participação da chinesa Huawei na implantação das novas redes de 5G, cujo leilão de espectro ainda não tem data para ocorrer.

"Vamos avançar com a tecnologia 5G, levando em consideração a soberania do país, a segurança das informações e o custo dessa expansão. Esse trinômio é importante para todas as nossas decisões", afirmou o secretário, em participação no Painel Telebrasil 2020.

Costa avaliou que a transformação digital das empresas - impulsionada pela necessidade de trabalho remoto durante a pandemia - exigirá o aumento dos investimentos das empresas de telecomunicações nos próximos anos.

O secretário destacou a aprovação do novo marco das telecomunicações e a regulamentação da lei de antenas pelo governo de Jair Bolsonaro. "Isso vai destravar bilhões de reais em investimentos já neste ano. O Brasil tem um potencial gigantesco de expansão do 4G e depois no 5G", completou.

Costa voltou a prometer medidas para acelerar a adoção da internet das coisas, inteligência artificial e outras inovações pelo setor privado. "Estamos trabalhando na revisão de vários tributos que hoje inviabilizam a expansão em larga escala da internet das coisas", concluiu.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

DUPLO DOWNGRADE

UBS rebaixa Vale (VALE3) de ‘compra’ para ‘venda’ e corta preço-alvo do ADR

Banco suíço considera que distribuição de dividendos pela mineradora brasileira torna-se muito menos atraente com a cotação do minério de ferro abaixo de US$ 100 por tonelada

Tendências da bolsa

AGORA: Ibovespa futuro abre em queda com susto de aumento de imposto e exterior negativo; dólar também recua

A medida pegou os investidores de surpresa e o vencimento de opções em Nova York coloca o exterior sob pressão

O melhor do seu dinheiro

Uma ação para lucrar com a crise hídrica, Bolsonaro eleva IOF, dividendos da Vale e outras notícias do dia

Não é de hoje que o Brasil sofre com risco de apagão e racionamento de energia. Em 2001, o país precisou recorrer a blecautes programados e obrigar famílias e empresas a economizarem energia elétrica sob pena de aumentos pesados na conta de luz. Quem viveu a época lembra bem das trocas de lâmpadas incandescentes por […]

Coluna do jojo

Bolsa hoje: dia de bruxaria nos mercados e um novo IOF para chamar de seu

Novo decreto presidencial aumentou as alíquotas do IOF sobre as operações de crédito para as pessoas físicas e jurídicas de 20 de setembro até 31 de dezembro. Se esta notícia é negativa e pode cair mal na bolsa nacional hoje, temos também a digestão da aprovação da PEC dos Precatórios

De olho na bolsa

Esquenta dos mercados: aumento de IOF pega investidor de surpresa e vencimento de opções no exterior deve movimentar bolsa hoje

O dia deve contar com alta volatilidade nos mercados internacionais, com o quadruple witching e o investidor fica de olho na nova medida do governo

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies