Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2020-12-16T23:15:08-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
em busca de recursos

Em expansão, PetroRio prepara oferta de US$ 250 milhões

Conselho de administração da empresa aprovou o início do processo que deve levar à escolha e contratação de assessores para realização de oferta de ações restrita

15 de dezembro de 2020
20:47 - atualizado às 23:15
Imagem de homem de costas, usando uniforme da PetroRio
Imagem: Divulgação

A PetroRio, uma das maiores produtoras privadas de petróleo do Brasil, prepara uma oferta pública de ações (follow on), com esforços restritos — para investidores profissionais.

O conselho de administração da empresa aprovou o início do processo que deve levar à escolha e contratação de assessores para realização de oferta, no valor de US$ 250 milhões — equivalente a R$ 1,27 bilhão, pela cotação atual.

A PetroRio planeja usar o dinheiro levantado para investir em ativos seus e em potenciais novos negócios, segundo comunicado da companhia nesta segunda-feira (15).

A intenção de uma nova oferta é revelada menos de um mês depois de a empresa comprar participações de 35,7% no campo de Wahoo e de 60% no campo de Itaipu por US$ 100 milhões, se tornando a operadora de ambos.

A aquisição dos dois campos deve levar a PetroRio para um outro patamar, reforçando a sua posição como um dos principais produtores privados de petróleo do País.

A companhia conta ainda com três campos de petróleo – Frade, Polvo e Tubarão Martelo, sendo que a participação neste último foi expandida em agosto.

No terceiro trimestre, a PetroRio produziu 29,330 mil barris de óleo equivalente por dia (boepd), unidade utilizada pela indústria do petróleo para comparar volumes de petróleo e gás natural.

Na bolsa, as ações da empresa (PRIO3) acumulam alta de quase 70% desde janeiro, impulsionados pelas recentes aquisições e as altas do preço do petróleo.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

Fusão cheia de travas

Na Omega Geração (OMGE3), um grupo importante de acionistas está descontente — e quer barrar os planos da empresa

Fundos detentores de 28,6% da Omega Geração (OMGE3) se uniram e dizem que não vão aprovar a fusão com a Omega Distribuição nos termos atuais

Potencial de 36% de alta

Como fica a XP após a separação do Itaú? Para o JP Morgan, é hora de comprar as ações da corretora

A equipe do JP Morgan vê as pressões vendedoras nas ações da XP após a separação com o Itaú se dissipando; assim, a recomendação é de compra

Digitalização

A hora e a vez do e-commerce: com pandemia, comércio online mais que dobra e já chega a 21% das vendas do varejo

O fechamento das lojas físicas promovido pela pandemia fez o setor de varejo acelerar a aposta no e-commerce e nas vendas digitais

A bolsa como ela é

Stone, Inter e Méliuz caem forte na bolsa. É o fim das fintechs como as conhecemos?

Muito desse movimento tem a ver com a subida dos juros. Mas alguns fatores específicos também pesaram sobre as ações. Em alguns casos, pesaram com razão; em outros, nem tanto

Ajuste seu relógio

Pregão terá uma hora a mais a partir de novembro; entenda a mudança e veja a nova agenda da bolsa

As alterações começam a valer a partir do dia 8 de novembro; a B3 vai ajustar a bolsa para refletir o fim do horário de verão nos EUA

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies