Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2020-10-26T18:50:30-03:00
Jasmine Olga
Jasmine Olga
É repórter do Seu Dinheiro. Cursa jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP), já passou pelo Centro de Cidadania Fiscal (CCiF) e o setor de comunicação da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo
Expansão acelerada

Buscando consolidação no Paraná, Intermédica anuncia compra do Hospital Santa Brígida por R$ 48,5 milhões

O Hospital Santa Brígida teve um faturamento líquido de R$ 31,2 milhões em 2019 e conta com uma aréa construída de aproximadamente 6 mil metros quadrados.

26 de outubro de 2020
10:05 - atualizado às 18:50
intermédica, setor de saúde
Imagem: Shutterstock

A Notre Dame Intermédica (GNDI3) anunciou nesta segunda-feira (26) a aquisição do Hospital e Maternidade Santa Brígida, em Curitiba (PR), por meio de sua subsidiária Clinipam. A operação foi finalizada no valor de R$ 48,5 milhões e reforça a estratégia da companhia de expandir sua rede própria e atuação na região Sul do país.

Essa é a segunda aquisição da companhia anunciada em outubro, após a compra da operadora de saúde Lifeday, no começo do mês. Com o negócio, a Intermédica passa a deter 97% das ações da unidade. A aquisição foi paga à vista, em dinheiro, com o desconto do endividamento líquido da companhia e a retenção de uma parcela do valor para contingências.

O hospital adquirido opera com 72 leitos - 15 de UTI, 4 salas obstétricas e 5 consultórios de pronto-socorro -, além de uma ala diagnóstica que conta com ultrassonografia, endoscopia, radiografia e laboratório de análises.

Segundo a Intermédica, o plano de integração entre as operações da Clinipam e do Hospital Santa Brígida envolve sinergias operacionais e administrativas. A companhia já opera dois hospitais gerais, um centro de diagnóstico de imagem, onze centros clínicos, três prontos-socorros e uma unidade de medicina preventiva na região.

O Hospital Santa Brígida teve um faturamento líquido de R$ 31,2 milhões em 2019 e conta com uma área construída de aproximadamente 6 mil metros quadrados.

Segundo informações divulgadas pela Intermédica ao mercado, a operação de compra não está sujeita às aprovações da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) ou do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).

Expansão

Com um modelo de negócios verticalizado - com foco em sua rede própria de atendimento e hospitais -, o grupo NotreDame Intermédica tem investido pesado na expansão via aquisições.

Marcando a sua entrada na região Sul, a companhia adquiriu o grupo Clinipam, por R$ 2,6 bilhões, no fim do ano passado. No mesmo ano, a Intermédica comprou outros três hospitais.

Em 2020, a companhia segue investindo pesado em sua estratégia de expansão e já anunciou a compra do grupo Medisanitas Brasil, por R$ 1 bilhão, da Climepe, por R$ 168 milhões e da operadora de saúde Lifeday, por R$ 70 milhões.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

efeito pandemia

Sem peças importadas, indústria busca produção local, mas esbarra em custo

Escassez de produtos como máscaras e respiradores, que marcou o início da pandemia, depois se estendeu a semicondutores, insumos e autopeças e se agravou com o aumento dos preços

é possível, sim

O segredo para ser feliz no trabalho, segundo esta especialista

Beverly Jones, autora do “Find Your Happy at Work”, arriscou algumas respostas em entrevista recente e falou sobre desconforto, networking e tédio; veja abaixo

em família

Sobrinho-neto do bilionário Warren Buffett supera Berkshire Hathaway no ano

Ações da Boston Omaha, holding de capital aberto co-liderada pelo sobrinho-neto do bilionário, Alex Buffett Rozek, estão batendo os papéis da Berkshire Hathaway

novo serviço

Grupo pão de Açúcar vai fazer entrega para lojistas de seu marketplace

No próximo ano, a companhia passará a oferecer a possibilidade de que os lojistas virtuais armazenem produtos nos centros de distribuição do GPA

inovação

Varejo online agora quer conquistar a fronteira da venda de produto fresco

A partir do mês que vem, começa a funcionar no País uma startup mexicana de tecnologia do setor de supermercados que vai explorar exatamente esse filão

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies