Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2020-08-25T14:02:18-03:00
Kaype Abreu
Kaype Abreu
Formado em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná (UFPR). Colaborou com Estadão, Gazeta do Povo, entre outros.
discussões em brasília

Imposto sobre transações digitais vai na contramão do quer o BC, diz COO do Mercado Livre

Executivo se diz pessimista com a discussão sobre “nova CPMF” em Brasília e vê mais tributação sendo encaminhada

21 de agosto de 2020
14:47 - atualizado às 14:02
Sem título
Stelleo Tolda, COO e Vice-Presidente do Mercado Livre - Imagem: Reprodução /Youtube Santander

O vice-presidente e COO do Mercado Livre, Stelleo Tolda, disse estar pessimista com a discussão sobre a reforma tributária em Brasília. Para ele, o que está se desenhando é um aumento de impostos.

"A simplificação tributária não está acontecendo", afirmou. "A gente está reduzindo alguns tributos federais, mas tem uma série de impostos que é cobrada, principalmente no âmbito estadual e que no meu entender deveria estar contemplada na proposta do governo".

O executivo também criticou a adoção do imposto sobre transações digitais, como defende o ministro da Economia, Paulo Guedes. "Me soa como algo despropositado e vai na contração de tornar o sistema mais aberto e mais competitivo como quer o BC", disse.

A declaração foi dada uma uma conferência online promovida pelo Santander nesta sexta-feira (21), com participação do CEO da Via Varejo, Roberto Fulcherberguer.

Para o executivo da dona da Casas Bahia, a revisão tributária é algo que tem de ser feito. No entanto, ele evitou entrar em detalhes sobre a discussão em Brasília. "Temos de avaliar se haverá sobretaxação", disse.

Via Varejo e Mercado Livre são donos de carteiras digitais - respectivamente, Banqi e Mercado Pago -, que atuam como intermediários entre vendedor e comprador.

Reforma tributária

A primeira fase da reforma tributária foi enviada pelo governo ao Congresso no mês passado, embora já existissem PECs em discussão entre deputados e senadores. O projeto por enquanto não prevê a criação de um imposto digital, mas é uma ideia defendida pelo Ministério da Economia.

Em um primeiro momento o governo propõe a unificação das cobranças do PIS (programa integração social) e Cofins (contribuição da seguridade social) - criando a Contribuição Social sobre Operações com Bens e Serviços (CBS).

Ainda devem ser pautadas pelo executivo mudanças no IPI e alteração na cobranças do Imposto de Renda com a tributação de dividendos, por exemplo.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

Crise dos chips

Sem carro zero no mercado, preço de usados sobe até 20% e vendas disparam – carro usado chega a custar mais que um novo

Mercado enfrenta escassez de semicondutores, demanda alta por veículos e prazos longos para a entrega

sem escassez

Fábrica da Tesla em Xangai deve terminar setembro com 300 mil carros produzidos em 2021

Marca será atingida mesmo em meio a uma escassez global de semicondutores, disseram duas fontes da montadora à Reuters

Fim da pandemia

CEO da Pfizer prevê que voltaremos à vida normal dentro de um ano, mesmo com novas variantes do coronavírus

Albert Bourla acredita que vacinação contra a covid-19 se tornarão anuais, para cobrir novas variantes, e que vacinas durarão um ano

ainda não acabou

Controladores da Alliar (AALR3) contratam XP para vender o negócio, diz jornal

Empresa de diagnósticos foi alvo, recentemente, de disputa pelo controle pela Rede D’Or e fundos ligados ao empresário Nelson Tanure

Mais recursos

Democratas aprovam pacote de US$ 3,5 tri no Comitê de Orçamento da Câmara dos EUA

Recursos serão destinados à rede de segurança social e programas relacionados a mudanças climáticas. Obtenção de quase unanimidade para aprovação no Congresso é desafio

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies