Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2020-02-16T15:19:21-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Bilionários

Elon Musk cometeu erro de US$ 6 bilhões ao usar ações da Tesla como moeda

Ações da fabricante de carros elétricos subiram 320% desde a aquisição de empresa de energia solar, em 2016, o que levou a questionamentos de investidores

8 de fevereiro de 2020
19:25 - atualizado às 15:19
O bilionário Elon Musk, CEO da Tesla
Elon Musk, CEO da Tesla - Imagem: Wikimedia Commons

O bilionário Elon Musk cometeu um erro de US$ 6 bilhões ao usar as ações da fabricante de carros elétricos Tesla como moeda para fazer a aquisição da empresa de energia solar SolarCity, de acordo com reportagem da Business Insider.

Em 2016, o empresário ofereceu 0,110 ações de sua empresa em troca de cada ação dos acionistas da SolarCity. As ações da Tesla valiam US$ 2,6 bilhões na época do acordo, mas subiram 320% desde então.

Isso significa que ele efetivamente pagou US$ 8,4 bilhões pela SolarCity, mais que o triplo do que planejava gastar. Só que a perda de Musk foi menor do que a dos outros acionistas da Tesla.

A empresa foi fundada por primos do bilionário e ele próprio era o maior acionista quando a Tesla anunciou a aquisição, o que levou alguns investidores a questionarem as motivações do negócio. Como investidor da SolarCity, Musk acabou recebendo ações da Tesla na transação.

Musk nega as alegações de que pagou demais pela SolarCity e salvou um negócio quase falido.

Buffett também errou

O megainvestidor Warren Buffett cometeu o mesmo erro do dono da Tesla quando usou ações da Berkshire Hathaway para comprar a Dexter Shoe, em 1993.

Buffett comprou a empresa que quebrou anos mais tarde pagando com 25.203 ações classe A de sua holding Berkshire Hathaway, por US$ 433 milhões na época. As ações da Berkshire valem mais de US$ 8,6 bilhões de dólares hoje.

"Abri mão de 1,6% de um negócio maravilhoso… para comprar um negócio sem valor", escreveu Buffett em sua carta de 2007 aos acionistas.

Quer saber mais sobre os dez homens mais ricos do planeta? Então conheça a nossa série Rota do Bilhão.

*As informações são da Business Insider

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

em família

Sobrinho-neto do bilionário Warren Buffett supera Berkshire Hathaway no ano

Ações da Boston Omaha, holding de capital aberto co-liderada pelo sobrinho-neto do bilionário, Alex Buffett Rozek, estão batendo os papéis da Berkshire Hathaway

novo serviço

Grupo pão de Açúcar vai fazer entrega para lojistas de seu marketplace

No próximo ano, a companhia passará a oferecer a possibilidade de que os lojistas virtuais armazenem produtos nos centros de distribuição do GPA

inovação

Varejo online agora quer conquistar a fronteira da venda de produto fresco

A partir do mês que vem, começa a funcionar no País uma startup mexicana de tecnologia do setor de supermercados que vai explorar exatamente esse filão

Clube do livro

Ajuste fiscal pode ser dolorido no início, mas é necessário; entenda mais no novo livro de Fabio Giambiagi, “Tudo sobre o déficit público”

Nova obra do economista do BNDES evidencia que atingir um equilíbrio orçamentário no país é essencial para o desenvolvimento em termos econômicos e sociais

em busca de recursos

AES Brasil (AESB3) aprova oferta pública e pode captar até R$ 1,8 bilhão

De acordo com a AES Brasil, o objetivo da oferta é acelerar seu plano de crescimento, com foco na diversificação do portfólio por meio de fontes complementares à hídrica, além de potencializar a criação de valor para os acionistas

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies