Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2020-05-06T07:49:10-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
dados oficiais

Vendas no varejo da zona do euro e PMI composto têm queda histórica

Vendas no varejo caíram 11,2% em março ante fevereiro; o PMI recuou de 29,7 em março para 13,6 em abril

6 de maio de 2020
7:47 - atualizado às 7:49
Zona do Euro - Euro, União Europeia
Imagem: shutterstock

As vendas no varejo da zona do euro sofreram uma queda histórica de 11,2% em março ante fevereiro, segundo dados publicados hoje pela agência oficial de estatísticas da União Europeia (UE), a Eurostat. O índice de gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) também deve um desempenho ruim.

Os dados dimensionam o violento impacto econômico da pandemia de coronavírus. Para as vendas no varejo, o resultado veio abaixo da expectativa de analistas consultados pelo The Wall Street Journal, que previam contração de 10,5% nas vendas.

Na comparação anual, as vendas do setor varejista da zona do euro tiveram redução de 9,2% em março. A Eurostat também revisou os números de vendas de fevereiro, para avanço mensal de 0,6% e acréscimo anual de 2,5%.

Já o PMI composto da zona do euro, que engloba os setores industrial e de serviços, caiu de 29,7 em março para a mínima histórica de 13,6 em abril, em meio aos efeitos adversos da pandemia de coronavírus, segundo pesquisa final divulgada hoje pela IHS Markit.

O resultado, porém, ficou ligeiramente acima da leitura prévia de abril e da previsão de analistas consultados pelo The Wall Street Journal, de 13,5 em ambos os casos.

No mesmo período, apenas o PMI de serviços da zona do euro recuou de 26,4 para 12, também mínima inédita. A estimativa preliminar havia sido de 11,7. As leituras dos PMIs abaixo de 50 mostram que a atividade econômica do bloco se contraiu em ritmo recorde no mês passado.

*Com Estadão Conteúdo e Dow Jones Newswires.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

Negócio da China?

SEC confirma pausa em IPOs de empresas chinesas; agência reguladora dos EUA fará novas orientações sobre riscos

Em meio à ofensiva regulatória de Pequim, a SEC busca novas orientações ao mercado sobre os riscos envolvidos em comprar ações de companhias do país asiático

Passo à frente

Rumo ao “outro patamar”: EQI, que trocou a XP pelo BTG, recebe autorização para abrir corretora

Depois de ser pivô de disputa entre os bancos, escritório de agentes autônomos dá um passo decisivo para ter “vida própria” no mercado

Estreia forte

Ações da ClearSale estreiam na bolsa com disparada de 20% após IPO

No 40º IPO na B3 no ano, empresa de soluções antifraude movimentou pouco mais de R$ 1 bilhão

Deu ruim, Jeff Bezos

Quando o bom não é suficiente: Amazon despenca e afunda o Nasdaq após trimestre frustrante

As ações da Amazon têm a maior queda desde março do ano passado, afetadas pela perspectiva de desaceleração no crescimento das receitas

Débito, crédito e bitcoin

Com “super app”, PayPal quer ajudar você a pagar as contas com bitcoin; veja detalhes

No início deste mês, a empresa aumentou o limite de compra de criptomoedas de US$ 20 mil para US$ 100 mil ao ano

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies