2020-03-20T17:16:16-03:00
Estadão Conteúdo
DE OLHO NO CORONAVÍRUS

Relatório indica que rombo inicial, sob calamidade, é de R$ 161,623 bilhões

O Ministério da Economia ressaltou, porém, que o reconhecimento pelo Congresso Nacional do estado de calamidade desobriga o governo de cumprir a meta

20 de março de 2020
17:16
Economia Teto Gastos Reforma Imposto de Renda
Imagem: Shutterstock

Sob estado de calamidade pública por conta do novo coronavírus, o rombo das contas públicas está sendo inicialmente estimado em R$ 161,623 bilhões em 2020, informou nesta sexta-feira, 20, o Ministério da Economia. O relatório de avaliação de receitas e despesas do primeiro bimestre foi divulgado ainda considerando a meta fiscal, que permite déficit menor, de R$ 124,1 bilhões. Caso precisasse cumprir esse resultado, o governo precisaria bloquear R$ 37,523 bilhões no Orçamento.

O Ministério da Economia ressaltou, porém, que o reconhecimento pelo Congresso Nacional do estado de calamidade desobriga o governo de cumprir a meta e de fazer o contingenciamento que seria necessário em uma situação normal.

A pasta ressaltou, porém, que as demais regras fiscais, como o teto de gastos (que limita o avanço das despesas à inflação) e a regra de ouro (que impede a emissão de dívida para bancar despesas correntes, como salários), estão mantidas e precisam ser respeitadas.

O déficit ainda pode ser maior neste ano porque as projeções de receitas e despesas ainda consideram parâmetros macroeconômicos defasados.

A estimativa de crescimento da economia, por exemplo, estava em 2,1%. O governo já indicou, porém, que vai revisá-la para 0,02%, como antecipou o Broadcast, sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado. Um relatório extemporâneo pode ser lançado para ajustar as estimativas de gastos e arrecadação.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Clique aqui e receba a nossa newsletter diariamente
Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

DESTAQUES DO DIA

Commodities brilham e Gerdau (GGBR4), Braskem (BRKM5) e PetroRio (PRIO3) puxam recuperação do Ibovespa

Enquanto o Ibovespa sobe mais de 1%, o bom desempenho das empresas ligadas ao setor de commodities puxam a recuperação do índice

Bitcoin (BTC) hoje

Bitcoin começa dezembro em alta e se mantém nos US$ 58 mil; Terra (LUNA) e Shiba Inu (SHIB) são destaques entre as altcoins

As criptomoedas deixam para trás um final de mês difícil e avançam apesar das últimas declarações da secretária do Tesouro dos EUA sobre a regulamentação de stablecoins

Conteúdo NovaDAX

NovaDAX diversifica portfólio com listagem de cinco novas moedas

Os investidores da plataforma agora tem mais opções de trade

BURACO NEGRO

Empresa de Elon Musk à beira da falência? Bilionário admite que o risco é real se a SpaceX não decolar

Em e-mail enviado aos funcionários, CEO descreve a existência de uma crise muito pior do que a imaginada no desenvolvimento dos motores Raptor

Índice em expansão

Casa cheia: Porto Seguro (PSSA3) e Positivo (POSI3) entram na primeira prévia do novo Ibovespa

As units da GetNet (GETT11) foram excluídas da carteira nessa primeira prévia; com isso, o Ibovespa começaria 2022 com 93 ativos