Menu
2020-05-28T07:44:07-03:00
Estadão Conteúdo
de olho no continente

Índice de sentimento econômico da zona do euro sobe menos do que o esperado em maio

Apenas a confiança do consumidor subiu de -22 em abril para -18,8 em maio, confirmando estimativa prévia e em linha com a previsão de analistas

28 de maio de 2020
7:43 - atualizado às 7:44
Zona do Euro - Euro, União Europeia
Imagem: shutterstock

O índice de sentimento econômico da zona do euro, que mede a confiança de setores corporativos e dos consumidores, subiu de 64,9 em abril para 67,5 em maio, segundo dados publicados hoje pela Comissão Europeia, braço executivo da União Europeia.

O resultado ficou abaixo da expectativa de analistas consultados pelo The Wall Street Journal, que previam avanço maior do indicador neste mês, a 70. O dado de abril, que marcou o menor nível do indicador desde 2009 em meio à pandemia de coronavírus, foi revisado para baixo, de 67 no cálculo original.

Apenas a confiança do consumidor subiu de -22 em abril para -18,8 em maio, confirmando estimativa prévia e em linha com a previsão de analistas, enquanto a da indústria aumentou de -32,5 para -27,5, mas ficou abaixo do consenso de -27. Já a confiança do segmento de serviços recuou de -38,6 em abril para a mínima recorde de -43,6 em maio. Fonte: Dow Jones Newswires.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

Aquisição

Movida anuncia compra da Vox Frotas por R$ 89 milhões

De acordo com a empresa, o valor será pago em dinheiro, sendo 50% à vista e 50% em um ano após a transação.

dragão debilitado

China cresce 2,3% em 2020, mas pode desacelerar no começo de 2021

Crescimento da economia no 4º trimestre superou expectativas, mas dados de dezembro foram mistos, diz Commerzbank

NÚMEROS DA PANDEMIA

Brasil registra 209,9 mil mortes e 8,48 milhões de casos de covid-19

Nas últimas 24 horas, foram notificados 551 óbitos e 33.040 novos diagnósticos de covid-19, segundo dados do Ministério da Saúde

entrevista exclusiva

Para Figueiredo, da Mauá e ex-BC, as ações no Brasil estão baratas

Sócio fundador da Mauá Capital diz que economia deve se recuperar e a Bolsa terá bom desempenho em 2021, desde que não haja descuido do lado fiscal

SD PREMIUM

Segredos da Bolsa: Semana promete ser agitada com Copom, IBC-Br, Biden e mais…

A semana promete ser agitada, com importantes indicadores no radar e a “mudança de guarda” nos Estados Unidos

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies