Menu
2020-03-27T10:19:31-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
olho nos números

Gastos com consumo nos EUA sobem 0,2% em fevereiro

Resultado veio em linha com a previsão de analistas consultados pelo The Wall Street Journal. Já a renda pessoal avançou 0,6% no período

27 de março de 2020
10:17 - atualizado às 10:19
Estados Unidos
Imagem: Shutterstock

Os gastos com consumo nos Estados Unidos subiram 0,2% em fevereiro ante janeiro, segundo dados com ajustes sazonais publicados hoje pelo Departamento do Comércio.

O resultado veio em linha com a previsão de analistas consultados pelo The Wall Street Journal. Já a renda pessoal avançou 0,6% no período, superando a previsão do mercado, de acréscimo de 0,4%.

Não houve revisão dos dados de janeiro, que continuaram mostrando altas de 0,2% nos gastos e de 0,6% na renda em relação a dezembro.

A pesquisa também mostrou que o índice de preços de gastos com consumo (PCE, na sigla em inglês) - medida de inflação preferida do Federal Reserve (Fed, o banco central americano) subiu 0,1% em fevereiro ante janeiro. O núcleo do PCE, que exclui itens voláteis como alimentos e energia, avançou 0,2% no período, como previsto.

Na comparação anual, tanto o PCE quanto seu núcleo aumentaram 1,8% em fevereiro.

*Com Dow Jones Newswires e Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

Rapidinhas da semana

BLINK: Magalu ou ViaVarejo? Quem mandou melhor no 1º trimestre?

Felipe Miranda, sócio-fundador e CIO da Empiricus, fala sobre Magalu, ViaVarejo e muito mais no Blink

Virando a chavinha

Agibank traça estratégia para abandonar imagem de ‘financeira’

Banco gaúcho quer alcançar marca de 35 milhões de clientes em 6 anos

O melhor do Seu Dinheiro

O dragão à solta, Elon Musk, bitcoin e outras notícias que mexeram com seus investimentos

O temor com o retorno da inflação nos EUA, as falas de Elon Musk sobre o bitcoin, as ações de empresas em recuperação judicial e outros destaques da semana

Como vai ser?

Decisão sobre ICMS vai destravar ações, dizem especialistas

Cobrança continuará até que Receita seja autorizada a alterar sistema

Efeitos da reestruturação

CEO da Cogna afirma que ajustes feitos em 2020 já mostram primeiros resultados

Rodrigo Galindo cita margem Ebitda recorrente e prazo médio de recebimento de alunos pagantes como efeitos positivos

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies