Menu
2020-05-11T11:33:38-03:00
Estadão Conteúdo
ECONOMIA

Febraban: bancos liberaram R$ 472,6 bilhões em crédito novo desde o início da crise

Do volume total, as novas contratações de crédito totalizaram R$ 326,786 bilhões.

11 de maio de 2020
11:33
crédito débito
Imagem: Shutterstock

Os bancos já liberaram cerca de R$ 472,6 bilhões em crédito novo para famílias e empresas desde o início da crise deflagrada pela pandemia do novo coronavírus no Brasil, conforme dados da Federação Brasileira de Bancos (Febraban). O levantamento, divulgado nesta segunda-feira, 11, abrange empréstimos contratados no período, renovações e postergações de dívidas realizadas entre os dias 16 de março e 30 de abril.

Do volume total, as novas contratações de crédito totalizaram R$ 326,786 bilhões. Além disso, os bancos também liberaram R$ 105 bilhões em renovações feitas no período, marcado pelas medidas de isolamento social, que colocaram os brasileiros dentro de suas casas para tentar conter o avanço da doença no País.

Já a postergação de dívidas em dia soma até agora um volume de R$ 40,8 bilhões, considerando as parcelas repactuadas no período. Do total, dois terços referem-se à pessoa física e o restante a empresas. Assim, os bancos renegociaram 7,4 milhões de contratos de crédito adimplentes durante a crise, cujo saldo devedor total é de R$ 425 bilhões. "Esses valores trazem alívio financeiro imediato para empresas e pessoas físicas, que passaram a ter uma carência entre 60 a 180 dias para pagar suas prestações", destaca a Febraban, em nota à imprensa.

Desde o início da crise gerada pela Covid-19 no Brasil, os bancos passaram a oferecer carência de 60 dias para as dívidas existentes, suportados por medidas do Banco Central. Mais recentemente, diante da extensão e gravidade do cenário, essas instituições começaram a ampliar esse prazo. O Itaú Unibanco estendeu a carência de 60 dias para 120 dias no caso da pessoa física e 180 dias na jurídica. O rival Bradesco também prepara anúncio para breve no intuito de ampliar a carência de dívidas durante a crise.

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

calma, gente

XP considera exagerada reação do mercado à alta de impostos sobre bancos

Analistas ponderam impacto que alta do tributo terá no lucro e no valuation e mantêm recomendação de compra para Bradesco e BB

Exile on Wall Street

O Brasil do Doutor Castor

Castor de Andrade foi talvez o mais famoso bicheiro brasileiro. Tinha, quase literalmente, um exército trabalhando para si. Chegou a contar com mais de cem policiais a seu dispor, além de vários servidores públicos, políticos proeminentes e juízes sob sua influência. Apareceu na posição de segundo homem mais rico do Brasil no meio da década […]

MERCADOS HOJE

Dólar bate R$ 5,71 mesmo após duas intervenções do BC; bolsa recua 1,4%

As bolsas pelo mundo operam em movimento de realização de ganhos, o que é uma péssima notícia para o Brasil, que também tem que lidar com os próprios demônios

preparando para batalha

Dasa vai atrás de recursos para competir com Rede D’Or, Hapvida e Notre Dame Intermédica

Grupo de medicina diagnóstica da família fundadora da Amil segue com planos para fazer re-IPO, em meio à consolidação do mercado de saúde

O melhor do Seu Dinheiro

As mariposas e o tal do reflation trade

Assim como as mariposas são atraídas pela luz, é da natureza do mercado financeiro sair em busca dos ativos com a promessa de maior retorno. Não por acaso, ambos muitas vezes acabam queimados. Podemos dizer, contudo, que o instinto dos investidores é um pouco mais aguçado. Além do brilho do retorno, outra variável costuma pesar […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies