Menu
2020-10-11T13:40:14-03:00
Estadão Conteúdo
brasil afetado

EUA vão elevar tarifa na importação de alumínio

Segundo secretário do comércio, decisão é resultado de um estudo preliminar que concluiu que os 18 países exportariam seus bens a preços inferiores aos valores de mercado

10 de outubro de 2020
9:22 - atualizado às 13:40
Marcos Corrêa/Presidência da República
Secretário de Comércio dos Estados Unidos, Wilbur Ross -

O secretário de Comércio dos Estados Unidos, Wilbur Ross, anunciou na sexta-feira, 9, a imposição de novas tarifas na importação de folhas de alumínio de 18 países, entre eles Brasil e Alemanha.

Segundo ele, a decisão é resultado de um estudo preliminar que concluiu que os 18 países exportariam seus bens a preços inferiores aos valores de mercado. A prática conhecida como dumping estaria prejudicando os produtores americanos. As tarifas serão aplicadas imediatamente, mas o parecer final será concluído em fevereiro de 2021.

A tarifa imposta ao Brasil deve pular de 48,33% para 135,63%. Segundo o Departamento de Comércio dos EUA, o país importou US$ 97 milhões em chapas de alumínio brasileiro no ano passado, do total de US$ 1,96 bilhão importados dos 18 países.

"Esse é o caso mais amplo e abrangente que o departamento apresentou em mais de 20 anos", disse Ross, em entrevista à emissora americana Fox Business.

Reação

O Ministério da Economia informou que acompanha o processo aberto pelas autoridades americanas. Ainda de acordo com a pasta, a decisão dos Estados Unidos foi tomada no contexto de investigação iniciada em 30 de março de 2020.

"O governo brasileiro tem trabalhado em colaboração com os exportadores brasileiros e com a associação setorial, por meio do sistema de apoio ao exportador do Ministério da Economia e do Ministério das Relações Exteriores, para buscar defender os interesses de exportação do Brasil e para acompanhar a adequação da investigação conduzida pelos EUA às regras multilaterais", diz nota enviada ao Estadão/Broadcast.

O ministério lembra que medidas antidumping podem ser aplicadas apenas na medida necessária para neutralizar a prática de discriminação de preços. "Na eventualidade de uma medida antidumping ser aplicada de forma definitiva, os exportadores brasileiros poderão solicitar revisões administrativas anuais com vistas a demonstrar a adequação de suas exportações às regras multilaterais, e requerer a devolução dos montantes depositados em garantia."

Também por meio de nota, o presidente executivo da Associação Brasileira do Alumínio (Abal), Milton Rego, disse que acompanha com preocupação "a escalada de restrições impostas pelos Estados Unidos aos seus parceiros comerciais".

"É um processo que começou com sanções à China e que vem recrudescendo desde então", afirmou ele. O executivo disse ainda que a intenção de impor tarifas aos principais exportadores de chapas de alumínio "é algo nunca visto nas relações de comércio internacional".

"A Abal e suas associadas estão se defendendo nos fóruns adequados. A atitude de estipular taxas antes mesmo de concluída a investigação sobre uma suposta prática de dumping, prejudica enormemente o Brasil, uma vez que os EUA são o principal mercado comprador das nossas chapas de alumínio."

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

TUDO EM PAZ

Fim de briga: Ânima e Ser fecham acordo e encerram disputa por ativos da Laureate

Empresas decidem dividir parte do portfólio, com a Ser tendo direito a receber duas faculdades e com opção de compra de mais três instituições

Tudo que vai mexer com seu dinheiro hoje

11 notícias para começar o dia bem informado

Quando a bolsa cai, as reportagens trazem imagens de operadores de mercado em pose de desespero. O sofrimento é tanto que desconfio que sejam fotos de torcedores do Corinthians na hora do gol do adversário  – e algum tipo de montagem para inserir terno e gravata e um painel da Bloomberg ao fundo. Brincadeiras à […]

RECUPERANDO

PIB da zona do euro sobe 12,7% no 3º trimestre, superando estimativas

Maiores economias da união monetária europeia também apresentam crescimento robusto no período, puxando PIB agregado

esquenta dos mercados

Com olhar voltado para as eleições americanas e covid-19 pelo mundo, investidores retomam cautela

Eleições e aumento de casos do coronavírus pelo mundo seguem sendo os principais fatores de aversão ao risco. No Brasil, investidores também monitoram clima político

NOVIDADES

BC anuncia o Pix Cobrança, para emissão de QR Code com juros, multas e descontos

Função permitirá que lojistas, fornecedores, prestadores de serviços e outros empreendedores possam emitir um QR Code para operações de pagamento imediato ou em data futura

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies