Menu
2020-03-09T20:16:43-03:00
Estadão Conteúdo
OURO

Demanda por fundos de ouro cresce em dia de forte aversão a risco

O ouro é considerado um ativo de segurança para momentos de grande estresse e fuga do risco como o atual. Mas, como indica Giovani e também orienta o analista da Levante Bruno Benassi, é preciso cautela

9 de março de 2020
20:16
Ouro e criptomoedas
Imagem: Shutterstock

As fortes perdas no mercado e o aumento da aversão a risco nos últimos dias aumentaram o interesse e a captação de fundos de investimento em ouro. Na Vitreo Investimentos, a captação está hoje dez vezes maior do que média diária. "Hoje o fundo que mais capta é o de ouro", afirma o diretor de Investimentos da gestora, George Wachsmann.

Na Necton, a demanda por esse tipo de fundo também tem crescido, segundo o diretor de distribuição Rafael Giovani. De dezembro até agora, dobrou o patrimônio dos clientes Necton alocados no Órama Ouro Multimercados, fundo distribuído pela plataforma.

"Começamos a distribuir há cerca de seis meses, e o investidor tem se interessado, porque está se sofisticando e começa a se sentir confortável em colocar seu dinheiro em fundo da commodity", diz Giovani.

O ouro é considerado um ativo de segurança para momentos de grande estresse e fuga do risco como o atual. Mas, como indica Giovani e também orienta o analista da Levante Bruno Benassi, é preciso cautela.

A commodity tem forte volatilidade e deve, segundo Benassi, ser encarada como um ativo de proteção da carteira.

"Sempre é positivo ter parte da carteira em ativos para defesa", diz o analista da Levante, que tem o fundo XP Trend Ouro em sua recomendação. "Mas é importante ter, porém uma posição pequena entre 1% a 2,5% do patrimônio para usar como hedge. Não acredito que seja uma posição para investidor pessoa física entrar para ganhar dinheiro. "Avaliamos que o preço do ouro já subiu bastante", disse Benassi, indicando que o tamanho de uma alocação em fundos da commodity precisa ser medida com cautela.

Nesta segunda, o contrato de ouro para maio fechou cotado US$ 1.675,70 a onça-troy com alta de 0,20%. Nesse preço, o contrato acumula alta de 6% no mês e de, aproximadamente, 25% nos últimos 12 meses.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

BOMBOU NO SEU DINHEIRO

Melhores da Semana: O Halloween dos mercados

A segunda onda de coronavírus é um ‘fantasma’ que ronda os mercados desde o início do ano. Muita gente não acreditou. Nesta semana, ele mostrou as caras.

POLÍTICA

Bolsonaro grava para campanhas e aposta em 2º turno em RJ e SP

Presidente busca apoiar aliados para tentar formar base nos grandes colégios eleitorais para sua campanha de reeleição em 2022

responsabilização

JBS aprova em assembleia ação contra irmãos Batista

Processo diz respeito a prejuízos causados por crimes revelados nos acordos de colaboração e leniência firmados pela JBS com a Procuradoria Geral da República

em live

Se necessário, voltaremos a fazer transferência do BC para o Tesouro, diz secretário

Em agosto, CMN já havia autorizado o Banco Central a repassar R$ 325 bilhões para o Tesouro Nacional

Balanço do mês

Bitcoin e dólar são os melhores investimentos de outubro; ativos de risco ficaram para trás de novo

Por pouco o Ibovespa não ficou entre os melhores investimentos do mês, mas segunda onda de coronavírus na Europa derrubou as bolsas; risco fiscal, eleições americanas e indefinição quanto a estímulos fiscais nos EUA também pesaram

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies