Menu
2020-01-23T10:53:16-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
hora da moderação?

As chances não estão do lado do investidor, diz gestor da Oaktree

Fundador da empresa gerenciamento de ativos Oaktree, Howard Marks falou ao Valor Econômico que parte das altas do ano passado foi mero ajuste de perdas de 2018

23 de janeiro de 2020
10:14 - atualizado às 10:53
Howard Marks, fundador e copresidente do conselho da Oaktree
Howard Marks, fundador e copresidente do conselho da Oaktree - Imagem: Oaktree Capital / Reprodução Youtube

Fundador da Oaktree - que tem US$ 122 bilhões em ativos sob gestão -, Howard Marks disse acreditar que o mercado está mais arriscado do que há sete anos. Em entrevista ao Valor Econômico, o americano afirmou que hoje “as chances não estão do lado do investidor”.

No ano passado, o S&P - um dos principais índices da bolsa americana - avançou 29%, impulsionado pela alta das ações das empresas de tecnologia. Em dezembro, a primeira fase do acordo entre Estados Unidos e China contribuiu para sucessivos recordes do indicador - cujos pares acompanharam as altas.

O ambiente externo também foi uma influencia positiva para a bolsa brasileira, além de um maior otimismo com a economia doméstica. No ano, o Ibovespa subiu 30%, aos 115 mil pontos.

Para Marks - que também é considerado uma das referências para o lendário investidor Warren Buffett -, parte dos ganhos de 2019 foi apenas uma recuperação das perdas do quarto trimestre do ano anterior. "Então, é preciso moderar o discurso", disse ao jornal.

O americano lembrou em 2018 houve preocupações com uma possível recessão. A guerra comercial entre China e EUA também foi fator de maior tensão. "Em 2019, esses elementos parecem ter perdido força", disse.

O país asiático e o americano estão na primeira fase de um acordo comercial, anunciado no final do passado. A mera sinalização do diálogo trouxe alívios aos mercados, que há dois anos tinham o embate entre os dois países como foco de tensão.

Marks ainda apontou a atuação do Fed, o Banco Central dos EUA, que reduziu as taxas de juros "e a maioria dos investidores respondeu de maneira positiva".

Questionado pela reportagem do Valor Econômico se a alta das bolsas não se tratava de uma maior confiança na economia, Marks disse que o crescimento das empresas em 2019 foi modesto.

Ele afirmou que o aumento do S&P foi impulsionado pelo ímpeto do mercado e liquidez que elevaram os índices de valuation. "Se o mercado subir 30% com pequenos lucros, você pode dizer que o mercado está se tornando precário", disse ao jornal.

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

DESTAQUE DO DIA

Suzano se descola do Ibovespa e sobe mais de 1% após resultados do 3º trimestre

Analistas destacam que Ebitda superou estimativas e elogiam fluxo de caixa livre e desalavancagem

sob pressão

Inflação e redução do auxílio emergencial já derrubam vendas nos supermercados

Em outubro, a prévia da inflação, medida pelo Índice de Preços ao Consumidor-15 (IPCA-15) atingiu 0,94%. O resultado é mais que o dobro da inflação registrada em setembro e a maior alta para o mês em 25 anos

efeito pandemia

Setor público tem déficit primário de R$ 64,559 bi em setembro, diz BC

Em função da pandemia, cujos efeitos econômicos se intensificaram em março, o governo federal e os governos regionais passaram a enfrentar um cenário de forte retração das receitas e aumento dos gastos públicos.

AINDA RUIM

Taxa de desemprego atinge 14,4% no trimestre até agosto, a maior desde 2012

País registrou 13,794 milhões de desempregados no período, aumento de 8,5%

VAREJO COMPETITIVO

Fast Shop aposta em conceito ‘luxo’ contra gigantes

Segundo presidente da empresa, expansão em 2020 deve ser de 15% a 20%, elevando a receita do negócio para próximo (ou além) de R$ 5 bilhões

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies