Menu
Marina Gazzoni
O melhor do Seu Dinheiro
Marina Gazzoni
2020-06-26T09:31:55-03:00
Conteúdo patrocinado

11 notícias para você começar o dia bem informado

26 de junho de 2020
9:31
O Melhor do Seu Dinheiro; investimentos
Imagem: Andrei Morais/Seu Dinheiro

A manhã de sexta-feira começa com um fato relevante do IRB Brasil sobre o resultado da sua investigação interna: acharam os responsáveis por espalhar a informação inverídica sobre a compra de ações da empresa pela Berkshire Hathaway, o conglomerado de Warren Buffett.

Para quem não lembra, a credibilidade do IRB já estava abalada desde fevereiro, quando a gestora Squadra acusou a empresa de ‘inflar” seu lucro no balanço financeiro.

As ações desabaram e chegou à imprensa a informação de que a Berkshire comprou ações. Mas a notícia foi negada publicamente pela equipe de Buffett. 

Uma política conflituosa de bônus a executivos, que teriam remuneração atrelada à valorização das ações, pode ter desencadeado essas tramoias. 

A investigação encontrou R$ 60 milhões em irregularidades a pagamento de bônus a um ex-diretor e outros funcionários. Os nomes não foram revelados no comunicado, mas o caso deve ser encaminhado ao Ministério Público e à Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

O que você precisa saber hoje

MERCADOS

O Ibovespa subiu 1,70% ontem, aos 95.983,09 pontos, e o dólar à vista avançou 0,19%, a R$ 5,3334. O dia foi marcado pelo fortalecimento das bolsas americanas. 

O que mexe com os mercados hoje? A fala da presidente do Banco Central Europeu, Christine Lagarde, de que o pior da crise do coronavírus já passou impulsiona as bolsas europeias nesta sexta-feira. Na Ásia, as bolsas fecharam majoritariamente em alta, com o mercado chinês fechado por conta de um feriado local. Nos Estados Unidos, os índices futuros operam de forma mista, refletindo os resultados de um teste de estresse feito pelo Federal Reserve com o setor bancário americano. 

INVESTIMENTOS

 O colunista Ruy Hungria conta hoje como fez o trade da sua vida a partir de um insight político e conseguiu retorno de 400% em um dia. 

EMPRESAS

 O IRB Brasil informou ter identificado os responsáveis pela disseminação de informação falsa envolvendo a compra de ações pela Berkshire. Veja todos os detalhes.

ECONOMIA

 O Brasil chegou a 54,9 mil mortes por covid-19, segundo o Ministério da Saúde. São 1,22 milhão de casos por coronavírus.

 O presidente Jair Bolsonaro disse que os beneficiários do auxílio emergencial vão receber um adicional de R$ 1.200, divididos em três parcelas: R$ 500, R$ 400 e R$ 300.

 O governo federal recebeu 351.315 pedidos de seguro-desemprego na primeira quinzena de junho. O número representa um aumento de 35% em relação ao mesmo período do ano passado, mas uma desaceleração de 22,9% em comparação com a última quinzena de maio. 

 O ministro Luiz Fux foi eleito ontem presidente do STF para os próximos dois anos. Ele já está em contato com generais e ministros do governo, segundo o Estadão, em um sinal de que pretende construir pontes com as Forças Armadas e o Palácio do Planalto.

 O Conselho Monetário Nacional (CMN) fixou em 3,25% a meta de inflação para 2023, com uma margem de tolerância de 1,5 ponto porcentual. Para 2020, a meta é 4%, número que será reduzido em 0,25 ponto ao ano em 2021 e 2022.

 A pandemia já afeta diretamente o planejamento do governo na área de infraestrutura, com adiamento de concessões previstas. Veja o que está em jogo nesta matéria.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

Decisão cautelar

TCU proíbe governo Bolsonaro de anunciar em sites que exerçam atividades ilegais

Indícios de irregularidades na veiculação de propagandas do governo federal levaram o TCU a tomar a decisão cautelar, concedida pelo ministro Vital do Rêgo

PGR

Aras recomenda a Guedes mais transparência em gastos no combate à pandemia

A pedido de procuradores do MPF-PE, o procurador-geral da República, Augusto Aras, enviou recomendações para Guedes dar transparência aos gastos federais

Setor em destaque

Estatais de saneamento querem flexibilizar regras para contratar empréstimos

Com regras mais fáceis para a entrada do setor privado, as estatais de saneamento querem que a concessão de empréstimos ao segmento seja menos rigorosa

Preocupação ambiental

Para empresários, discurso do governo sobre desmatamento mudou

Após reunião com o vice-presidente Hamilton Mourão, empresários parecem satisfeitos quanto aos compromissos firmados pelo governo a respeito do desmatamento

O melhor do Seu Dinheiro

MAIS LIDAS: O canto da sereia

Uma matéria alertando para os riscos do day trade foi a mais lida desta semana no Seu Dinheiro

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu