Menu
Vinícius Pinheiro
O melhor do Seu Dinheiro
Vinícius Pinheiro
2020-09-14T19:34:34-03:00
seu dinheiro na sua noite

O investidor volta para a universidade

14 de setembro de 2020
19:34
O Melhor do Seu Dinheiro; investimentos
Imagem: Andrei Morais/Seu Dinheiro

Você já viu esse filme. A garota (ou garoto) que ninguém dá bola passa a chamar a atenção da turma quando começa a namorar. Esse típico roteiro de comédia adolescente também se repete na bolsa de valores.

O anúncio de um negócio envolvendo uma empresa que havia ficado de lado muitas vezes é o suficiente para atrair os holofotes não só para ela mas também para o todo o setor.

Foi o que aconteceu com a Ser Educacional. Até a última sexta-feira, as ações da rede privada de ensino superior amargavam uma perda de mais da metade do valor de mercado no acumulado de 2020.

A queda tem suas razões. Os investidores correram da empresa — e do setor de educação em geral — com medo de uma explosão da inadimplência das mensalidades com a pandemia do coronavírus.

Mas o mercado decidiu olhar (e comprar) de novo as ações de educação depois do anúncio de que a Ser fechou a compra da unidade brasileira da rede de ensino Laureate — dona das universidades Anhembi Morumbi e FMU.

O anúncio da transação bilionária fez as ações da Ser dispararem mais de 10% no pregão desta segunda-feira da B3. E, de quebra, puxou os papéis das demais empresas do setor, como Ânima, Cogna e Yduqs.

Falando nas concorrentes, o negócio entre a Ser e a Laureate chamou a atenção da Yduqs. A antiga Estácio quer acabar com esse namoro e estuda fazer uma proposta melhor.

Isso é possível graças a uma cláusula no contrato que permite o “flerte” da Laureate com outras empresas. Saiba mais sobre o negócio e veja como fecharam as ações do setor nesta matéria que eu escrevi.

MERCADOS

 O Ibovespa precisou de apenas um pregão para retomar o patamar dos 100 mil pontos. O principal índice da B3 subiu quase 2% e o dólar caiu mais de 1% após a retomada dos testes clínicos de vacina da AstraZeneca. Veja o que mais mexeu com a bolsa.

EMPRESAS

 O BTG Pactual entrou de vez na briga dos bancos digitais, e lançou logo dois canais: um voltado pessoas físicas e outro específico para pequenas e médias empresas. Saiba os detalhes do lançamento.

 Enquanto isso, o Bradesco lançou o seu serviço de carteira digital. A dois meses do PIX, o serviço chamado Bitz passou a operar com a parceria da Cielo. O banco dará cashback aos clientes com o uso do cartão de débito virtual.

Fica, Petrobras. Estados deram início à campanha de permanência de subsidiárias da estatal, que deverá se concentrar em Rio e SP. Ao todo, 148 empresas se concentram fora deste eixo. 

POLÍTICA E ECONOMIA

 A aprovação de Jair Bolsonaro subiu novamente e passou de 37% em agosto para 39% em setembro. O presidente passou a ser mais aprovado do que reprovado, o que não acontecia desde maio de 2019. Veja os dados completos da pesquisa XP-Ipespe.

 Paulo Guedes subiu o tom. “Vamos entrar em rota de implosão fiscal”, disse o chefe da Economia. A declaração foi dada em discurso contra a criação de fundos para compensar entes pela reforma tributária.

COLUNISTAS

 A sucessão de Rodrigo Maia e Davi Alcolumbre está no radar. Uma PEC que permite a reeleição dos presidentes das Casas tem apoio do Senado, mas enfrenta resistência na Câmara. Confira na coluna do Lucas Aragão como a decisão pode sobrar para o STF.

 Rituais funcionam para prover união e identidade às pessoas. Algo semelhante ocorre com a inflação: as pessoas se comportam coletivamente achando que os preços vão subir e correm para comprar. Na coluna de hoje, o Felipe Miranda discute se acordamos o dragão.

Este artigo foi publicado primeiramente no "Seu Dinheiro na sua noite", a newsletter diária do Seu Dinheiro. Para receber esse conteúdo no seu e-mail, cadastre-se gratuitamente neste link.

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

Lupa dos Fundos - SD Premium

Contrate uma tesouraria para trabalhar por você com este fundo multimercado

Com um objetivo de retorno de 7% acima do CDI, o fundo desta edição da Lupa é de uma gestora formada por ex-profissionais da tesouraria de um grande banco

pandemia no país

Brasil tem 33,5 mil novos casos de coronavírus e 836 mortes em 24 horas

O total de mortes causadas por covid-19 chega a 138.108, um acréscimo de 0,6% sobre a soma de ontem, quando o painel do ministério marcava 137.272 falecimentos. Ainda há 2.423 mortes em investigação

seu dinheiro na sua noite

Um novo flerte do dólar a R$ 5,50

“Nunca aposte contra a América”, alertou Warren Buffett no tradicional encontro de acionistas de sua holding de investimentos em maio deste ano. O bilionário não falava especificamente da moeda dos Estados Unidos, mas toda vez que o dólar mostra sinais de força, alguém (como eu) acaba trazendo a frase à tona. Afinal, é para as […]

aquisição à vista

Stone vai lançar BDRs na bolsa brasileira e pretende usar papéis na compra da Linx

Aprovação pelos acionistas da Linx e da Stone e prévia autorização do CADE (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) estão entre as condições para finalizar a operação

Receita de volatilidade

Dólar tem forte alta com depoimento do presidente do Fed; volatilidade limita o Ibovespa

Moeda norte-americana registrou alta acentuada no início de uma série de depoimentos de Jerome Powell perante o Congresso dos EUA

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu