Menu
Vinícius Pinheiro
O melhor do Seu Dinheiro
Vinícius Pinheiro
Dados da Bolsa por TradingView
2020-12-17T09:10:21-03:00
Tudo que vai mexer com seu dinheiro hoje

Dentro da cabeça do Banco Central

17 de dezembro de 2020
9:10
Selo O Melhor do Seu Dinheiro; investimentos
Imagem: Montagem Andrei Morais / Shutterstock

A crise provocada pela pandemia do coronavírus trouxe consigo uma série de problemas que vão além da saúde. Mas eu me arrisco a dizer que nenhum economista esperava que encerraríamos o ano preocupados com a volta da inflação.

O risco era justamente o contrário. Com o fechamento da economia e a paralisação da atividade, o país chegou a flertar com a deflação, que é igualmente perigosa.

Mas a injeção de dinheiro na veia da população com os programas do governo ajudou a economia a se recuperar mais rapidamente — embora não tenha sido uma retomada em “V” como alardeou a equipe do ministro Paulo Guedes.

O problema é que o remédio trouxe efeitos colaterais, com um forte aumento na procura por bens no momento em que a indústria produzia menos.

O resultado desse descasamento entre oferta e demanda você sente hoje no bolso, com o aumento de preços em uma série de produtos.

A grande dúvida agora é se esse choque da inflação é temporário ou não. Um aumento da taxa básica de juros (Selic) em 2021 pelo Banco Central é quase certo, só não se sabe quando a alta vai começar e de quanto será.

É por isso que os investidores acompanham de perto a divulgação do Relatório Trimestral de Inflação pelo Banco Central na manha de hoje. Trata-se de uma oportunidade de saber o que se passa “dentro da cabeça” da autoridade monetária.

Enquanto isso, o clima segue positivo no exterior, o que pode contribuir para a bolsa seguir no rali de alta e se aproximar das máximas históricas. A Jasmine Olga conta para você tudo o que deve movimentar os mercados nesta quinta-feira.

O que você precisa saber hoje

MERCADOS

O Ibovespa fechou em alta de 1,5%, aos 117.860 pontos, maior patamar desde 24 de janeiro, após o Congresso Nacional aprovar o orçamento para 2021. O mercado também reagiu positivamente à sinalização do BC dos EUA de que as taxas de juros permanecerão baixas até 2023 e com a expectativa da aprovação um novo pacote de estímulos econômicos. O dólar subiu 0,3%, a R$ 5,10.

EMPRESAS

 Em mais um sinal de que está cada vez mais recuperada dos efeitos da pandemia, a Azul já projeta operar mais de 90% da sua capacidade doméstica em dezembro, na comparação com o mesmo período do ano anterior.

 Na disputa acirrada no comércio eletrônico, o Magazine Luiza anunciou ontem uma nova estrutura organizacional, que visa o fortalecimento do marketplace da companhia. Veja como ficou a divisão entre os principais executivos da varejista.

 Na fila de IPOs (oferta pública de ações) para 2021, a Guararapes Painéis entrou com pedido para abrir o capital e lançar as suas ações na B3. Saiba mais sobre a companhia.

ECONOMIA

 O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, afirmou ontem que a campanha de vacinação contra o novo coronavírus poderá começar em fevereiro de 2021 caso os laboratórios cumpram todas as etapas burocráticas até o fim deste ano.

Enquanto isso, o Brasil ultrapassou a marca de 7 milhões de infectados por covid-19. Nas últimas 24 horas foram registrados 70.574 novos casos e 936 mortes pela doença, segundo dados divulgados ontem pelo Ministério da Saúde.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

Ele está de volta?

Setores fazem pressão por volta do horário de verão

Criado com a finalidade de aproveitar o maior período de luz solar durante a época mais quente do ano, o horário de verão foi instituído no Brasil em 1931 pelo então presidente Getúlio Vargas e adotado em caráter permanente a partir de 2008.

MANOBRAS

Juiz põe no banco dos réus ex-gestores do banco Máxima por gestão fraudulenta

O Banco Máxima S.A. informa que seus atuais acionistas assumiram a administração do banco em 2018, após aprovação pelo Banco Central, e que os integrantes da antiga gestão não têm mais qualquer relação com a instituição financeira

Foguete? Tô fora!

Warren Buffet: o bilionário que não quer conhecer as estrelas

Enquanto Bezos, Musk e Branson protagonizam a nova corrida especial, o Oráculo de Omaha prefere apenas observar

O melhor do Seu Dinheiro

O seu momento Sherlock Holmes

Na adolescência, ouvia que quem buscasse por romance policial brasileiro deveria ler algo do Rubem Fonseca. Era uma vontade minha achar uma história desse gênero que fosse mais próxima da minha realidade — e o filtro nacionalidade me pareceu o mais adequado.  A ideia surgiu depois de ter conhecido parte das histórias criadas por Agatha […]

Mesa Quadrada

Comentarista da ESPN Paulo Antunes fala da sua paixão por futebol americano e experiência no mercado financeiro

Ele conta sobre suas aventuras na cobertura de futebol americano e basquete e ainda revela seus investimentos na Bolsa em novo episódio do podcast Mesa Quadrada

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies