Menu
2020-08-23T13:36:45-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Alerta da gestora

IPO de subsidiárias destrava valor de empresas na bolsa? Para a Squadra, não

A maior parte das empresas brasileiras não consegue gerar mais valor aos acionistas nesse tipo de operação porque em geral, as demonstrações contábeis têm informações detalhadas sobre as verticais das companhias, segundo a gestora

23 de agosto de 2020
13:36
Cerimônia virtual do IPO da Vasta, subsidiária da Cogna
Imagem: Reprodução Nasdaq

A bolsa vive uma onda de ofertas públicas iniciais (IPO, na sigla em inglês) de subsidiárias de empresas já listadas no mercado. A expectativa é que a abertura de capital das controladas ajude a "destrave valor" das empresas.

Mas para a Squadra Investimentos, a "narrativa" não necessariamente é verdadeira. De acordo com a gestora, esse tipo de divisão reduz o fluxo de caixa porque cria ineficiências do ponto de vista fiscal e de balanço patrimonial.

Há um "desejo disseminado entre banqueiros de investimento" de oferecer ao mercado teses com doses de tecnologia para que as listagens de subsidiárias ocorram na Nasdaq, bolsa americana de empresas de tecnologia, em busca de avaliações mais altas, na visão da Squadra. A Vasta, subsidiária da Cogna, foi a última empresa brasileira a abrir o capital lá fora.

Mas a maior parte das empresas brasileiras não consegue gerar mais valor aos acionistas nesse tipo de operação porque em geral, suas demonstrações contábeis têm informações detalhadas sobre as verticais das companhias, segundo a gestora. Ou seja: abrir o capital de cada operação não melhora os cálculos do mercado sobre o quanto elas valem.

Entre antigas operações, a gestora cita ainda as aberturas de capital dos programas de fidelidade da Gol - o Smiles - e da Latam - o Multiplus. Na análise da casa, a "parte boa" vai à bolsa, mas o conglomerado é obrigado a carregar as despesas.

“Há mesmo os contraexemplos: a Azul decidiu não listar seu negócio de fidelidade, porém, graças ao nível de informações fornecidas, os analistas sempre foram capazes de acompanhar essa unidade de negócio e sua ação constantemente negocia com prêmio para seus pares.”

A gestora diz que entende o racional de algumas das listagens de subsidiárias que vêm sendo apresentadas ao mercado, mas que não concorda com "grandes animações" e percepções de geração de valor decorrentes destes eventos.

“Nas ocasiões em que encontrarmos distorções importantes entre preço e valor motivadas por esses eventos, bem como expectativas que julgarmos difíceis de serem concretizadas, gradualmente adicionaremos posições em nosso portfólio short [vendido]”, escreve a Squadra.

A Squadra é conhecida por montar posições vendidas em ações no mercado. O grande exemplo é o da empresa de resseguros IRB Brasil RE, que acumula queda de mais de 75% apenas neste ano depois que a gestora encontrou inconsistências nos balanços da companhia.

*Com Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

Na contramão

Bolsa cai e dólar dispara depois de governo revelar como pretende financiar Renda Cidadã

Ibovespa abriu em alta, mas virou em meio à frustração dos investidores com o financiamento do programa que sucederá o Bolsa Família

em anúncio do renda cidadã

Guedes: Política dá o timing e desoneração está sendo estudada

No anúncio do novo programa social do presidente Jair Bolsonaro, o Renda Cidadã, o ministro da Economia, Paulo Guedes, disse que a proposta do governo foi feita com a busca da “verdade orçamentária”

oferta adiada

Cosan cancela IPO da subsidiária Compass com piores condições de mercado

Tempo fechado para IPO: Cosan cita deterioração de cenário para suspender oferta, que havia entrado em análise pela CVM em julho

novo programa

Governo anuncia proposta para Renda Cidadã, substituto do Bolsa Família

Proposta é usar os recursos de pagamento de precatórios e parte do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb)

NOVATA NA BOLSA

Subsidiária da Even, Melnick estreia na B3 com queda de mais de 1%

IPO movimentou R$ 713,6 milhões, com as ações sendo precificadas no piso da faixa indicativa

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements