Menu
2020-11-20T14:24:11-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
criptomoeda avança

Com dólar alto, bitcoin bate marca histórica de R$ 100 mil

Criptomoeda tem alta expressiva no ano; movimento atual tem influência da cotação da divisa americana, mas também de uma maior profissionalização do mercado

20 de novembro de 2020
14:20 - atualizado às 14:24
bitcoin
Imagem: Shutterstock

O bitcoin tem um novo recorde. A criptomeda bateu nesta sexta-feira (20) a marca histórica de R$ 100 mil - US$ 18,7 mil -, em continuidade a uma alta de meses anteriores.

Em outubro, a moeda digital já havia rendido 29% - o melhor investimento daquele mês -, com uma rentabilidade de 171% em 2020.

Não é a primeira vez que o bitcoin chega ao patamar atual em dólar. No final de 2017, a criptomeda até se aproximou de US$ 20 mil - quando a moeda americana era cotada a R$ 3,30 -, mas caiu para US$ 3 mil.

A diferença entre os valores de dólar e real é justamente uma das principais razões para a criptomoeda a bater a marca emblemática dos R$ 100 mil. A divisa americana era cotada a R$ 5,36 nesta sexta.

Mercado menos amador

A alta do bitcoin em dólares está muito relacionada aos avanços institucionais do mercado de criptomedas - que valorizam os criptoativos de modo geral. Entre os movimentos importantes, destacam-se:

  • Compras de investidores institucionais;
  • Sinal verde do Fed, nos EUA, para a adoção das moedas digitais;
  • Sinalização do Banco Central Europeu de possibilidade de criação de uma moeda digital;
  • Anúncio de que a plataforma de pagamentos Paypal passaria a oferecer a compra e venda de criptomoedas

Para especialistas, as novidades indicariam maior profissionalização e institucionalização do mercado de criptomoedas. Ainda entra na conta da valorização do bitcoin o chamado "halving", que aconteceu em maio.

O movimento é uma correção técnica que acontece de quatro em quatro anos, cortando pela metade a emissão de bitcoins. No médio e longo prazo, com o crescimento da demanda, a medida tende a puxar uma alta da criptomeda.

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

gestão segue independente

Holding do BTG Pactual compra consultoria de energia PSR

Um dos principais objetivos da parceria é propiciar a expansão da companhia no mercado global de energia

recursos contra a doença

Câmara aprova liberação de R$ 1,9 bilhão para compra de vacinas contra Covid-19

Dinheiro vai custear contrato entre a Fiocruz, vinculada ao Ministério da Saúde, e o laboratório AstraZeneca; recursos virão da emissão de títulos públicos

permissão especial

Anvisa divulga regras para autorização emergencial de vacina contra covid-19

Modo simplificado terá menos exigências do que os registros de outros medicamentos e tratamentos, mas a agência declarou que serão garantidos requisitos de segurança

seu dinheiro na sua noite

Uma previsão (conservadora) para a bolsa em 2021

Depois de tudo que passamos em 2020 (e o ano ainda não acabou), eu admiro a coragem de quem se arrisca a fazer previsões para o desempenho dos investimentos. As estimativas podem parecer mero chute — e às vezes são mesmo — mas no geral têm fundamento. Com algum trabalho, é possível calcular o fluxo […]

emissão de dívida em dólar

Tesouro capta US$ 2,5 bilhões no exterior com títulos de 5, 10 e 30 anos

Houve forte demanda pelos títulos de dívida externa, que superou a oferta em mais de 3 vezes, diz instituição; volume emitido com bônus de 10 anos foi o maior, de US$ 1,25 bi

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies