Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2020-02-12T18:36:10-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
em audiência

Bitcoin salta 7% e chega a R$ 45 mil, após Fed indicar que estuda criptomoedas

Jerome Powell disse que é importante entender os custos e benefícios das moedas digitais

12 de fevereiro de 2020
11:46 - atualizado às 18:36
Jerome Powell, presidente do Federal Reserve
Jerome Powell, presidente do Federal Reserve -

A cotação do bitcoin deu um salto desde a última terça-feira (11), após o presidente do Federal Reserve (Fed) — banco central dos Estados Unidos —, Jerome Powell, sinalizar que a autoridade monetária está estudando custos e benefícios das moedas digitais.

Das as 5h da manhã de terça às 18h30 desta quarta (horário de Brasília), o bitcoin avançava mais de 7% sobre o real, tendo saltado de R$ 42.171,45 para R$ 45.379. No mesmo período, a cotação em dólares saltou pouco menos de 7%, tornando a romper a faixa dos US$ 10 mil.

Em audiência no Comitê de Serviços Financeiros da Câmara dos EUA, Powell disse que todo grande banco central está observando atentamente as criptomoedas. "Penso que é muito importante para nós e para outros bancos centrais entender os custos e benefícios associados a uma possível moeda digital".

A declaração de Powell criou uma expectativa de que o mercado das criptomoedas possa ser regulado no futuro. O presidente do Fed também disse que ter o dólar como "coração do sistema financeiro" é algo que os serve bem.

Em ascensão

O bitcoin passa por um processo de ascensão nos últimos meses. Apesar de um desempenho fraco no início de 2019, a criptomoeda deu um gás, chegou a ultrapassar os US$ 13 mil e fechou o ano com uma valorização de 95,62% em reais. A moeda digital foi a melhor aplicação no ranking de 2019.

Só no último mês, o bitcoin cresceu 35% em relação ao real — uma valorização que é explicada em grande parte pelo halving, um evento sazonal que reduz pela metade a recompensa pela mineração do bitcoin.

Ao criar o bitcoin, Satoshi Nakamoto, estipulou que a recompensa pela mineração cairia pela metade a cada quatro anos para controlar o suprimento do ativo. Como a última vez que isso ocorreu foi em 2016, a próxima será neste ano e está prevista para ocorrer perto do dia 24 de maio.

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

RH do governo

Reforma administrativa deslanchou? Confira destaques do texto-base aprovado em comissão da Câmara

A proposta traz alguns pontos polêmicos, como a possibilidade de parcerias entre governo e iniciativa privada para a execução de serviços públicos

fique de olho

Dividendos: Equatorial Pará (EQPA3) define data e Marfrig (MRFG3) altera valor

Além disso, Equatorial Maranhão definiu data do pagamento dos proventos e Banco Modal definiu valores para juros sobre capital próprio; confira

Eletrobras, Correios e mais

Ativos na mesa: nova proposta para precatórios pode incluir ações de estatais em acordos de pagamento

Além das estatais, na lista de ativos que poderiam entrar na negociação estão imóveis, barris de petróleo do pré-sal e concessões de rodovias e ferrovias, por exemplo

fala, vale

Vale (VALE3): a receita para a queda das ações, segundo a própria empresa

Empresa teve de emitir um comunicado em resposta a um ofício da B3 que solicitava justificativas para a oscilação das ações da mineradora entre os dias 6 e 20 de setembro

MERCADOS HOJE

Bom humor global ajuda e Ibovespa recupera os 114 mil pontos após nova Selic; dólar sobe a R$ 5,30

Na ressaca da Super quarta, os investidores seguiram atentos aos desdobramentos dos problemas financeiros da Evergrande; Ibovespa acompanhou NY

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies