Menu
2020-06-30T15:44:52-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Mais uma para o clube?

Depois de Kylie Jenner e Kanye West, Kim Kardashian pode ser a nova bilionária da família

A empresária vendeu 20% da sua participação na KKW Beauty, por US$ 200 milhões. Embora o marido de Kim tenha celebrado o novo status no Twitter, a realidade pode ser outra.

30 de junho de 2020
15:43 - atualizado às 15:44
Kim Kardashian
Imagem: Shutterstock

A socialite Kim Kardashian West pode ser a nova bilionária do pedaço. Pelo menos é o que diz o marido da empresária, o rapper Kanye West.

West, que atingiu o status de bilionário pela Forbes em abril deste ano utilizou o Twitter para parabenizar a esposa pela marca. A declaração veio após a Kim vender 20% de sua participação na empresa de cosméticos KKW Beauty por US$ 200 milhões para a Coty, uma companhia multinacional dona de marcas como Tiffany & Co e Balenciaga. Com o acordo, a empresa de Kim passou a ser avaliada em cerca de US$ 1 bilhão.

"Estou muito orgulhoso da minha bela esposa Kim Kardashian West por ter se tornado oficialmente bilionária. Você atravessou tempestades e agora Deus está brilhando sobre você e nossa família".

Essa não é a primeira vez que a Coty está no centro de um negócio milionário com a família Kardashian-Jenner. Em 2019, a mesma empresa comprou 51% da Kylie Cosmetics, por US$ 600 milhões, elevando a irmã mais nova de Kim ao status de bilionária.

Embora Kanye, que alcançou o status de bilionário em abril deste ano, e segundo a Forbes tem um patrimônio de US$ 1,3 bilhão, tenha comemorado o novo status publicamente, o grito de gol pode ter saído antes da hora. Segundo a publicação americana, a fortuna de Kardashian West é de 'apenas' US$ 900 milhões.

Mesmo com a parceria com a Coty, Kim continuará ajudando a equipe a criar novos produtos e seguirá como embaixadora para a marca para os seus mais de 177 milhões de seguidores.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

Decisão cautelar

TCU proíbe governo Bolsonaro de anunciar em sites que exerçam atividades ilegais

Indícios de irregularidades na veiculação de propagandas do governo federal levaram o TCU a tomar a decisão cautelar, concedida pelo ministro Vital do Rêgo

PGR

Aras recomenda a Guedes mais transparência em gastos no combate à pandemia

A pedido de procuradores do MPF-PE, o procurador-geral da República, Augusto Aras, enviou recomendações para Guedes dar transparência aos gastos federais

Setor em destaque

Estatais de saneamento querem flexibilizar regras para contratar empréstimos

Com regras mais fáceis para a entrada do setor privado, as estatais de saneamento querem que a concessão de empréstimos ao segmento seja menos rigorosa

Preocupação ambiental

Para empresários, discurso do governo sobre desmatamento mudou

Após reunião com o vice-presidente Hamilton Mourão, empresários parecem satisfeitos quanto aos compromissos firmados pelo governo a respeito do desmatamento

O melhor do Seu Dinheiro

MAIS LIDAS: O canto da sereia

Uma matéria alertando para os riscos do day trade foi a mais lida desta semana no Seu Dinheiro

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements