Menu
2019-09-07T17:47:06-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Dinheiro chama dinheiro

Conheça 7 bilionários que devem a fortuna a Warren Buffett

Na relação de pessoas que ganharam ao se aliar a Buffett estão investidores e ex-donos de empresas que foram adquiridas pela holding do bilionário norte-americano

7 de setembro de 2019
17:47
Warren Buffett, investidor americano
Imagem: Shutterstock

O sucesso de Warren Buffett no mundo dos investimentos rendeu fortuna não apenas ao bilionário americano. Pelo menos outros sete magnatas da lista de bilionários estão ligados direta ou indiretamente a Buffett e sua holding Berkshire Hathaway.

Na relação de pessoas que ganharam ao se aliar a Warren Buffett estão desde investidores que apostaram cedo nos negócios do "oráculo de Omaha" a ex-donos de empresas que foram adquiridas pela Berkshire, de acordo com uma lista feita pelo site Business Insider. Conheça a seguir sete dos "bilionários de Buffett":

1 - Larry Van Tuyl

Larry Van Tuyl atuava como co-CEO da rede de concessionárias de veículos fundada pelo pai quando decidiu vender o controle da empresa por US$ 4,1 bilhões em ações da Berkshire Hathaway, em março de 2015. A fortuna individual de Van Tuyl é avaliada em pelo menos US$ 1,5 bilhão (R$ 6,1 bilhões), de acordo com a Bloomberg.

2 - Bill Haslam

Bill Haslam

Na lista de bilionários ligados a Buffett tem até um político. A família do ex-governador do estado norte-americano do Tennessee Bill Haslam vendeu sua empresa de redes de conveniência para caminhões para a Berkshire Hathaway em 2017. O irmão do ex-governador, Jimmy Haslam, ainda é o CEO da companhia. A Forbes estima que o ex-governador tenha uma fortuna de US$ 1,5 bilhão (R$ 6,1 bilhões).

3 - Charlie Munger

Charlie Munger

Braço-direito de Warren Buffett, Charlie Munger é o vice-presidente do conselho de administração da Berkshire Hathaway. Ele também é da cidade americana de Omaha e conheceu Buffett em um jantar em 1959. Mas Munger já era um investidor bem-sucedido mesmo antes de se unir ao bilionário. A fortuna dele é estimada pela Forbes em US$ 1,7 bilhão (R$ 6,9 bilhões).

4 - Stewart Horejsi

O investidor Stewart Horejsi se tornou sócio de Warren Buffett em 1980, ao comprar ações da Berkshire Hathaway por US$ 265 cada. Ele decidiu investir depois de ler um livro que já apontava Buffett como uma lenda das finanças. Formado pela Universidade do Kansas, Horejsi administra uma fortuna avaliada em US$ 1,8 bilhão (R$ 7,3 bilhões), de acordo com a Forbes.

5 - David Gottesman

David "Sandy" Gottesman foi um dos primeiros investidores da Berkshire Hathaway, a holding que reúne as participações de Warren Buffett. Foi da aposta certeira que veio a maior parte da fortuna do investidor de 93 anos, que ainda hoje faz parte do conselho da empresa. Ele também fundou a sua própria empresa de investimentos, a First Manhattan, que administra US$ 16 bilhões em recursos. A fortuna individual de Gottesman é avaliada em US$ 2,3 bilhões (R$ 9,4 bilhões).

6 - Família Ueltschi

Albert Ueltschi foi piloto e fundador da FlightSafety International, uma empresa que usa voos simulados como treinamento de pilotos. Ele vendeu posteriormente a companhia para a Berkshire Hathaway, em troca de US$ 1,5 bilhão em ações da holding de Warren Buffett. Ueltschi morreu em 2012 e a família dele herdou uma fortuna de US$ 2,5 bilhões (R$ 10,2 bilhões), segundo a Bloomberg.

7 - Walter Scott

Aos 88 anos, Walter Scott é amigo de longa data de Warren Buffett, que recentemente completou 89 primaveras. Os dois trabalharam juntos na compra da MidAmerican Energy, em 2000. A empresa foi rebatizada de Berkshire Hathaway Energy e se tornou uma subsidiária da holding do bilionário. A fortuna de Scott é estimada em US$ 4,5 bilhões (R$ 18,3 bilhões), de acordo com os dados mais recentes da Forbes.

Saiba mais sobre Warren Buffett e como os homens mais ricos do mundo chegaram lá na nossa série especial Rota do Bilhão.

*Com informações da Business Insider e da Forbes

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

cardápio de balanços

Itaúsa e BTG: os balanços que mexem com o mercado nesta terça

Resultados são do primeiro trimestre de 2021, período ainda marcado pela incerteza por conta da pandemia de covid-19; veja os destaques

AGORA A SEMANA COMEÇA

Ata do Copom, IPCA e expectativa com balanços devem ditar o rumo do pregão

Aversão ao risco no exterior e cena política agitada recomendam cautela

Coronavírus no Brasil

Brasil tem 423,2 mil mortes e 15,2 milhões de casos de covid-19

Ainda há 3.744 óbitos em investigação. Isso ocorre porque há casos em que um paciente morre, mas a causa segue sendo apurada mesmo após a declaração do óbito

na b3

Leilão de aeroportos regionais de SP terá como destaque bloco de Ribeirão Preto

Segundo o governo, dos 22 aeroportos, seis já contam com serviços de aviação comercial regular e 13 têm potencial de desenvolvimento de novas rotas regulares durante a concessão

IR 2021

Imposto de renda: Posso declarar um plano de saúde internacional como gasto dedutível?

A repórter Julia Wiltgen conversou com o advogado tributarista Samir Choaib e respondeu às principais dúvidas dos leitores do Seu Dinheiro.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies