Menu
2019-09-04T09:51:02-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Cara nova

Oi recebe aval da Justiça e comando da empresa deve ser de ex-presidente da TIM

Autorização é uma resposta ao pedido de mudanças na direção feito meses atrás pelo conselho de administração da operadora. O processo de transição no comando corre em segredo de Justiça

4 de setembro de 2019
8:02 - atualizado às 9:51
Rodrigo Abreu
Rodrigo Abreu, ex-presidente da TIM, em 2013. - Imagem: EVELSON DE FREITAS/ESTADÃO CONTEÚDO/AE

A Oi está perto de finalmente concretizar o seu plano de transição. A empresa recebeu autorização formal da Justiça para a mudança no comando da empresa.  Rodrigo Abreu, membro do conselho de administração da Oi e ex-presidente da TIM, assumirá a posição de diretor operacional e, até o fim do ano, substituirá Eurico Teles, que atua como presidente da operadora desde 2017.

Na segunda-feira (02), o juiz Fernando Viana, da 7.ª Vara Empresarial do Rio de Janeiro, onde corre o processo de recuperação judicial da companhia, homologou o plano de transição da empresa. Com a notícia, o papel ordinário da Oi subiu 5,22%, fechando a R$ 1,21.

A autorização é uma resposta ao pedido de mudanças na direção feito meses atrás pelo conselho de administração da operadora. O processo de transição no comando corre em segredo de Justiça. Procurada pela reportagem do Estadão, a Oi não comentou.

Em fevereiro, Viana havia determinado que a Justiça e o Ministério Público deveriam ser avisados previamente pela companhia sobre qualquer venda de ativos, fusões e incorporações, além de eventuais alterações na diretoria. No entendimento do MP, a manutenção dos diretores nos cargos era vista como importante para dar estabilidade ao processo de recuperação judicial.

Mas a pressão sobre Eurico Teles aumentou em agosto, quando o balanço da Oi referente ao segundo trimestre mostrou novo prejuízo e redução do dinheiro em caixa. A gestora de investimentos GoldenTree Asset Management, que tem 14,57% das ações da tele, enviou uma carta ao conselho pedindo a troca do presidente executivo.

De olho em amenizar as suas dificuldades econômicas, a Oi também espera levantar até 2,5 bilhões em uma operação de captação de recursos que será estruturada neste mês, segundo apurou o Estadão/Broadcast.

* Com Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

seu dinheiro na sua noite

Maradona e o rali da bolsa

O baixinho Maradona passa por dois marcadores, toca para o companheiro e depois corre para disputar a bola na área. Ele dá um salto e, de alguma forma, consegue subir mais que o goleiro inglês Peter Shilton para empurrar (literalmente) a bola para as redes. O lance do antológico gol de mão do craque argentino […]

fechamento dos mercados

Ibovespa desacelera com queda de Petrobras, mas fecha acima de 110 mil com Itaú e Vale e sobe 4% na semana

Bolsas americanas fecham para cima, renovando máximas históricas, em sessão mais curta; por aqui, ações de Petrobras reduziram alta perto do fim da sessão, eventualmente virando e fechando em queda, tirando índice acionário local da proximidade do pico intradiário

Urgente

Guilherme Boulos é diagnosticado com Covid-19

As agendas de campanha foram todas suspensas, e a coordenação da campanha vai propor à TV Globo que o último debate, previsto para hoje, seja feito de forma virtual.

Novidade no mercado

CMN: corretora de título e valor mobiliários pode prestar serviço de pagamento

Com isso, as SCTVM e SDTVM deverão optar entre a manutenção das atuais contas de registro ou a utilização de contas de pagamento.

Novidades na bolsa

B3 vai lançar 37 BDRs de fundos de índices estrangeiros (ETF)

Com os novos BDRs, os investidores brasileiros poderão ficar expostos à variação de uma série de fundos que acompanham índices estrangeiros sem sair da B3

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies