A AÇÃO QUE ESTÁ REVOLUCIONANDO A INFRAESTRUTURA DO BRASIL E PODE SUBIR 50%. BAIXE UM MATERIAL GRATUITO

2019-05-03T11:18:05-03:00
Vinícius Pinheiro
Vinícius Pinheiro
Diretor de redação do Seu Dinheiro. Formado em jornalismo, com MBA em Derivativos e Informações Econômico-Financeiras pela FIA, trabalhou nas principais publicações de economia do país, como Valor Econômico, Agência Estado e Gazeta Mercantil. É autor dos romances O Roteirista, Abandonado e Os Jogadores
Aquisição

Magazine Luiza calça o tênis e leva Netshoes por US$ 62 milhões

Com a aquisição, fechada pelo equivalente a US$ 2 por ação, a Magalu coloca os dois pés no varejo de produtos esportivos e se reforça para enfrentar a Amazon no Brasil

29 de abril de 2019
19:40 - atualizado às 11:18
Netshoes
Imagem: Reprodução

Pode vir, Amazon! A Magazine Luiza se reforçou para enfrentar a gigante americana que começa a ampliar a atuação no Brasil e colocou os dois pés no varejo de produtos esportivos com a compra da Netshoes. A Magalu anunciou a aquisição do site de comércio eletrônico na noite de hoje por US$ 62 milhões (ou R$ 245 milhões pela cotação de hoje).

O valor por ação da Netshoes na compra ficou em US$ 2,00, 24,5% abaixo da cotação das ações da empresa (US$ 2,65), que é listada na bolsa de Nova York (Nyse).

A operação ainda depende da aprovação do Cade, órgão de defesa da concorrência, e dos acionistas da Netshoes. Mas a Magazine Luiza já conseguiu um acordo com acionistas que representam 47,9% do capital da companhia, que se comprometeram a votar de forma favorável à operação.

Além da Magalu, a B2W (dona da Americanas.com e do Submarino) estava no páreo pelo site de produtos esportivos.

Perdeu o fôlego

Ao abrir o capital em Nova York, há dois anos, a Netshoes era apontada como grande aposta na renovação no varejo brasileiro. Mas o fôlego se mostrou curto. A empresa será vendida para a Magazine Luiza por um valor 89% abaixo do IPO (sigla em inglês para oferta pública inicial de ações)

No terceiro trimestre do ano passado, a Netshoes registrou prejuízo líquido de R$ 140,6 milhões, quase o triplo do mesmo período de 2017. A dívida líquida da empresa somava pouco mais de R$ 140 milhões ao fim de setembro do ano passado.

Maratonista

A situação não podia ser mais distinta para a Magazine Luiza. Depois de abrir o capital em 2011, a empresa chegou ao fundo do poço, quando a ação chegou a ser negociada abaixo de R$ 1,00. Mas sob o comando de Frederico Trajano, a varejista se reinventou como uma plataforma multicanal, na qual os clientes podem comprar os produtos no site e retirar na loja ou vice-versa.

Desde as mínimas, as ações da Magalu (MGLU3) dispararam mais de 16.000% e no fechamento de hoje eram cotadas a R$ 178,51. Em 2018, a varejista teve lucro líquido de R$ 597,4 milhões, uma alta de 53,6% em relação ao ano anterior.

Mais boa notícia

Como se não bastasse a conquista da Netshoes, a Magazine Luiza anunciou outra vitória, desta vez na Justiça. O Supremo Tribunal Federal (STF) considerou inconstitucional a inclusão do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) na base de cálculo do PIS e da COFINS.

Com o trânsito em julgado, a varejista teve reconhecido o direito de reaver, mediante compensação, os valores já recolhidos. A estimativa da Magalu é que os créditos corrigidos representem aproximadamente R$ 750 milhões. O valor ainda deverá ser validado em procedimento administrativo perante a Receita Federal, segundo a empresa.

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

SEMANA EM CRIPTO

Nova crise no mercado, empresas entram em criptomoedas e atualização do ethereum ‘mais fraca’ marcaram semana: bitcoin (BTC) terá dias decisivos pela frente; entenda

19 de agosto de 2022 - 16:23

O bitcoin perdeu um importante suporte de preço antes dos dados da inflação dos Estados Unidos na semana que vem

A CONTRAGOSTO

Indicados pelo governo — incluindo dois nomes barrados pela Petrobras (PETR4) — são aprovados para conselho de administração da estatal

19 de agosto de 2022 - 16:22

Jônathas Castro e Ricardo Soriano foram rejeitados pelos órgãos de governança da companhia, mas eleitos hoje com os votos da União

FIM DE TEMPORADA

Nos balanços do segundo trimestre, uma tendência para a bolsa: as receitas cresceram, mas os custos, também

19 de agosto de 2022 - 16:18

Safra de resultados financeiros sofreu efeitos do aumento da Selic, mas sensação é de que o pior já passou

CRYPTOSTORM

Dá para censurar um aplicativo na Web 3.0? Pessoas nos EUA já não têm acesso a alguns protocolos de DeFi; entenda

19 de agosto de 2022 - 16:07

Em um relatório da SlowMist foi constatado que a Tornado Cash recebia cerca de 75% dos recursos vindos da lavagem de dinheiro da rede ethereum

VAGAS DA SEMANA

Vagas de emprego: Marfrig, Omie e Nubank estão com processos seletivos abertos; confira as principais oportunidades da semana

19 de agosto de 2022 - 15:46

Ao todo, são mais de 100 vagas de emprego para diversas áreas no formato híbrido ou remoto

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies