🔴 RENDA MÉDIA DE R$ 21 MIL POR MÊS COM 3 CLIQUES – SAIBA COMO

Cotações por TradingView
Julia Wiltgen
Julia Wiltgen
Jornalista formada pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) com pós-graduação em Finanças Corporativas e Investment Banking pela Fundação Instituto de Administração (FIA). Trabalhou com produção de reportagem na TV Globo e foi editora de finanças pessoais de Exame.com, na Editora Abril.
O sonho acabou?

O ‘fracasso’ do bilionário Jorge Paulo Lemann: sonho grande da Kraft Heinz ‘não permanece’

Segundo mais rico do Brasil, bilionário e sócio da 3G capital falou sobre seus maiores erros na trajetória empresarial, o que há de mais importante num negócio e disse que não é mais um “dinossauro apavorado”

Julia Wiltgen
Julia Wiltgen
6 de julho de 2019
19:11 - atualizado às 15:54
Jorge Paulo Lemann, do fundo 3G, dono da Ambev
"Não sou mais um dinossauro apavorado, mas um dinossauro se mexendo", diz Lemann. - Imagem: Felipe Rau / Estadão Conteúdo

O bilionário Jorge Paulo Lemann, segundo homem mais rico do Brasil, admitiu, neste sábado (06), que teve, no ano passado, um "fracasso na Kraft Heinz", companhia de alimentos da qual é sócio junto com o megainvestidor Warren Buffett.

"Francamente não funcionou bem o que achávamos que ia ser um grande negócio", disse Lemann durante palestra no evento Expert XP, da corretora XP Investimentos, em São Paulo. "Estamos consertando", acrescentou o sócio da empresa de investimentos 3G Capital e dono da AB Inbev.

A apresentação consistiu num bate-papo com Guilherme Benchimol, sócio-fundador da XP Investimentos, com mediação da jornalista Cristiane Correa, autora do livro "Sonho Grande" sobre a trajetória de Lemann e seus sócios Marcel Telles e Beto Sicupira.

Perguntado pela jornalista sobre quais foram as "burradas" com as quais mais aprendeu, Lemann citou talvez não o que considere exatamente "burradas", mas situações em que tomou muito risco e acabou passando um certo calor.

Uma das citadas foi justamente a história da Kraft Heinz. "Realmente tínhamos o sonho grande de construir na área de comida o que fizemos no mercado de cerveja", explicou Lemann. "O sonho grande não permanece, não é mais possível construir algo tão grande como a parte cervejeira na parte de comida, mas há cinco ou seis anos não sabíamos disso. Tentamos e não deu certo. Vamos consertar e tocar para frente, sempre tentando melhorar e construir mais", disse.

No início do ano, a Kraft Heinz divulgou resultados sofríveis para o quarto trimestre de 2018, incluindo baixas contábeis referentes às suas marcas e uma encrenca com a SEC, a CVM americana. Os problemas da companhia estiveram entre os motivos de Lemann ter perdido a liderança no ranking de bilionários brasileiros.

Entre seus outros momentos difíceis durante a trajetória empresarial, Lemann também citou a falência aos 26 anos de idade, a dívida contraída na compra da Anheuser-Busch pela InBev às vésperas do pânico nos mercados ocasionado pela crise de 2008, e a compra da SAB Miller em 2015.

"Estamos devendo US$ 100 bilhões, suando para pagar, mas vamos lá. Vamos sair dessa. A ABInbev vai ser uma empresa muito grande daqui a 30, 40 anos", completou, otimista.

"Não sou mais um dinossauro apavorado, mas um dinossauro se mexendo"

Durante a palestra, Lemann lembrou que recentemente se autointitulou um "dinossauro apavorado". "Eu estava um pouco encastelado, achando que estava tudo bem, e houve alguns incidentes que me mostraram como o mundo está mudando rapidamente", explicou.

"Agora não sou mais um dinossauro apavorado, mas um dinossauro se mexendo", brincou, referindo-se à sua recente movimentação para se atualizar quanto a novas tecnologias.

O "dinossauro" lembrou que investe em três "unicórnios" brasileiros: a empresa de meios de pagamento Stone, a dona de marketplaces para plataformas móveis Movile e a startup de cartões de crédito Brex.

"Só falta entrar como sócio nosso agora, né?", perguntou Benchimol. Em tom de brincadeira (mas talvez com fundo de verdade?), o bilionário respondeu: "Estamos prontos."

Perguntado sobre se a 3G Capital vai investir em negócios de tecnologia, o bilionário respondeu que tem um fundo que já captou US$ 10 bilhões, cuja ideia original era investir em empresas de alimentos, mas que isso "não andou, nem vai andar".

O empresário admite que a área tecnológica é uma possível destino para esses recursos. "Mas nada ainda para acontecer imediatamente", disse.

Sonho grande e cultura

No início da palestra, Lemann e Benchimol falaram sobre as semelhanças nas culturas empresariais das suas respectivas empresas. Para o bilionário, a cultura, a governança e as pessoas são fatores fundamentais na hora de avaliar uma companhia. "Às vezes é mais importante que o negócio", afirmou.

Lemann falou sobre a importância de haver alinhamento de interesses entre sócios e funcionários, a cultura da criação de sociedades e de crescimento dos mais jovens, bem como de ter um sonho grande para o negócio.

Durante a sua fala, Guilherme Benchimol rememorou a história da XP e de como começou seu modelo de sociedade ("partnership"). Num ato falho, o sócio da corretora disse que ofereceu sociedade à então estagiária Ana Clara Sucolotti, que mais tarde se tornaria também sua esposa, dizendo que a meta era se tornar "a maior corretora do mundo". Em seguida, se corrigiu.

"Do Brasil, desculpa. Estou falho aqui agora", disse, rindo.

Mas Lemann interferiu pouco depois: "Eu gostei do 'ser a maior corretora do mundo'. Não gostei da correção depois não. Tem que ser isso mesmo, poxa. Tem que ser o maior do mundo."

Confira a palestra completa no vídeo a seguir:

Compartilhe

QUEM DÁ MAIS?

Quanto vale a foto de um bilionário? Ex-namorada de Elon Musk leiloa imagens e itens da época universitária

12 de setembro de 2022 - 15:57

Estão à venda 18 fotografias, um colar de esmeralda e um cartão de aniversário assinado pelo dono da Tesla; os itens recebem lances até o dia 14 de setembro

VAI FALTAR DINHEIRO?

Elon Musk no banco dos réus? Processo contra o bilionário por suposto esquema de pirâmide com dogecoin (DOGE) se agrava

8 de setembro de 2022 - 11:45

Ação judicial alega que o bilionário e outros oito réus teriam lucrado “dezenas de bilhões de dólares” às custas de outros investidores

OCEANO DE AZAR

Michael Saylor em apuros? Bilionário é acusado de sonegar milhões em impostos — e a MicroStrategy não saiu ilesa

1 de setembro de 2022 - 13:02

Procurador-geral de Columbia acusa Saylor de nunca ter pagado imposto de renda no estado em que supostamente morava há dez anos e evadido US$ 25 milhões em impostos distritais

BILIONÁRIO ANIVERSARIANTE

Parabéns, Warren Buffett! Por que o “Oráculo de Omaha” segue como referência no mercado financeiro aos 92 anos

30 de agosto de 2022 - 15:15

Aos 11 anos, Buffett fez seu primeiro investimento na bolsa de valores; CEO da Berkshire Hathaway, construiu riqueza com alocações a longo prazo e baixo risco

ATIVISTA POLÍTICO?

Como Luciano Hang, fiel apoiador de Jair Bolsonaro, virou o 10º brasileiro mais rico

26 de agosto de 2022 - 13:14

Catarinense, Luciano Hang tem mais de 160 lojas em todo o Brasil. O “véio da Havan” está entre os bilionários brasileiros desde 2019

ESTRADA DO FUTURO

A Tesla, de Elon Musk, está provocando uma revolução em uma indústria maior que a de carros elétricos — e ninguém está falando sobre isso!

25 de agosto de 2022 - 6:34

Empresas que conseguirem entrar na casa dos consumidores com seus produtos terão a oportunidade de organizar o mercado de geração alternativa e autônoma de energia

EM BUSCA DE CONTROLE?

Warren Buffett está autorizado a comprar até metade da Occidental Petroleum; entenda o que o bilionário vê na petroleira

20 de agosto de 2022 - 13:18

Berkshire Hathaway, o conglomerado de Warren Buffet, já possui mais de 20% das ações da Ocidental Petroleum; analistas especulam que ele estaria atrás do controle da empresa

FALA SÉRIO!

E se Elon Musk comprasse o Manchester United? Veja quanto ele teria que pagar se não fosse piada

17 de agosto de 2022 - 11:48

Ações do Manchester United chegaram a disparar na bolsa de Nova York, mas perderam força depois que Elon Musk desmentiu o próprio tuíte

RESQUÍCIOS DO IMPÉRIO

Limpando o nome: Entenda o leilão bilionário que pode acabar com as dívidas de Eike Batista

16 de agosto de 2022 - 11:35

Nesta terça-feira (16), devem ser conhecidas as propostas por um lote de debêntures da Anglo American; o lance mínimo é de R$ 1,25 bilhão

ROTA DO BILHÃO

O homem mais rico do mundo: Confira as polêmicas e tudo o que você ainda não sabe sobre Elon Musk

14 de agosto de 2022 - 8:15

Fundador de empresas como Tesla, SpaceX, Neuralink e Starlink, o empresário viu sua fortuna multiplicar-se mais de dez vezes desde 2020, atingindo os atuais US$ 259,9 bilhões

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies