Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2019-07-21T13:09:54-03:00
Estadão Conteúdo
PEGOU MAL

Pesquisa mostra que 53% são contra indicação de Eduardo

Questionados sobre essa possibilidade, que tem sido frequentemente repetida pelo presidente, 53% discordam, 33% concordam e 13% não sabem opinar

21 de julho de 2019
13:09
Eduardo Bolsonaro e Jair Bolsonaro conversando
Imagem: Fabio Rodrigues Pozzebom/ Agencia Brasil

Pesquisa do Ideia Big Data em parceria com o site BR18 mostra que 53% dos entrevistados avaliam que o presidente Jair Bolsonaro não deveria indicar o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) para o cargo de embaixador do Brasil em Washington.

Questionados sobre essa possibilidade, que tem sido frequentemente repetida pelo presidente, 53% discordam, 33% concordam e 13% não sabem opinar.

O levantamento foi realizado por pulso telefônico no dia 17 de julho com 2.222 pessoas. Dessas, 43% disseram que a indicação é compatível com nepotismo, 38% discordam dessa avaliação e 19% não opinaram.

Quanto ao apoio que a possível nomeação tem recebido de aliados de Bolsonaro que acreditam que Eduardo, por ser filho do presidente, teria mais acesso ao governo dos Estados Unidos e capacidade de conseguir melhores negociações para o Brasil, 50% não concordam com esse ponto de vista, 39% concordam e 11% não souberam opinar.

O presidente já trata com confiança a indicação do filho para a representação diplomática nos EUA, o mais cobiçado e de maior prestígio no Itamaraty.

Na sexta-feira passada (12), ele disse achar muito difícil que o governo americano recuse a indicação de Eduardo Bolsonaro. O presidente afirmou que o filho irá para "trabalhar" e ser uma "vitrine" para o Brasil.

"Ele vai ser vitrine. Acha que eu ia botar uma pessoa que não tivesse competência para exercer uma nobre missão, como essa? O meu filho está indo para trabalhar nos EUA, ele tem um relacionamento com vários países", afirmou.

Um dia antes, durante uma transmissão ao vivo feita em uma rede social, Bolsonaro foi categórico: "Pretendo beneficiar filho meu, sim. Se eu puder dar um filé mignon 'pro' meu filho, eu dou, mas não tem nada a ver com o filé mignon essa história aí. É aprofundar o relacionamento com a maior potência do mundo." As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.P

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

NOVA DEBANDADA?

Mais um técnico da área de Orçamento da Economia deixa cargo e expõe novo desgaste na equipe de Paulo Guedes

O movimento de saída é comum no último ano de governo, mas agora tem ocorrido mais cedo, ainda no primeiro mês de 2022

BARRADAS NO BAILE

Madero e ISH Tech cancelam planos de IPO, elevando para 12 número de desistências na B3 neste ano; veja o que atrapalha as ofertas

E esse número pode crescer ainda mais, pois a Corsan também deve adiar sua oferta em breve. Por enquanto, restam 20 candidatas à estreia na B3

OPERAÇÃO COMPLEXA

Superintendência do Cade dá sinal verde para compra do Big pelo Carrefour, mas prescreve remédios para evitar concentração; entenda

O órgão prevê medidas estruturais e comportamentais para mitigar os problemas concorrenciais identificados durante a análise da operação

Mercados Hoje

Ibovespa tenta se manter em alta em dia negativo em NY e de grande cautela com expectativa em relação ao Fed

Dia é bastante negativo em Wall Street e especialmente na Europa, com temor de invasão da Rússia à Ucrânia e reunião do Fed na quarta-feira

Novo serviço

Saiba se você tem algum dinheiro ‘esquecido’ para receber do banco

O Banco Central disponibilizou serviço para que cidadãos e empresas consultem se têm saldos “esquecidos” em bancos ou valores a receber de devoluções ou cobranças indevidas

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies