Menu
2019-04-04T14:41:28-03:00
Estadão Conteúdo
210 mil veículos por ano

Hyundai anuncia investimentos de R$ 125 milhões em Piracicaba

De acordo com a empresa, o investimento será aplicado em melhorias nas operações e aquisição de novos equipamentos de alta tecnologia

11 de março de 2019
15:05 - atualizado às 14:41
hyundai
Enquanto concorrentes pensam em fechar fábricas, Hyundai anuncia investimentos - Imagem: Shutterstock

A Hyundai Motor Brasil anunciou nesta segunda-feira, 11, investimentos de R$ 125 milhões para ampliar a capacidade produtiva da fábrica em Piracicaba, interior de São Paulo, de 180 mil unidades ao ano para 210 mil.

O grupo já opera em três turnos de trabalho desde 2013 e manterá seu quadro atual de 2,7 mil funcionários.

No ano passado, com trabalho 24 horas nos cinco dias úteis da semana e horas extras aos sábados, a empresa conseguiu produzir volume recorde de 193 mil veículos. Agora, com a melhora do processo produtivo, será possível ampliar a capacidade em 30 mil unidades sem novas contratações.

O investimento será aplicado em melhorias nas operações e aquisição de novos equipamentos de alta tecnologia, inclusive robôs.

Em nota, o presidente da Hyundai Brasil, Eduardo Jin, afirma que a fábrica passou por diversas melhorias, principalmente nas estruturas de solda, pintura e montagem. "O volume adicional de 30 mil veículos vai atender prioritariamente o mercado brasileiro, respondendo às expectativas de crescimento do mercado brasileiro". Segundo o executivo, com essa ampliação a marca "poderá manter sua participação de mercado ao longo do ano."

A fábrica produz os modelos HB20 - terceiro carro mais vendido no País atualmente - e o utilitário-esportivo (SUV) Creta.

Por não ter capacidade de atender a demanda, a Hyundai vinha reduzindo sua participação no mercado , que em 2016 chegou a 10% e a colocou como quarta maior marca em vendas no Brasil. No primeiro bimestre deste ano ela ficou em sétimo lugar no ranking, com 7,5% de participação no mercado de automóveis e comerciais leves e vendas de 28,7 mil veículos.

Desde a inauguração da fábrica, em 2012, inicialmente com capacidade para 150 mil carros ao ano, o grupo já havia investido US$ 830 milhões.

O novo aporte ocorre num momento em que a Ford anuncia o fechamento de sua fábrica de São Bernardo do Campo, no ABC paulista, e a General Motors negocia corte de custos com governos, trabalhadores e fornecedores para manter investimentos no País.

Ambas são grandes concorrentes da marca coreana.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

Entrevista

‘Desemprego alto e déficit público nos deixam cautelosos’, diz presidente da Whirlpool

CEO da fabricante das marcas Consul e Brastemp diz estar cauteloso para investir em produção e em relação à sustentabilidade da demanda, por conta de desemprego e da situação fiscal

Mercadores da noite

Bolsa, dólar e juros subindo: qual dos três está mentindo?

Quando a Bolsa, o dólar e as taxas de juros estão subindo ao mesmo tempo, um dos três está mentindo – qual deles será e o que fazer?

Infraestrutura

Novo marco legal para ferrovias vai a votação no Senado na próxima semana

Legislação promete organizar regras do setor e permitir novos formatos para a atração de investimentos privados

Telecomunicações

Operadoras cobram transparência do governo na definição da tecnologia 5G

Teles se dizem preocupadas com as “incertezas” relativas ao processo, depois de governo sinalizar banimento da chinesa Huawei

Recorde

Estrangeiros põem R$ 30 bilhões na bolsa brasileira em novembro

Trata-se de recorde de entrada de recursos estrangeiros em um mês, impulsionado pela migração de recursos para bolsas emergentes; movimento por aqui, porém, pode ser passageiro

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies