Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2019-04-03T09:14:16-03:00
Estadão Conteúdo
Venezuela

EUA anunciam sanções contra petroleira PDVSA para pressionar governo Maduro

Governo anunciou bloqueio de US$ 7 bilhões em ativos e que US$ 11 bilhões em exportações devem ser perdidos pela Venezuela, com as sanções

29 de janeiro de 2019
7:21 - atualizado às 9:14
TRUMP E MADURO
Montagem de Donald Trump, presidente dos EUA, e Nicolas Maduro, presidente da Venezuela - Imagem: Shutterstock

O governo dos Estados Unidos impôs nesta segunda-feira sanções contra a petroleira estatal PdVSA, da Venezuela, como forma de pressionar o governo do presidente Nicolás Maduro e apoiar o autoproclamado presidente interino, Juan Guaidó. A administração do presidente Donald Trump afirmou pretender que o controle da PdVSA saia das mãos de Maduro para as de Guaidó.

O governo americano informou que serão bloqueados US$ 7 bilhões em ativos e que US$ 11 bilhões em exportações devem ser perdidos pela Venezuela, com as sanções. De acordo com o secretário do Tesouro, Steven Mnuchin, a medida busca evitar o desvio de ativos da Venezuela para Maduro e preservá-los para a população local.

"O caminho para um alívio nas sanções para a PdVSA passa pela transferência rápida de controle para o presidente interino ou um governo subsequente, eleito democraticamente", afirmou a autoridade. "Apoiamos Juan Guaidó em sua busca pela volta da democracia na Venezuela", disse Mnuchin. Na semana passada, Guaidó, presidente da Assembleia Nacional, afirmou que Maduro era um "usurpador" e deveria deixar o posto.

Mnuchin argumentou que as refinarias dos EUA já tomaram medidas anteriormente para reduzir as importações da Venezuela. Segundo ele, as sanções adotadas hoje devem ter "efeito mínimo" nas refinarias dos EUA. Além disso, deve haver algumas licenças especiais para autorizar certas transações de petróleo com a PdVSA, explicou.

De acordo com Mnuchin, o preço da gasolina nos EUA não deve sofrer alterações por causa da medida. Questionado sobre os preços do petróleo, ele argumentou que a commodity reflete neste momento o quadro na oferta e a demanda. Ainda segundo o governo americano, os ativos da Citgo nos EUA continuarão a operar normalmente. A Citgo America é uma subsidiária da venezuelana PdVSA.

Também presente na entrevista coletiva do governo, o Conselheiro de Segurança Nacional, John Bolton, destacou que a economia venezuelana está "em estado de colapso", com milhões de refugiados para a região. Segundo Bolton, o presidente já havia deixado claro que "todas as opções estão sobre a mesa" para lidar com o quadro na Venezuela.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

Virou o jogo

Arezzo (ARZZ3) pode subir 30% com compra da Reserva e novas aquisições

Os analistas do banco de investimentos estão mais confiantes no potencial de lucro da empresa e elevaram também o preço-alvo dos papéis

unicórnio latino

Plataforma de venda de carros usados Kavak se torna a segunda startup mais valiosa da América Latina

Empresa foi avaliada em US$ 8,7 bilhões, após nova rodada de aportes liderada pelo fundo de venture capital General Catalyst

Oportunidades

Ditadura, crise de 2008 e tragédia do governo Dilma: nada venceu a Bolsa no longo prazo; conheça 7 ações promissoras diante da queda do Ibovespa

É tolice cair no desespero de vender ações na baixa do Ibov, afinal, histórico da Bolsa mostra que nenhuma crise venceu a bolsa no longo prazo; dito isso, o Seu Dinheiro apresenta para você oportunidades que você deve ficar de olho

Estável, mas...

O que mexe com o preço do bitcoin (BTC) hoje: criptomoedas sentem cautela, mas China pode ajudar mercado após caso Evergrande; entenda

A decisão sobre retirada de estímulos da economia pode afetar as criptomoedas, mas o dinheiro pode vir da China, com o caso Evergrande

Destaques da bolsa

Siderúrgicas e mineradoras puxam alta da bolsa e sobem forte após disparada de 16% no minério de ferro; confira

Depois de cair 8% no início da semana, o minério de ferro disparou no porto de Qingdao, na China e mexeu com as ações do setor na bolsa

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies