Menu
2019-06-04T14:47:16-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
A bola com o mercado

Conselho de Política Energética aprova resolução para fomentar livre concorrência em abastecimento

Objetivo da proposta é estimular a entrada de novos agentes econômicos e as consequentes atração de investimentos e geração de empregos

4 de junho de 2019
14:47
energia
Energia - Imagem: Shutterstock

O Conselho Nacional de Política Energética (CNPE) aprovou nesta terça-feira, 4, em reunião extraordinária, resolução para fomentar a livre concorrência na atividade de abastecimento de combustível no Brasil, informou nesta data o Ministério das Minas e Energia (MME). Segundo o comunicado, "o objetivo é estimular a entrada de novos agentes econômicos e as consequentes atração de investimentos e geração de empregos".

Na resolução, ficou estabelecido que os órgãos envolvidos - além do MME, o Ministério da Economia e a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) - providenciem, em até 180 dias, estudos para viabilizar a demanda aprovada.

O Ministério da Economia estudará a implementação da cobrança monofásica de tributos. Conforme antecipado pelo Broadcast em maio, a medida atinge principalmente a cadeia de etanol hidratado, cuja cobrança é feita na distribuidora e em usinas. "Reforça-se que, para a venda direta de etanol, faz-se necessária a aprovação de lei que estabeleça a monofasia tributária federal", informou o comunicado.

Segundo a resolução do CNPE, o MME fará estudos sobre modelos de negócios e arranjos societários entre agentes regulados para subsidiar a formulação de medidas com o objetivo de ampliar a competitividade do setor.

"Caberá também ao MME, em articulação com os órgãos pertinentes, o combate à sonegação e à adulteração de combustíveis, práticas que distorcem a concorrência no setor".

A ANP concluirá os processos de tomada pública de contribuição (TPC) sobre as atividades de distribuição e de revenda de combustíveis no País. A agência terá um prazo adicional de até 240 dias para avaliar outros temas relativos ao abastecimento de combustíveis não mencionados nas TPC.

*Com Estadão Conteúdo.

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

coronavírus no brasil

Brasil passa da marca de 1,5 milhão de casos confirmados de covid-19

Do total de infectados até o momento, 868.372 já se recuperaram

ministro da Economia

Presidente está determinado a seguir em frente com reformas, diz Guedes

Guedes voltou a traçar um prognóstico positivo para a recuperação da atividade econômica após o momento mais dramático dos efeitos da pandemia do novo coronavírus

seu dinheiro na sua noite

Aqui, ali, em qualquer lugar

Os protestos surgiram logo no primeiro dia da quarentena aqui em casa. O André, meu filho mais velho, reclamou de tédio, e não demorou até ganhar a adesão da Helena. A situação se acalmou depois que a escola adotou as aulas virtuais. Mas com as férias a partir desta semana já começo a temer por novas “manifestações”. […]

gigante estatal

Petrobras aguarda autorização da ANP para avançar com diesel vegetal

A Petrobras está em fase final de desenvolvimento da tecnologia que permitirá a produção de óleo diesel de origem vegetal em suas refinarias, afirmou o diretor de Relacionamento Institucional da estatal, Roberto Ardenghy

Semana positiva

Ibovespa sobe mais de 3% na semana e dólar cai a R$ 5,31; dados positivos se sobrepõem à cautela

Indicadores econômicos mais fortes no mundo, somados a novas injeções de recursos pelos BCs e governos, levaram o Ibovespa às máximas em quase um mês e permitiram um alívio no dólar à vista

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements