Menu
2019-08-26T13:27:38-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
subiu o tom

Espero que os brasileiros tenham um presidente à altura do cargo, diz Macron

Presidente da França também anunciou que os países do G-7 concordaram em liberar 20 milhões de euros para a Amazônia

26 de agosto de 2019
10:12 - atualizado às 13:27
Macron
"Penso que as mulheres brasileiras devem ter vergonha de ouvir isso do próprio presidente", afirmou o presidente Macron. - Imagem: Shutterstock

O presidente da França, Emmanuel Macron, disse nesta segunda-feira, 26, esperar que os brasileiros "venham a ter um presidente que se comporte à altura" do cargo.

Ao mesmo tempo, ele anunciou que os países do G-7 concordaram em liberar 20 milhões de euros para a Amazônia, segundo a BBC.

A declaração do chefe de estado francês, em entrevista coletiva na cúpula do G7, soma-se a uma escalada de tensão com o governo Brasileiro. Na semana passada, Macron chamou a atenção para as queimadas na Amazônia e disse que pautaria o assunto na reunião do G-7.

Desde então, tem havido uma série de críticas por parte de integrantes do governo brasileiro nas redes sociais. Hoje, o presidente Jair Bolsonaro voltou a criticar o chefe do Executivo francês.

"Não podemos aceitar que um presidente, Macron, dispare ataques descabidos e gratuitos à Amazônia, nem que disfarce suas intenções atrás da ideia de uma 'aliança' dos países do G-7 para 'salvar' a Amazônia, como se fôssemos uma colônia ou uma terra de ninguém", postou no Twitter.

Nesse final de semana, o Bolsonaro demonstrou apoio a um comentário machista de um seguidor da sua página no Facebook. A mensagem do usuário comparava as primeiras-damas do Brasil e da França.

"Entende agora por que Macron persegue Bolsonaro?" O perfil oficial do mandatário brasileiro respondeu "Não humilha cara (sic)".

Nesta segunda-feira, Macron foi questionado sobre a reação de Bolsonaro. "É triste. É triste. Mas é triste, antes de mais nada, para os brasileiros", disse o presidente da França.

"Penso que as mulheres brasileiras devem ter vergonha de ouvir isso do próprio presidente", afirmou.

*Com Estadão Conteúdo 

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

Após vacinação e apoio fiscal

Economia dos EUA está “em ponto de inflexão” positivo, diz Powell, do Fed

Economia norte-americana está prestes a começar a crescer muito mais rapidamente, afirmou presidente do banco central norte-americano em entrevista

nos estados unidos

Remuneração de CEOs cresceu em meio à pandemia

Recuperação do mercado de ações impulsionou ganhos de executivos em 2020, que tiveram remuneração média de US$ 13,7 mi no período

Após estremecimentos

China quer parceria estratégia com Brasil, diz chanceler asiático

Chanceler chinês, Wang Yi, falou com o novo ministro das Relações Exteriores do Brasil, Carlos Alberto Franco França.

entrevista

Bittar reafirma que Guedes sabia de acordo para destinar verba a emendas

Apontado como um dos artífices da “maquiagem” no Orçamento, o senador Marcio Bittar diz que não chegou sozinho ao valor de R$ 29 bilhões em emendas

Apesar da pandemia

Saúde perde espaço em emendas parlamentares

Números mostram estratégia dos parlamentares para destinar recursos para obras e projetos de interesse eleitoral em seus redutos

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies