Menu
2019-06-25T19:00:54-03:00
Eduardo Campos
Eduardo Campos
Jornalista formado pela Universidade Metodista de São Paulo e Master In Business Economics (Ceabe) pela FGV. Cobre mercado financeiro desde 2003, com passagens pelo InvestNews/Gazeta Mercantil e Valor Econômico cobrindo mercados de juros, câmbio e bolsa de valores. Há 6 anos em Brasília, cobre Banco Central e Ministério da Fazenda.
Câmbio

Banco Central fará nova oferta de dólar ao mercado na quarta-feira

Leilão de linha de dólar com compromisso de recompra será feito pela manhã no valor de até US$ 1 bilhão. Nesta terça-feira, BC já tinha atuado no mercado

25 de junho de 2019
19:00
dólar
Imagem: Shutterstock

O Banco Central (BC) chamou mais um leilão de linha de dólar com compromisso de recompra. A operação será realizada por volta das 10h20 na quarta-feira, no valor de US$ 1 bilhão.

Nesta terça-feira, o BC anunciou e na sequência realizou um leilão de linha, também no valor de US$ 1 bilhão. A atuação, segundo o próprio BC foi para sanar “disfuncionalidade” do mercado que opera com menor liquidez.

A sazonalidade de fim de trimestre também explica as atuações, pois nesses períodos há maior demanda por moeda à vista para eventuais remessas para fora do país. Também temos concentração de vencimentos de compromissos financeiros.

Já falamos que o próprio BC enxerga essa “seca” de dólares como um fenômeno estrutural, reflexo da redução de gastos públicos, da taxa de juros e de mudanças no mercado de crédito local. As empresas e bancos estão fazendo o pagamento antecipado de dívidas tomadas no exterior e trocando os financiamentos por operações em moeda local.

Nos leilões de linha o BC “empresta” os dólares das reservas internacionais que terão de ser devolvidos posteriormente. Na operação a ser realizada amanhã, os dólares terão de voltar ao BC em agosto.

Na semana passada, o BC tinha feito a rolagem de US$ 3,375 bilhões em leilões de linha que venceriam no começo de julho. Foram feitas duas operações de US$ 2 bilhões cada, postergando o vencimento para outubro e dezembro. O total de linhas em aberto está na casa dos US$ 10 bilhões.

O dólar comercial encerrou o dia negociado a R$ 3,852, com alta de 0,65%.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

ainda ruim

Taxa de desemprego bate novo recorde no 3º trimestre

Desocupação sobe para 14,6% no trimestre encerrado em setembro, mas fica abaixo da mediana de estimativas

Nova tendência?

‘Efeito Grupo Mateus’ faz bancos de investimento colocarem o pé na estrada

Essa ida ao interior do Brasil deve trazer não só empresas grandes como o Mateus, mas empresas menores, que podem ser beneficiadas com uma nova abertura do mercado brasileiro para ofertas desse tipo

tá barato?

Fleury anuncia programa de recompra de até 3 milhões de ações

Recompra de ações é uma tática frequentemente utilizada por gestões que acreditam que os seus papéis estão valendo menos do que realmente deveriam

reação

Wiz institui comitê para investigar denúncias de fraudes e desvios

Sede da corretora de seguros foi alvo de operação da Polícia Federal que investiga organização criminosa

PREÇOS EM ALTA

IGP-M sobe 3,28% em novembro e fica acima das estimativas

Índice referência para reajuste de contratos de aluguel acelera ante leitura de outubro e acumula alta de 21,97% no ano, diz FGV

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies