🔴 ESTA CRIPTOMOEDA DISPAROU 4.200% EM 2 DIAS – VEJA SE VALE INVESTIR

Estadão Conteúdo
O mundo está mudando

CPFL diz que setor de distribuição se prepara para novas demandas de energia

Presidente da empresa, Gustavo Estrella, disse que o desafio é preparar a estrutura para as alternativas energéticas

Estadão Conteúdo
30 de janeiro de 2019
18:35 - atualizado às 10:43

O presidente da CPFL, Gustavo Estrella, defendeu que a questão regulatória é o grande desafio hoje para o avanço da geração distribuída (GD) no País. "O arcabouço do setor não está preparado para receber um volume expressivo de GD", disse o executivo, destacando a participação importante dos painéis solares neste segmento, mas não exclusivamente.

Ainda conforme o executivo, o carro elétrico e geração distribuída são tendências muito claras. "O preço do carro elétrico vai baixar e a tendência é de que não em muito tempo vamos ver uma grande quantidade de carros elétricos", disse, durante evento do Credit Suisse, nesta quarta-feira. De acordo com o executivo, a estimativa é de, em 2030, termos já 2 milhões de carros elétricos no país - porcentual ainda pequeno frente à frota estimada hoje entre 40 milhões e 50 milhões.

O executivo disse que o desafio agora para o setor de distribuição de energia é preparar sua estrutura para a nova demanda. "Como que a gente recebe essa carga adicional de energia que é usada de uma forma descentralizada?", disse. De maneira geral, Estrella disse que a rede da CPFL já suportaria o crescimento da demanda projetado em 80% das suas instalações.

O gerente executivo de Estratégia da Petrobras, Rodrigo Costa, apontou o carro elétrico como uma tendência, mas que deve ser bem mais lenta no Brasil do que no restante do mundo. "O País fez uma escolha clara pelo biocombustível. Isso coloca uma escolha bem clara que o País fez em termos de mobilidade. Quando a gente olha esse espaço para veículos elétricos é entre 14% da frota em 2030, 2040, em uma frota total de veículos que pode chegar até a 80 milhões", disse.

Eólica

Estrella defendeu que o segmento renovável de energia eólica não precisa mais de subsídios do governo para se manter competitivo no País. "Fonte eólica não precisa mais de subsídio. Ela já está consolidada. Quanto menos subsídios, mais o mercado tem espaço para agir", defendeu, durante o evento.

De acordo com o executivo, no passado, tais subsídios eram fundamentais para o negócio. "Se você não conseguisse ter uma linha no BNDES para participar de um leilão de renovável, você nem aparecia no leilão. Isso está mudando", disse, defendendo que o preço do serviço deve começar a se encaixar na nova realidade. De acordo com Estrella, quando o governo coloca todos os players do mercado em um lugar e assume que eles têm riscos diferentes, distorções são criadas.

Compartilhe

ATENÇÃO, ACIONISTA

CPFL Energia (CPFE3) vai pagar R$ 400 milhões em dividendos na próxima semana; veja quem tem direito aos proventos

7 de junho de 2022 - 17:34

Serão distribuídos R$ 0,347145549 por ação na terça-feira (14); o montante faz parte da primeira parcela dos proventos anunciados pela empresa em abril

CARTEIRA CHEIA

CPFL Energia (CPFE3) adiantará pagamento de mais de R$ 1 bilhão em dividendos para a próxima semana; veja quem tem direito à bolada

5 de maio de 2022 - 18:42

A companhia do setor de energia havia divididos os proventos em duas parcelas iguais, mas decidiu antecipar parte de uma delas

FESTA DOS PROVENTOS

Sextou com mais de R$ 7 bilhões em dividendos: CPFL Energia (CPFE3) puxa fila com R$ 3,7 bilhões; confira quais outras empresas anunciaram proventos

29 de abril de 2022 - 19:08

Outro destaque da noite foi a Cemig (CMIG4), que depositará mais de R$ 1 bilhão na conta dos cotistas

ACENDEU E APAGOU

Itaú BBA vê bons dividendos para CPFL (CPFE3), mas é cauteloso com outra gigante do setor; saiba qual ação foi cortada e por quê

13 de abril de 2022 - 13:44

Avaliações atraentes, proteção contra inflação e fluxo de caixa resiliente são alguns dos pontos que justificam a visão positiva do banco de investimentos para as utilities, mas nem todas as empresas desfrutarão desse cenário

Critérios ESG

EDP, Renner, Telefônica, CPFL e Natura lideram índice de sustentabilidade da B3

30 de janeiro de 2022 - 13:32

A bolsa anunciou em 2021 as novas regras para o ISE, de modo a atender aos requisitos dos investidores preocupados com as temáticas ESG

ACIONISTAS EM FESTA

Farra dos dividendos: CPFL, Weg, Rede D’Or, Movida e Odontoprev anunciam R$ 622,6 milhões em proventos; veja até quando dá para garantir a bolada

14 de dezembro de 2021 - 19:26

As empresas detalharam, em comunicados enviados à CVM, o valor por ação, data de corte e quando o dinheiro deverá cair na conta dos acionistas

PAPAI NOEL NA B3

CPFL Energia (CPFE3) pagará R$ 1,5 bilhão em dividendos antes do Natal; parte da grana ainda pode ser sua

2 de dezembro de 2021 - 18:51

Parte do valor corresponde à última fatia dos R$ 1,7 bilhões em proventos anunciados em agosto e divididos em três parcelas

Três vezes sem juros

CPFL Energia (CPFE3) parcela pagamento de R$ 1,7 bilhão em dividendos; primeira fatia cai na conta dos acionista ainda neste mês

18 de outubro de 2021 - 19:21

O pagamento das primeiras duas prestações está marcado para os dias 22 de outubro e 16 de novembro, enquanto a terceira e última fatia cairá na conta dos acionistas até 31 de dezembro

destaque do dia

Ações da CPFL (CPFE3) lideram altas do Ibovespa, após anúncio de dividendos e lucro em dobro

13 de agosto de 2021 - 16:05

Companhia com sede em Campinas (SP) registrou lucro líquido de R$ 1,12 bilhão e voltou a pagar proventos

Lance certo

CPFL Energia vence leilão de privatização da CEEE-T, do Rio Grande do Sul, com oferta de R$ 2,6 bilhões

16 de julho de 2021 - 16:56

A conclusão da aquisição ainda depende da conclusão dos trâmites legais, mas, segundo a empresa, deve acontecer a partir de outubro de 2021

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar