Menu
Vinícius Pinheiro
O melhor do Seu Dinheiro
Vinícius Pinheiro
2019-12-26T15:51:49-03:00
Seu Dinheiro na sua manhã

No radar: sprint final na bolsa e na economia e uma ação para comprar

Uma seleção de notícias feita por Vinícius Pinheiro sobre tudo o que vai mexer com os seus investimentos nesta quinta-feira

26 de dezembro de 2019
9:00 - atualizado às 15:51
O Melhor do Seu Dinheiro; investimentos
Imagem: Andrei Morais/Seu Dinheiro

Depois de dois dias, os investidores voltam aos negócios na bolsa para os últimos três pregões de 2019. Será que teremos um “sprint final” no rali de dezembro?

Pelo menos do lado da economia, bancos e consultorias indicam que o quarto trimestre será o mais forte desde o início da crise.

Por falar em ritmo forte, o Alexandre Mastrocinque fez uma análise especial para os leitores do SD Premium sobre uma empresa na bolsa que deu uma de suas grandes tacadas em 2019.

O que você precisa saber hoje:

Mercados

O ritmo na bolsa já é de Réveillon e os investidores se preparam para calibrar os investimentos pensando na virada do ano. Assim como na segunda-feira, o dia deve ser de menor volume de negócios, mas a expectativa para o tal rali de fim de ano ainda está em alta.

Investimentos

Para quem busca energia renovada antes de 2020, nosso colunista Alexandre Mastrocinque trouxe para você uma recomendação de uma ação do setor elétrico que anda cheia de energia. O texto é exclusivo para os leitores do SD Premium.

• O Natal já passou, mas o Magazine Luiza ainda tem presentes para os seus acionistas. A empresa de varejo aprovou o pagamento de juros sobre capital próprio e deve desembolsar um valor bruto de R$ 58 milhões.

Empresas

A Natura está pronta para incorporar as operações da Avon após concluir a maior e mais emblemática aquisição de sua história. E a empresa entrará no jogo da sustentabilidade, uma das grandes marcas da Natura, afirmou o presidente do conselho do grupo, em entrevista ao Estadão.

• A Caixa Econômica Federal concluiu o aumento na participação acionária no Banco Pan. O processo se deu pela compra de ações do BTG Pactual, como parte de um acordo entre os sócios das instituições financeiras.

Política e Economia

A economia brasileira deve entrar em 2020 com um gás extra diante da expectativa de que o PIB cresça até 0,8% no último trimestre na comparação com os três meses anteriores. Se esses números se concretizarem, será o melhor fim de ano desde o início da crise.

O ex-presidente da Petrobras José Sérgio Gabrielli teve a aposentadoria cassada pela Controladoria-Geral da União. Ele chefiou a estatal entre 2005 e 2012, durante os governos dos ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff.

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

coronavírus no país

Covid-19: Brasil tem 1,2 mil novas mortes e 60 mil novos casos

Até o momento, 2.356.640 pessoas se recuperaram da doença

seu dinheiro na sua noite

A questão de Bolsonaro: ser ou não ser liberal

Ser ou não ser liberal. Eis a questão de Jair Bolsonaro. O presidente foi eleito com uma pauta de defesa das reformas, redução do tamanho do Estado e equilíbrio das contas públicas. O fiador desse discurso foi Paulo Guedes, que assumiu o comando da economia. O receituário foi seguido no primeiro ano de mandato, com […]

de olho nos números

Suzano, JBS, B3, Cyrela, Lojas Americanas, B2W, Hering: os balanços que vão mexer com o mercado nesta sexta

Balanços do segundo trimestre devem guiar os negócios no Ibovespa no último pregão da semana

Balanço

B3 tem lucro 28,9% maior no 2º trimestre e aumenta investimento para dar conta do volume da bolsa

A dona da bolsa brasileira registrou lucro líquido recorrente de R$ 1,012 bilhão e pretende investir até R$ 425 milhões em sistemas e novos produtos para o mercado

confiança com capitalização

Para presidente da Eletrobras, saída de Mattar não prejudica privatização

O presidente da Eletrobras, Wilson Ferreira Junior, disse nesta quinta-feira, 13, que a saída do secretário especial de Desestatização, Salim Mattar, não irá prejudicar a capitalização da empresa prevista para o ano que vem, e que confia que após debates com o Congresso Nacional, o processo seja aprovado

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu