Menu
2019-09-06T18:12:03-03:00
Fernando Pivetti
Fernando Pivetti
Jornalista formado pela Universidade de São Paulo (USP). Foi repórter setorista de Banco Central no Poder360, em Brasília, redator no site EXAME e colaborou com o blog de investimentos Arena do Pavini.
Finanças inteligentes

Os cinco segredos para ficar rico sem precisar abrir mão do seu cafezinho

Autor do best-seller “I will teach you to be rich”, Ramit Sethi, conta que os R$ 5 ou R$ 10 que você gasta todos os dias não fazem a diferença para te tornar rico

6 de setembro de 2019
14:39 - atualizado às 18:12
jornal leitura
Pessoa lê jornal e toma café - Imagem: Shutterstock

Você já deve ter ouvido falar na estratégia do 'rico sem café'. Muita gente por aí acredita que o segredo para alcançar o tão sonhado patamar financeiro confortável é cortando o café que se toma pela manhã. Sinto desapontar, mas talvez você esteja sacrificando um dos maiores prazeres do dia-a-dia (pelo menos para mim é) em prol de uma estratégia errada.

O autor do best-seller "I will teach you to be rich" (Eu vou te ensinar a ficar rico), Ramit Sethi, contou em entrevista ao site Business Insider nesta semana que, embora seja crucial para o seu patrimônio reduzir gastos com aquelas coisas que não agregam valor, os R$ 2 ou R$ 5 que você gasta no Starbucks, na máquina de cappuccino ou nas cápsulas de Nespresso não farão de você um milionário.

Quando o assunto é economizar, Sethi acredita nas 'grandes vitórias' em detrimento dos pequenos sacrifícios. Explico: você deve focar em uma pequena lista de grandes coisas a serem feitas em suas finanças e abandonar de vez essa história de cortar o café.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter

Trouxe para você algumas das dicas que Ramit Sethi dá para quem quer de fato se tornar rico. As informações foram publicadas pela Business Insider.

1. Trace destinos para o seu dinheiro

O primeiro grande passo a ser dado é automatizar ao máximo suas finanças. Retire uma porcentagem fixa do seu salário para a aposentadoria (pode ser 10%, 20%, 30%) e finja que esse dinheiro nunca existiu e nunca existirá.

Feito isso, coloque todas as suas dívidas imediatas em débito automático e as que não forem possíveis quite-as o quanto antes. Uma pessoa livre dos altos juros consegue planejar melhor o destino da própria renda. Tudo o que sobrar poderá ser gasto com o que você quiser.

2. Invista

Essa é talvez a lição mais importante de Ramit Sethi. Segundo ele, se você está preocupado em talvez perder dinheiro, você já está perdendo dinheiro. Esqueça essa história de empurrar a hora de começar a investir com a barriga porque quanto mais tempo você espera, mais o dinheiro debaixo do colchão se desvaloriza.

E aqui os ensinamentos de Sethi casam muito bem com o que falamos no Seu Dinheiro. Você não precisa ser um expert do mercado financeiro e saber sobre todas as opções de aplicação. A maioria das pessoas começa com pequenos passos, garantindo a aposentadoria, e com o tempo vai ganhando confiança e conhecimento para se aventurar por aí.

Se você está perdido e não sabe por onde começar, a Julia Wiltgen preparou este material com 10 dicas para quem quer investir sem ter trabalho.

3. Poupe dinheiro para grandes metas de vida

Todo mundo tem aquele sonho pessoal. Seja uma grande viagem ou a casa própria, esse também é um item importante para quem deseja ficar rico. Sethi fala que você pode criar uma carteira paralela e exclusiva para um grande objetivo. Além de motivador, isso te ajuda a manter seus gastos organizados.

4. Priorize dívidas com juros altos

Pagar juros é sem dúvidas a maneira mais fácil (e dolorosa) de desperdiçar dinheiro. Quanto mais você se dedica ao pagamento de dívidas, menos dinheiro sobra para investir. E nesse jogo, o especialista em investimentos aconselha a priorizar os débitos mais caros caso haja mais de um.

Outra coisa importante é sempre manter total controle dos dias de vencimento de cada dívida. Isso vai te ajudar a traçar um plano de longo prazo e evitar que você fique com a corda no pescoço.

5. Mantenha sua pontuação de crédito alta

Essa nem sempre é uma tarefa fácil, mas deve ser encarada como prioridade. Manter o controle de seu crédito é crucial, uma vez que essa pode ser uma alternativa importante para gerar riqueza em momentos como a hora de contratar um financiamento imobiliário.

Na prática, boas notas de crédito se revertem em juros mais baixos e condições mais vantajosas de negócio. E para conseguir esse objetivo, pagar dívidas no prazo é o principal plano de ação.

A ideia pode não fazer muito sentido para o Brasil neste momento. De fato, o conceito de pontuação de crédito até agora era algo mais restrito ao mercado norte-americano. Só que a aprovação do projeto do Cadastro Positivo pelo Congresso deve mudar essa jogada, com a efetiva inclusão de uma nota para cada brasileiro efetuar negócios e tomar crédito.

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

Parceiros

Brasil fecha acordo de cooperação técnica com a Alemanha na agricultura

A ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, assinou um acordo de cooperação com a Alemanha para o desenvolvimento do setor — a parceria durará, ao menos, três anos

APOSENTE-SE AOS 40 OU O QUANTO ANTES

3 Erros que vão ATRASAR sua aposentadoria

Aproveitando o clima de começo de ano, em que listas e regras para alcançar objetivos se proliferam mais rápido que o mosquito da dengue, decidi dar a minha contribuição numa lista diferente.

Enxugando

Bancos públicos devem acelerar vendas de ativos em 2020

Juntos, Caixa Econômica Federal, Banco do Brasil e BNDES devem vender, só no primeiro semestre de 2020, mais de R$ 60 bilhões em ativos

Obras a todo vapor

A economia brasileira segue patinando, mas o setor de construção dá sinais de força

O segmento de construção continua aquecido, com a retomada nos lançamentos e um crescimento no volume de vendas. E as prévias operacionais da Helbor, Direcional e MRV dão suporte ao otimismo do mercado

Aval do presidente

Bolsonaro aprova fundo eleitoral de R$ 2 bilhões em orçamento para 2020

O presidente Jair Bolsonaro aprovou a inclusão do fundo eleitoral no Orçamento do governo de 2020 — um mecanismo que prevê gastos de R$ 2 bilhões para as campanhas das eleições municipais

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

MAIS LIDAS: Bolha? Que bolha?

A matéria que discute uma suposta bolha nos fundos imobiliários foi a mais lida desta semana. Oi, aposentadoria e bolsa também estiveram entre os assuntos de destaque

Em busca de investidores

Guedes vai a Davos para ‘vender’ o Brasil

O ministro da Economia, Paulo Guedes, será a principal autoridade brasileira no Fórum Econômico Mundial, em Davos, na Suíça

LIÇÕES DO PAI RICO, PAI POBRE

Ganhando bem, mas longe de ser rico?

Robert Kiyosaki, autor do best seller Pai Rico, Pai Pobre, escreve aos sábados sobre suas lições de finanças

DE OLHO NOS EMPRÉSTIMOS

BNDES aprova empréstimos a exportações de Embraer, Marcopolo, Mercedes e Scania

A maior das operações foi para a fabricante de aviões Embraer, que tomou empréstimo de US$ 285 milhões para financiar a exportação de 11 aeronaves modelo E175 para a American Airlines, nos Estados Unidos

FUNDOS DE PENSÃO

Assessores de Guedes e mais 28 viram réus por rombo em fundos de pensão

“O Ministério Público Federal produziu e apresentou a este Juízo peça acusatória formalmente apta, acompanhada de vasto material probatório, contendo a descrição pormenorizada contra todos os denunciados”, anotou Vallisney.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements