Menu
2019-10-24T15:23:55-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
no topo do topo

Bilionários Bill Gates e Jorge Paulo Lemann são os mais populares entre brasileiros; confira ranking

Entre janeiro e setembro, o nome de cada bilionário foi pesquisado mais de 600 mil vezes na internet, segundo levantamento da Semrush

24 de outubro de 2019
13:39 - atualizado às 15:23
Bill Gates
Bill Gates, fundador da MicrosoftImagem: Shutterstock

O fundador da Microsoft, Bill Gates, e o sócio do 3G Capital, Jorge Paulo Lemann, são os bilionários mais populares entre os brasileiros, segundo levantamento da plataforma Semrush. A pesquisa leva em conta as personalidades afortunadas mais pesquisadas na internet entre janeiro e setembro deste ano.

Segundo o levantamento, Gates - cujo patrimônio é de US$ 96,5 bilhões, segundo ranking de 2019 da Forbes - recebeu 806 mil pesquisas pelos brasileiros em mecanismos de busca como Google, Yahoo e Bing. Enquanto isso, o brasileiro Lemann registrou 673 mil pesquisas por seu nome.

Empatado com o sócio do 3G Capital está o bilionário Jeff Bezos - o CEO da Amazon lidera na lista dos mais ricos em 2019, segundo a Forbes. Sua fortuna é avaliada em US$ 131 bilhões e seu nome é pesquisado, em média, 75 mil vezes por mês na web pelos brasileiros.

Em quarto lugar do ranking entre os bilionários mais buscados está Warren Buffett. Aos 88 anos, o americano já recebeu, no período de janeiro a setembro, 464 mil buscas na internet.

Buffett é considerado o investidor mais bem sucedido do século XX. Na carteira de investimentos do bilionário há companhias como a American Express, Coca-Cola, Wells Fargo, Bank of America e Apple.

  • Confira a série especial Rota do Bilhão, que conta a trajetória dos 10 homens mais ricos do mundo. Quem são? Como vivem? Como ficaram bilionários? E que lições você pode aprender com eles? Veja todas as histórias neste link.

Mais bilionários brazucas

Após Warren Buffett na lista de bilionários mais populares aparece um dos cinco fundadores do Facebook, Eduardo Saverin - cujo patrimônio é estimado em US$ 10 bilhões, segundo a Forbes. O brasileiro foi pesquisado 188 mil vezes na internet, no período apurado.

O sexto lugar é ocupado por Abílio Diniz, que em 1950 lançou o primeiro Pão de Açúcar, além de ser sócio de gigantes varejistas como a Casas Bahia. O empresário recebeu 142 mil buscas realizadas pelos brasileiros durante esse ano.

Já o sétimo lugar do ranking de bilionários aponta Joseph Safra, com 124 mil buscas por seu nome. O fundador do Banco Safra tem patrimônio estimado em R$ 95 bilhões, segundo o último levantamento da revista Forbes em setembro.

Em oitavo lugar, Larry Page recebeu 76,2 mil pesquisas realizadas na internet. Com fortuna estimada em US$ 50,8 bilhões, o executivo criou, em 1998, o Google. Larry Page é considerado o décimo homem mais rico do mundo.

Segundo o ranking da Semrush, Joesley Batista é o nono bilionário mais pesquisado da internet pelos brasileiros - com 75 mil buscas entre janeiro e setembro. Ele comanda a JSB ao lado de seu irmão Wesley Batista e foi pivô de um escândalo no governo de Michel Temer, em 2017. Neste ano, seu patrimônio líquido está avaliado em R$ 14,8 bilhões.

O décimo lugar entre os bilionários mais populares da web ficou para Bernard Arnault, diz a Semrush. Ele é um empresário francês e dono do maior grupo de luxo do mundo, a Louis Vuitton Moët Hennessy (LVMH).

A fortuna estimada dele é de U$ 76 bilhões. O magnata recebeu 54,3 mil pesquisas na web de brasileiros interessados em saber mais a respeito da personalidade.

Confira a lista de bilionários mais populares entre os brasileiros

  1. Bill Gates - 806 mil
  2. Jorge Paulo Lemann - 673 mil
  3. Jeff Bezos - 673 mil
  4. Warren Buffett - 464 mil
  5. Eduardo Saverin - 188 mil
  6. Abilio Diniz - 142 mil
  7. Joseph Safra - 124 mil
  8. Larry Page - 76,2 mil
  9. Joesley Batista - 75 mil
  10. Bernard Arnault - 54,3 mil
Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

Entrevista exclusiva

O presidente da Mastercard diz como você vai pagar suas compras após a pandemia

Além do aumento do uso de meios eletrônicos nas compras, João Pedro Paro Neto aposta na consolidação dos pagamentos por aproximação e menor uso do dinheiro de papel

Exclusivo SD Premium

“Ground Stop”: É hora de se aventurar nas ações do setor aéreo?

Imagine, caro amigo leitor, o quanto não está custando a atual paralisação provocada pelo surto da Covid-19 para os setores aeronáutico e aeroportuário em todo o mundo. Cem bilhões? Duzentos bilhões? Trezentos bilhões? Um trilhão?

Reflexos da pandemia

Com coronavírus, lucro do Iguatemi cai 77,5% no 1º tri, para R$ 12,5 milhões

Operadora de shopping centers viu queda nas vendas, na receita líquida e no Ebitda com fechamento da maioria das lojas no fim de março por conta da pandemia

Atualização do Ministério da Saúde

Brasil tem 391.222 casos confirmados e 24.512 mortes pelo coronavírus

Segundo Ministério da Saúde, 158.593 pacientes foram recuperados

Projeto de ajuda a Estados

Bolsonaro diz não poder mais socorrer Estados e insiste na reabertura da economia

“Nós não podemos continuar socorrendo Estados e municípios que devem no meu entender de forma racional começar a abrir o mercado”, afirmou

seu dinheiro na sua noite

Magalu à prova de coronavírus

No último dia 18 de março, o Ibovespa amargou uma queda de 10,35%, depois de passar pela sexta vez no mês por um circuit breaker – a paralisação que acontece toda vez que o principal índice da bolsa cai mais de 10% durante um pregão. Nesse mesmo dia, as ações do Magazine Luiza registraram uma […]

Condição para socorro financeiro

MP que concede reajuste salarial a policiais e bombeiros no DF é publicada

Hoje, o presidente Jair Bolsonaro disse que deve sancionar o projeto de socorro a Estados e municípios até amanhã; edição de medida provisória era uma das condições para a sanção

Energia elétrica

Aneel retira de pauta reajuste da Cemig e prorroga vigência de tarifas atuais

Com isso, as tarifas atuais serão prorrogadas até 30 de junho

Pessimismo aumenta

IIF passa a prever que PIB do Brasil terá contração de 6,9% em 2020

Em relatório divulgado nesta terça-feira, 26, a instituição explica que a crise terá efeitos duradouros para o País

Mais alívio no câmbio

R$ 5,35: com uma ajuda do exterior, o dólar zerou os ganhos no mês e virou para queda

O clima tranquilo visto nos mercados globais abriu espaço para mais uma queda no dólar à vista — a sexta nas últimas sete sessões. Com isso, a moeda americana voltou aos níveis do fim de abril, afastando-se cada vez mais do patamar dos R$ 6,00

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements