Menu
2019-10-01T17:16:27-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
A gigante não para

Os produtos que a Apple deve lançar até o fim de 2019; confira a lista

Na lista de promessas para o mercado estão MacBooks e um serviço de streaming próprio

1 de outubro de 2019
14:08 - atualizado às 17:16
Apple
Imagem: Shutterstock

Podemos já ter chegado em outubro, mas 2019 está longe de acabar. Pelo menos para a Apple. A gigante de tecnologia, que acabou de lançar seus novos modelos de iPhone, iPad e AirPods, tem grandes planos até dezembro e promete não dar trégua para seus fãs.

E se engana quem pensa que os novos produtos devem ser coisa pequena. Na lista de promessas da empresa estão MacBooks, um serviço de streaming próprio e (mais) um AirPod.

O site Business Insider reuniu uma lista das novidades que o mundo "tech" espera da companhia de Tim Cook até dezembro. Confira os detalhes de cada uma delas.

iPad Pro

Não, não se trata de um produto totalmente novo. A Apple na realidade planeja atualizar os modelos de tablets que foram lançados no fim do ano passado. Mas, embora pareçam muito com os seus antecessores, os novos iPads devem trazer melhores câmeras e processadores mais rápidos.

A ideia de uma nova geração de tablets vem sendo alimentada desde o lançamento do iPad Air e do iPad mini no início de 2019. A data para que os novos modelos sejam apresentados ainda não é 100% definida.

iPad Pro 2018
iPad Pro 2018 - Imagem: Shutterstock

MacBook Pro

Essa deve ser uma das cerejas do bolo em 2019 e motivos não faltam para isso. Com 16 polegadas de tela, o novo MacBook Pro acabou virando ao mesmo tempo uma grande promessa e expectativa. O laptop deve contar com molduras mais finas para as telas, o que deve permitir que o equipamento ganhe espaço de tela sem necessariamente ficar maior no tamanho geral.

Esse deve ser o maior laptop que a Apple oferece desde o MacBook Pro de 2011, que contava com 17 polegadas.

MacBook Pro

Apple TV Plus

Em tempos de Netflix e Disney+, o serviço de streaming da Apple vem fazendo barulho. O produto, que estreia em 1º de novembro, vai contar com uma programação premium, incluindo nomes como Steven Spielberg e Oprah Winfrey, além de programas como "The Morning Show", estrelado por Reese Witherspoon, Steve Carell e Jennifer Aniston, e "See", estrelado por Jason Momoa.

A Apple já deu alguns detalhes de como tudo isso vai funcionar. A assinatura custará US$ 5 por mês, e a empresa oferecerá uma avaliação de sete dias. A companhia também oferece gratuitamente um ano do Apple TV+ para quem compra um iPhone, iPad, Mac, iPod touch ou Apple TV.

Apple TV+

Mac Pro

Menina dos olhos de qualquer fã, os Macs devem ganhar uma nova geração em 2019. Em junho, a Apple chegou a apresentar o novo Mac Pro, o primeiro da linha desde 2013, e ele veio cercado de potência e design. O preço da tecnologia de ponta, no entanto, será salgado: a partir de US$ 6 mil.

(Mais) AirPods

Parece que foi ontem que a Apple lançou novos AirPods. E foi mesmo. Em março deste ano a empresa de Tim Cook lançou a segunda geração de seus fones sem fio, mas parece que já tem planos de lançar uma nova. Os especialistas em tecnologia esperam que os novos pares de AirPods venham resistentes à água e estejam nas lojas até o começo do próximo ano.

AirPods

*Com informações da Business Insider.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

Títulos públicos

Tesouro Direto tem emissão líquida recorde de R$ 1,57 bilhão em abril

Com a emissão recorde, o estoque do programa fechou abril em R$ 60,24 bilhões, um aumento de 3,1% em relação ao mês anterior (R$ 58,44 bilhões)

Em meio à pandemia

56,6 milhões de brasileiros já receberam auxílio emergencial, diz Caixa

Todos receberam o pagamento da primeira parcela do benefício, no valor total de R$ 39,9 bilhões, enquanto 44,2 milhões de brasileiros também já receberam a segunda parcela, em um total de R$ 30,9 bilhões

Em pronunciamento

Em pronunciamento, Maia faz convite à “pacificação dos espíritos”

Sem citar as crises institucionais do Executivo ou mesmo chefes de outros Poderes, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, fez um pronunciamento nesta terça-feira

Renda imobiliária

Vitreo lança primeira carteira de fundos imobiliários e quer captar R$ 100 milhões

Após colocar em operação sua distribuidora de valores no início de maio, a Vitreo lança sua primeira carteira administrada composta de diferentes fundos imobiliários

Esperanças para o fim da crise

Conheça três dos principais estudos que buscam uma vacina contra o coronavírus – e que mexem com o mercado

Notícias do avanço de pesquisas sobre vacinas contra o coronavírus costumam impactar o mercado, que espera ansiosamente por uma solução que permita uma retomada das economias

Coronavírus na estatal

Petrobras tem 181 empregados com covid-19 e 510 recuperados, diz MME

A empresa não registra nenhum óbito entre os seus contratados, segundo o MME

De mãos dadas

Ministros militares agora negociam com o Centrão

Partiu do general reformado Augusto Heleno Ribeiro, o atual ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), na convenção do PSL que confirmou a candidatura de Jair Bolsonaro ao Planalto em julho de 2018, um dos mais duros ataques ao Centrão. Agora, andam de mãos dadas

ENERGIA

Aneel propõe empréstimo de R$ 15,4 bi a elétricas para evitar tarifaço

O financiamento visa cobrir custos gerados pela crise da covid-19 no setor elétrico e evitar um reajuste médio imediato de cerca de 12% no meio da pandemia.

em meio à crise

Governo pretende gastar R$ 44 mil com esteira ergométrica para Mourão

Justificativa para a procura é que o Palácio do Jaburu não tem aparelho “minimamente adequado” e que atenda aos “princípios da ergonomia e biomecânica”

dados do bc

Despesas de brasileiros no exterior foram as menores para abril desde 1999

Gastos de estrangeiros no País também caíram de forma dramática e somaram US$ 113 milhões em abril, o pior resultado para o mês de 1997

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements