💸 Você pode receber R$ 120 para investir; veja como solicitar o depósito aqui

Cotações por TradingView
2019-04-20T14:20:08-03:00
Eduardo Campos
Eduardo Campos
Jornalista formado pela Universidade Metodista de São Paulo e Master In Business Economics (Ceabe) pela FGV. Cobre mercado financeiro desde 2003, com passagens pelo InvestNews/Gazeta Mercantil e Valor Econômico cobrindo mercados de juros, câmbio e bolsa de valores. Há 6 anos em Brasília, cobre Banco Central e Ministério da Fazenda.
Secretário do Tesouro Nacional

Mansueto critica aumento de salário ao funcionalismo público

Secretário se referia ao fato de que, mesmo com país passando por recessão, carreiras públicas tiveram aumento de salário nos últimos quatro anos

27 de fevereiro de 2019
15:58 - atualizado às 14:20
Mansueto Almeida, secretário do Tesouro Nacional
Secretário afirmou ainda que o crescimento de despesa com pessoal é “extremamente grave” nos EstadosImagem: Gustavo Raniere

Para o secretário do Tesouro Nacional, Mansueto Almeida, os reajustes de salários concedidos ao funcionalismo público “terão de ser controlados”.

Mansueto apresenta o resultado do Tesouro e voltou a afirmar que sem controle das despesas obrigatórias não há como se fazer um equilíbrio fiscal. Entre esses gastos, o secretário chamou atenção para os gastos com pessoal (ativos e inativos) que subiram 0,5 ponto do Produto Interno Bruto (PIB) nos últimos quatro anos.

De acordo com Mansueto, esse crescimento de despesa está ligado aos aumentos salariais concedidos aos “funcionários públicos das carreiras mais bem pagas”, nos anos de 2016, 2017,2018 e 2019. O reajuste médio anual foi de 5,5% em termos nominais.

Esse percentual de 0,5 ponto do PIB, lembrou Mansueto, é quase tudo que o governo federal investe por ano.

O secretário afirmou ainda que o crescimento de despesa com pessoal é “extremamente grave” nos Estados. Ele também criticou o fato de governantes que estão saindo poderem deixar aumentos de salários contratos para que o novo eleito arque com o seu pagamento.

A Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) veda aumento de salários nos últimos seis meses de governo, mas não proíbe o chamado aumento parcelado ao longo de diferentes anos. Para o secretário, o aumento teria de ser circunscrito ao mandato do governante.

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

PREVISÃO DE CÉU ABERTO

Após tempestade perfeita, ações da Embraer (EMBR3) têm potencial de alta de até 159%, diz JP Morgan

6 de dezembro de 2022 - 13:19

O banco prevê um cenário macroeconômico mais difícil em 2023, mas espera que os resultados do quarto trimestre deste ano sejam suficientes para levantar voo e melhorar as receitas da companhia

O TAMANHO DO ROMBO

Lula pede licença para gastar R$ 175 bilhões fora do teto por 2 anos; confira os detalhes da PEC da Transição

6 de dezembro de 2022 - 13:07

Texto do senador Alexandre Silveira também destrava R$ 23 bilhões para Bolsonaro pagar despesas e liberar emendas, mas deixa rombo de R$ 198 bilhões

HORA DE ENCHER O TANQUE?

Petrobras (PETR4) corta o preço da gasolina e do diesel — veja quanto caiu e quando a redução chega aos postos de combustíveis

6 de dezembro de 2022 - 12:57

Segundo a companhia, a nova redução acompanha a evolução dos preços de refêrencia e é coerente com a prática de preços da estatal

PROMOÇÃO EM CRIPTO

Goldman Sachs quer aproveitar inverno das criptomoedas para ir às compras — e FTX aumentou o número de barganhas; entenda

6 de dezembro de 2022 - 12:33

Dos juros altos nos Estados Unidos até a falência da FTX, 2022 abriu uma janela de oportunidades que o banco quer aproveitar

Arriba!

Nubank começa a oferecer conta rendeira no México e anuncia capitalização de US$ 330 milhões na operação no país

6 de dezembro de 2022 - 11:09

Estratégia do Nubank no México segue o mesmo roteiro que foi empregado no Brasil: primeiro lançou cartão de crédito e, depois, conta rendeira

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies