Menu
2019-04-03T09:24:42-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Pouso forçado

Após inadmissibilidade no Novo Mercado, Gol reitera que continuará plano de incorporação da Smiles

Aérea disse que continuará plano de reestruturação societária anunciado em meados de outubro e não abrirá mão da incorporação da empresa de fidelidade

18 de dezembro de 2018
7:52 - atualizado às 9:24
Avião Gol
Imagem: shutterstock

A Gol não vai desistir de chegar ao Novo Mercado da B3 e seguirá comprometido com os planos de incorporação de seu programa de fidelidade Smiles. Ao menos é isso que a companhia nessa segunda-feira, 17, após uma comissão da B3 ter decidido pela "inadmissibilidade" a essa categoria da B3.

"A imposição apresentada não causa nenhum impacto no interesse da Gol na realização do take in", disse a aérea, em nota.

Esse passo, assim como a incorporação da Smiles, integrava o plano de reestruturação societária da Gol anunciado em meados de outubro.

A companhia vem estudando uma nova estrutura para a operação, considerando também as mudanças no limite de capital estrangeiro em aéreas brasileiras contidas da medida provisória assinada pelo governo federal na semana passada.

Em fato relevante divulgado nesta madrugada, a Gol diz avaliar positivamente o novo cenário para o setor aéreo no país, já que "potencializa a criação de valor aos acionistas da companhia, ao autorizar o controle não brasileiro da Gol".

Na primeira proposta de reorganização societária, comunicada ao mercado em outubro, a aérea havia montada uma complexa estrutura para unir os objetivos de incorporar a Smiles e migrar para o Novo Mercado, ao mesmo tempo em que mantinha a GLA (empresa operacional) dentro da antiga restrição de 20% ao capital estrangeiro em aéreas brasileiras.

Voo cancelado

Em fato relevante ontem, a aérea disse que a Comissão de Listagem da Câmara Consultiva de Emissores e Estruturadores de Ofertas da B3 decidiu pela inadmissibilidade da migração da empresa para o Novo Mercado.

A empresa disse ainda que continuará avaliando "à luz do novo cenário do setor aéreo brasileiro", com a MP que libera até 100% do capital estrangeiro em companhias aéreas, "opções adicionais disponíveis para implementação da potencial incorporação da Smiles Fidelidade".

*Com Estadão Conteúdo 

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

seu dinheiro na sua noite

Fidelidade em baixa com a pandemia

Não, não estou falando da fidelidade entre casais. Até porque, por mais que a convivência excessiva em família na quarentena tenha abalado alguns casamentos, o momento não anda muito propício às puladas de cerca. Estou falando do setor de fidelidade, que abarca as empresas de programas de pontos e milhagem, sobretudo aqueles ligados às companhias […]

Empresa ligada à Vale

Justiça aprova pedido de Recuperação Judicial da Samarco

RJ não terá impacto nas atividades operacionais da mineradora, nem nas ações de reparação e compensação pela tragédia de Mariana

FECHAMENTO

Ibovespa ignora tensão em Brasília e NY no vermelho e avança 1%; dólar também sobe

Enquanto as blue chips garantiram o bom desempenho do Ibovespa, o dólar avançou 0,84%, pressionado pelo noticiário em Brasília

Exaltou integração

Presidente do Banco Central não enxerga competição entre bancos e fintechs

Segundo Campos Neto, a integração entre as mídias sociais e o sistema financeiro é maior inovação que existe no momento

Menos pontos e milhas

Setor de empresas de fidelidade encolhe quase 30% em 2020

O segmento de fidelidade movimentou R$ 5,3 bilhões em 2020, segundo a Associação Brasileira das Empresas do Mercado de Fidelização (ABEMF)

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies