Menu
2018-10-01T09:04:40-03:00
Luis Ottoni
Luis Ottoni
Jornalista formado pela Universidade Mackenzie e pós-graduando em negócios pela Fundação Getúlio Vargas. Atuou nas editorias de economia nos portais G1, da Rede Globo, e iG.
Relação Instável

EUA desistem de ‘excluir’ Canadá de novo Nafta

Retomada de laços deve favorecer indústrias automobilísticas e de lacticínios

1 de outubro de 2018
6:38 - atualizado às 9:04
Nafta
Presidente dos EUA, Donald Trump, ataca acordo desde sua corrida eleitoral em 2016 - Imagem: shutterstock

Os Estados Unidos chegaram a um acordo com o Canadá para manter o país no Tratado Norte-Americano de Livre Comércio (Nafta), que também inclui o México. O anúncio foi realizado na madrugada desta segunda-feira, 1º.

A reformulação do acordo deve beneficiar ambas nações, com Washington facilitando o acesso dos americanos a laticínios canadenses. Por outro lado, o Canadá deve ter sua indústria automobilística protegida com os EUA diminuindo tarifas sobre esses bens, segundo o New York Times.

Em seu twitter, o primeiro-ministro canadense, Justin Trudeau, disse que esse "era um bom dia para o Canadá e seus parceiros comerciais".

Incerto

Desde sua campanha eleitoral, o presidente norte-americano, Donald Trump, vem criticando o acordo. No mês passado, Trump disse que o Canadá ficaria fora do acordo de livre comércio pois o NAFTA "era um dos piores acordos comerciais já realizados" e que Washington perdeu "milhares de negócios e milhões de empregos".

Sob pressão

Os países estavam sob pressão para fechar uma nova versão do acordo até o domingo para, então, compartilhar o texto com o México. Agora o documento deve ser assinado pelo presidente mexicano, Enrique Peña Nieto antes que ele deixe o cargo, no final de novembro.

*Com Estadão Conteúdo

 

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

Proposta não agradou

Renda Cidadã: Bolsonaro nega desejar reeleição e diz estar aberto a sugestões

O presidente ressaltou que suas ações buscam soluções para a economia em 2021 e voltou a criticar a política de isolamento adotada no combate à pandemia da covid-19

Mercado agora

Ibovespa abre em queda e dólar sobe com temor de pedalada e calote

Cautela também prevalece no exterior com expectativa em torno do primeiro debate entre os principais candidatos à presidência dos EUA

Exile on Wall Street

Como perder uma eleição? A Dominância Fiscal

Com pedalada fiscal e, na prática, rompimento do teto de gastos de forma desorganizada e sem colocar uma outra âncora fiscal no horizonte, os agentes econômicos passam a desconfiar da capacidade de o Brasil arcar com seus compromissos financeiros.

INFLAÇÃO DO ALUGUEL

IGP-M tem maior alta mensal desde novembro de 2002

Nos 12 meses encerrados em setembro, índice acumula alta de 17,94%, a maior taxa desde setembro de 2003

risco fiscal

Nova pedalada? Por que o Renda Cidadã provoca medo no mercado

Mercado é tomado pela aversão ao risco, com os investidores preocupados com manobras criativas do governo; veja por que a proposta é vista como pedalada

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements