Menu
2019-08-26T16:45:17+00:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Parceiro da Europa

Maia adota tom de conciliação em meio às tensões entre Bolsonaro e o presidente da França

Declarações favoráveis do presidente da Câmara em relação à Europa ocorrem em um momento de bate boca entre Jair Bolsonaro e Emmanuel Macron

26 de agosto de 2019
15:21 - atualizado às 16:45
Maia
Rodrigo Maia - Imagem: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM), disse nesta segunda-feira, 26, para uma plateia de empresários franceses "que muitas das instituições brasileiras foram criadas com base no modelo francês".

A declaração de Maia foi feita durante almoço oferecido pela Câmara de Comércio França-Brasil (CCFB), em São Paulo, no momento em que os presidentes do Brasil, Jair Bolsonaro, e da França, Emmanuel Macron, batem boca em torno do incêndio que consome parte da Floresta Amazônica.

No início de sua fala, Maia arrancou gargalhadas dos presentes ao agradecer o convite da CCFB e dizer "só não sei se dei sorte na data". Maia disse que Brasil e França são tradicionais parceiros econômicos e que a França é o 21º principal cliente externo.

Em Brasília, antes de embarcar para a capital paulista, o deputado falou com os jornalistas e tentou minimizar uma possível crise entre o Brasil e países da União Europeia e seus impactos sobre o acordo comercial entre Mercosul e o bloco europeu.

Segundo Maia, Macron teria ficado isolado no bate-boca com o presidente brasileiro, graças aos demais líderes do G7, que reunidos no último sábado na França teriam colocado um freio na discussão.

Grandes parceiros

Maia também afirmou que a União Europeia é o maior investidor estrangeiro no Mercosul e que está certo de que este "mal-estar momentâneo será superado".

De acordo com ele, se o Brasil quiser trilhar o caminho do desenvolvimento precisará cultivar a cooperação com os europeus. O parlamentar voltou a frisar que a Câmara resolveu criar a Comissão para Mudanças Climáticas.

Maia enfatizou e defendeu a importância do Acordo de Paris para a preservação do meio ambiente. "Buscaremos ser mais ativos na diplomacia parlamentar. O Brasil não pode ser refém do radicalismo ideológico", alfinetou o presidente da Câmara, para quem "não podemos tratar parceiros internacionais como ameaça".

O presidente da Câmara disse que o Brasil não pode regredir para o modelo de desenvolvimento econômico dos anos 1960 e que o meio ambiente não pode ser devastado sob a justificativa do desenvolvimento regional da Amazônia.

"O capital em defesa do meio ambiente de respeito e credibilidade será defendido", disse o presidente da Câmara. No momento, os dois países que mais contribuem financeiramente para o Fundo da Amazônia - Noruega e Alemanha - suspenderam suas doações por entenderem que o governo brasileiro não tem se empenhado para defender a floresta amazônica.

"Não há nenhum interesse do Brasil em atacar o acordo de Paris, que nos beneficia", disse o deputado sob aplausos dos empresários franceses.

O erro de Bolsonaro

Maia também apontou que a narrativa mal construída de Bolsonaro acaba gerando uma sinalização ruim. De acordo com Maia, nem é a intenção do presidente criar os mal-entendidos e que isso fica claro em conversas que mantém com o mandatário, como ocorreu no último sábado.

O curioso, de acordo com o presidente da Câmara, é que desmatamentos ocorrem, normalmente, quando a economia está em crescimento. "Desmatamento ocorre com economia em alta. Então, não é com economia parada", avaliou.

Maia disse ainda para os empresários franceses que mantenham a confiança na ratificação do acordo entre o Mercosul e a União Europeia.

Por outro lado, Maia também não poupou os europeus de críticas. Para ele, diversos países que se sentem ameaçados pelo agronegócio brasileiro usam argumentos ambientais para rebater a eficiência do setor. "Como nação que concentra a Amazônia, temos responsabilidade de protegê-la. Temos o dever de agir de modo responsável e sustentável em relação da Amazônia", disse.

*Com Estadão Conteúdo.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

Olho na Vale

Polícia apresentará em breve acusações criminais por Brumadinho, diz fonte

Autoridades devem acusar formalmente entre oito e 12 pessoas pelo crime de falsa representação na primeira de uma série de acusações

Seu Dinheiro na sua noite

Sobre a bolsa, datas e fatos relevantes

No dia 17 de setembro de 2010, o Ibovespa fechou aos 67.089 pontos, em queda de 0,85%. Me arrisco a dizer que nada muito digno de nota tenha acontecido nesse pregão específico da bolsa. Mas para mim ocorreu um fato mais do que relevante: o nascimento da minha filha mais nova. Voltei à redação dias […]

Fica pra próxima

Sem acordo, senadores recuam em projeto que beneficiaria partidos

Relator da proposta no Senado, Weverton Rocha (PDT-MA), retirou todos os demais trechos do texto em uma nova versão de seu parecer

Linha VIP

Bradesco e Itaú preparam crédito imobiliário ajustado pelo IPCA para endinheirado

Bancos privados correm atrás da concorrente Caixa Econômica Federal, que ofereceu a modalidade para o público em geral

Grana solta

Onyx anuncia liberação de R$ 8,3 bilhões em recursos do Orçamento

Informações do ministro mostram que, do total desbloqueado, R$ 1,9 bilhão ficará para a Educação

De olho nas cotações

Preocupações com a alta do petróleo diminuem após declarações de ministro saudita

O ministro de Energia da Arábia Saudita, Abdulaziz bin Salman, afirmou que a oferta do petróleo voltou ao nível visto antes do ataque

Leilão em outubro

17 empresas se inscrevem para 16ª rodada de petróleo, diz ANP

Entre as inscritas, 15 são estrangeiras. Na 16ª Rodada de Licitações, vão ser oferecidos 36 blocos de pós-sal

De olho nos bons modelos

Por que Elon Musk acha que a Tesla tem que ser mais parecida com a Amazon?

Em uma ligação, Musk sugeriu que a Amazon não sobreviveria se utilizasse um modelo de entregas similar ao que a Tesla utiliza

boas novas

Desde lançamento, 20% dos financiamentos pela Caixa foram IPCA, diz CEO da Tecnisa

Linha de crédito atualizada pela inflação vale para imóveis residenciais enquadrados no Sistema Financeiro da Habitação (SFH) e no Sistema Financeiro Imobiliários (SFI)

Dicas valiosas

5 coisas que os ultrarricos estão fazendo (e que você deveria fazer) para proteger seu patrimônio

Pauta de uma recessão financeira entrou de vez na lista de grandes especialistas e proteger o seu patrimônio deve ser uma de suas prioridades

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements