Menu
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Queda de 41,9% na comparação anual

Cesp tem prejuízo líquido de R$ 102 milhões no 3º trimestre

Em nove meses neste ano, a estatal paulista acumula ganhos de R$ 235,18 milhões

14 de novembro de 2018
19:33
Prejuízo da companhia recuou mais de 40% em relação ao 3º trimestre de 2017 - Imagem: Shutterstock

A Companhia Energética de São Paulo (Cesp) fechou o terceiro trimestre deste ano com prejuízo líquido de R$ 102,08 milhões, montante 41,9% menor em relação à perda de R$ 175,847 milhões anotada em igual etapa do ano passado. Em nove meses, a estatal paulista acumulou ganhos de R$ 235,18 milhões, revertendo a perda de R$ 36,492 milhões anotadas de janeiro a setembro de 2017.

A geração de caixa medida pelo Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ficou negativa em R$ 66,864 milhões no terceiro trimestre, menor que os R$ 132,59 milhões negativos registrados no mesmo período do exercício anterior. No acumulado do ano até setembro, o indicador somou R$ 440,38 milhões, 128,6% acima dos R$ 192,6 milhões reportados nos primeiros nove meses de 2017.

Considerando as provisões para riscos legais, que somaram R$ 92 milhões no terceiro trimestre, o Ebitda ajustado ficou positivo em R$ 25,14 milhões, revertendo os R$ 66,3 milhões negativos de um ano antes. A margem Ebitda ajustado cresceu 24 pontos porcentuais, para 5,7%.

A receita operacional líquida da Cesp no terceiro trimestre somou R$ 440,6 milhões, crescimento de 21,5% ante igual período do ano passado. De janeiro a setembro, a expansão acumulada é de 13,3%, para R$ 1,226 bilhão.

O resultado financeiro da companhia foi negativo em R$ 11,7 milhões entre julho e setembro, ante os R$ 26,097 milhões dos mesmos meses do ano passado. No período, as receitas financeiras diminuíram 36,7%, para R$ 34,028 milhões, enquanto as despesas financeiras recuaram 37,4%, para R$ 13,9 milhões. Já as variações monetárias e cambiais aumentaram 490,6%, para R$ 31,8 milhões negativos.

*Com Estadão Conteúdo.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Comentários
Leia também
Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu