Menu
2019-06-07T18:48:38+00:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Falou demais

CEO da Tesla, Elon Musk fecha acordo com CVM dos EUA para colocar um revisor em seus tuítes

Decisão promete acabar com as várias polêmicas em que o executivo se meteu nos últimos tempos ao usar sua conta pessoal no Twitter

29 de abril de 2019
16:08 - atualizado às 18:48
Elon Musk, CEO da Tesla
Elon Musk, CEO da Tesla - Imagem: Wikimedia Commons

Depois de muitas dores de cabeça envolvendo negócios de peso, o CEO e fundador da Tesla, Elon Musk, fechou um acordo na semana passada com a Comissão de Valores dos EUA (SEC, em inglês) para colocar limites em seus próprios tuítes.

A decisão promete acabar com as várias polêmicas que Musk se meteu nos últimos tempos ao usar sua conta no Twitter para soltar informações-chave sobre os negócios da Tesla.

No acordo, o executivo ficará livre para postar o que bem entender nas redes sociais, exceto quando o assunto for Tesla. Nesses casos, a publicação deverá passar pelo aval de um representante jurídico da companhia antes de ir ao ar.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter

Entre os casos barrados estão:

  • informações sobre a condição financeira da empresa, fusões, aquisições ou joint ventures;
  • números de produção, vendas ou entrega;
  • dados sobre linhas de negócios da Tesla;
  • projeção, previsão ou números de estimativas referentes aos negócios da empresa que não foram publicados anteriormente na orientação oficial;
  • eventos relativos aos valores mobiliários da empresa
  • decisões legais ou regulamentares não públicas;
  • qualquer evento que requeira a apresentação de um Formulário 8-K;
  • informações sobre mudanças na diretoria da Tesla.

Uma história de cabeçadas

O embate entre a SEC e Musk começou lá atrás, depois depois que o executivo tuitou, em 7 de agosto de 2018, que tinha "financiamento garantido" para uma aquisição privada da empresa por US$ 420 por ação.

Na ocasião, a SEC apresentou uma queixa alegando que Musk havia cometido fraude de valores mobiliários. Processos também foram movidos por vários investidores, que afirmavam que seus os tuítes influenciaram artificialmente as ações da empresa, já que o executivo é o maior investidor.

Após a reclamação, Musk chegou a um acordo com a comissão. Nele, a Tesla pagaria uma multa de US$ 20 milhões e nomearia diretores independentes para o conselho, enquanto Musk também desembolsaria US$ 20 milhões e renunciaria ao cargo de presidente por um período de pelo menos três anos.

Mas a trégua durou pouco. Em 19 de fevereiro deste ano, Musk voltou a abrir o bico, afirmando que a Tesla produziria cerca de 500.000 carros este ano, corrigindo-se horas depois.

Para a SEC, o tuíte havia sido uma clara violação do acordo. Já Musk defendia a posição que sua publicação estava dentro da norma. O embate se sustentou por mais de dois meses, até que um novo acordo foi selado.

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

Objetivo muito distante

Maia diz ser ‘temerário’ falar em privatização da Petrobras até 2022

Presidente da Câmara ressaltou que, por ser a Petrobras uma empresa de capital aberto, o assunto da venda fica mais delicado

Mas e o prazo?

Jereissati diz que relatório da reforma da Previdência não será mais entregue nesta sexta-feira

Pelo cronograma inicial, o relatório seria lido na comissão na próxima quarta-feira, 28

Seu Dinheiro na sua noite

Quem manda é o lucro

Vermelho ou verde? Para facilitar a vida de míope mal curado, deixo sempre as duas cores bem berrantes na tela de cotações que fica a meu lado para saber rapidamente quando a bolsa e as principais ações do Ibovespa estão em alta ou em queda. Hoje foi o típico dia em que um único ponto […]

Ninguém segura!

Azul fecha acordo com aérea regional Asta e amplia operações em Mato Grosso

Focada em viagens ligadas ao agronegócio, a ASTA existe desde 1995 e, atualmente, opera onze voos diários no Mato Grosso

Falta gás

Apesar de espera positiva por FGTS, mercado de trabalho ainda trava ímpeto de compra

Analistas da FGV afirmam que o saldo positivo do Índice de Confiança do Consumidor em agosto deve ser encarado com certa cautela

Ninguém mexe!

Governo não cogita alterar meta fiscal, diz Ministério da Economia

Meta limita o déficit primário do governo para este ano a R$ 139 bilhões

Se deu bem

Conselho da Anatel aprova termo que troca multas contra a TIM por iniciativas de melhora de atendimento

Acordo prevê a troca de R$ 627 milhões em sanções por uma série de iniciativas que a companhia deverá assumir e colocar em prática

Em debate no Congresso

Campos Neto diz estar seguro que PL da autonomia do BC blindará a instituição e a UIF, ex-Coaf

Declarações foram feitas nesta manhã durante a posse do novo presidente da UIF, Ricardo Liáo

Tá difícil de acreditar

Confiança de micro e pequeno empresário cai 7,6% nos primeiros sete meses do ano

Para 53% dos pessimistas com a economia, são as incertezas políticas que justificam sentimento negativo

No meio do caminho tinha uma pedra

Relator da Previdência no Senado diz que indicação de Eduardo Bolsonaro para embaixada atrapalha tramitação da reforma

Indicação ainda não foi oficializada pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, pai do deputado

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements