Menu
2019-01-23T20:01:03+00:00
Vinícius Pinheiro
Vinícius Pinheiro
Formado em jornalismo, com MBA em Derivativos e Informações Econômico-Financeiras pela FIA. Trabalhou por 18 anos nas principais redações do país, como Agência Estado/Broadcast, Gazeta Mercantil e Valor Econômico. É coautor do ensaio “Plínio Marcos, a crônica dos que não têm voz" (Boitempo) e escreveu os romances “O Roteirista” (Rocco), “Abandonado” (Geração) e "Os Jogadores" (Planeta).
Plataformas de investimento

BTG recorre ao Tribunal de Justiça para derrubar liminar que impede abordagem a agente autônomo da XP

Para o banco, que abriu pela primeira vez os números de sua plataforma BTG Pactual Digital, decisão da Justiça de primeira instância que proíbe a abordagem de agentes autônomos ligados à XP limita sua capacidade de competir no mercado

23 de janeiro de 2019
18:00 - atualizado às 20:01
Justiça decisão dólares
Imagem: Shutterstock

Em mais um lance da batalha pelo mercado de plataformas de investimento, o BTG Pactual entrou com um agravo no Tribunal de Justiça para tentar derrubar a liminar que proíbe o banco de abordar os agentes autônomos ligados à XP Investimentos.

A decisão sobre o recurso será tomada pelo colegiado do Tribunal, depois de o desembargador Grava Brazil avaliar que não há um risco iminente de dano grave que justifique a pronta suspensão da liminar.

A XP obteve a decisão contra o banco no mês passado, sob a alegação de que a estratégia do BTG para atrair os agentes autônomos vinculados a ela inclui a troca de informações confidenciais dos clientes. Além do banco, a empresa processou dois escritórios de agentes autônomos que migraram para o rival.

A XP também argumentou que o BTG usou dados confidenciais da corretora no desenvolvimento de sua plataforma de investimentos. O acesso a essas informações teria ocorrido na época em que a corretora preparava a abertura de capital. O BTG foi contratado como um dos coordenadores da oferta de ações, que acabou cancelada depois da venda de 49,9% do capital para o Itaú Unibanco.

O BTG contestou a decisão do juiz Luis Felipe Ferrari Benendi e conseguiu reverter parcialmente a visão inicial do juiz. Ele reconheceu que não há elementos para comprovar que o banco tenha usado dados confidenciais para criar sua plataforma. Mas manteve a restrição da abordagem aos agentes autônomos da XP, ainda que eles possam negociar com o BTG, desde que seja por iniciativa própria.

'Aprisionados'

No agravo ao Tribunal de Justiça, o BTG argumenta que a decisão limita "de forma injusta e assimétrica" sua capacidade de competir no mercado contra concorrentes que não têm restrições, incluindo a própria XP.

O banco também defende que a liminar "aprisiona" os agentes autônomos à XP e prejudica o poder de escolha dos clientes entre diferentes plataformas de investimento.

A expectativa é que o agravo de instrumento com pedido de efeito suspensivo feito pelo BTG seja analisado em até 45 dias. A XP já teria apresentado uma resposta preliminar à corte. Eu procurei o banco e a corretora, mas eles preferiram não comentar o assunto.

Números do BTG

No recurso encaminhado ao Tribunal de Justiça, ao qual eu tive acesso, o banco abriu pela primeira vez os números de sua plataforma BTG Pactual Digital.

O banco informa que possui aproximadamente 50 mil clientes e R$ 3,25 bilhões sob custódia, além de contar com sete agentes autônomos exclusivos.

Para efeito de comparação, o banco apresenta os números da XP, que possui mais de 500 mil clientes e R$ 120 bilhões em custódia, com uma rede de 3,8 mil agentes autônomos.

Arena do Cade

O avanço no Judiciário acontece em paralelo à decisão do BTG de entrar com uma denúncia contra a XP no Cade, órgão de defesa da concorrência.

O banco acusa a XP de descumprir o acordo firmado com o Cade para aprovar a venda de 49,9% do capital para o Itaú Unibanco, em um negócio de R$ 6,3 bilhões. Mais especificamente, o compromisso da corretora de não firmar contratos de exclusividade com escritórios de agentes autônomos.

A XP diz que a denuncia é infundada e que se trata apenas de uma medida para ser usada na ação judicial depois que o banco não teve sucesso em derrubar a liminar na primeira instância.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

será que vai?

Guedes não mostrou proposta de privatização da Petrobras, diz Bolsonaro

Ontem, reportagem disse que o governo quer concluir a venda da estatal até 2022; as ações da Petrobras dispararam

mais um que passou

Câmara aprova projeto que permite posse de arma em toda a propriedade rural

Projeto segue para Bolsonaro sancionar ou vetar; regra atual diz que posse só é permitida na sede da propriedade

Bolsa

Ação da Telebras dispara com privatização no radar, mas não deveria

Com a alta de mais de 60% ontem na bolsa, o valor de mercado da Telebras na bolsa passou para mais de R$ 1,9 bilhão, mas os resultados da estatal nem de longe justificam toda essa euforia. E os minoritários ainda correm o risco de diluição

O paraíso dos especuladores

Você prefere ser um abutre rico ou um argentino quebrado?

A Argentina jamais se soergueu ao governo peronista. Tornou-se a pátria da inflação, dos choques heterodoxos, das reformas monetárias e das moratórias – e o paraíso dos especuladores.

Mercado entre estatais e BCs

Mercado fez a festa com notícia “requentada” sobre privatização de empresas estatais, mas agora aguarda ata do BCE e discurso em Jackson Hole

Com acordo

Senado aprova MP da liberdade econômica sem previsão de trabalho aos domingos

Governo preferiu recuar e concordar com a retirada da autorização para trabalho aos domingos para garantir a votação da medida a tempo

Seu Dinheiro na sua noite

Temporada de caça às estatais

Uma das críticas mais recorrentes ao governo nesse começo de gestão Bolsonaro foi a aposta de todas as fichas na reforma da Previdência. Durante os longos meses de tramitação da proposta na Câmara, o país ficou praticamente parado. O saldo do projeto aprovado pelos deputados e que agora está no Senado revelou-se até melhor do […]

Dinheirinho na mão

Saque do FGTS terá impacto mais importante na renda de Norte e Nordeste

Saques médios a serem liberados representam 21,5% da renda habitual média da região Nordeste, e 20,1% da renda habitual média do Norte

Um pente-fino

Quais são e como atuam as empresas que o governo pretende privatizar

Equipe econômica de Bolsonaro anunciou nesta quarta-feira as empresas que serão os novos alvos do governo nas privatizações do segundo semestre

Assunto que interessa

Câmara instala comissão especial para analisar novo marco legal para saneamento

Proposta será relatada pelo deputado Geninho Zuliani (DEM-SP) e o presidente do colegiado será o deputado Evair de Melo (PP-ES)

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements