Menu
2019-01-16T11:46:21+00:00
Vinícius Pinheiro
Vinícius Pinheiro
Formado em jornalismo, com MBA em Derivativos e Informações Econômico-Financeiras pela FIA. Trabalhou por 18 anos nas principais redações do país, como Agência Estado/Broadcast, Gazeta Mercantil e Valor Econômico. É coautor do ensaio “Plínio Marcos, a crônica dos que não têm voz" (Boitempo) e escreveu os romances “O Roteirista” (Rocco), “Abandonado” (Geração) e "Os Jogadores" (Planeta).
Briga judicial

XP Investimentos entra na Justiça contra agentes autônomos que migraram para o BTG

Entre os alvos da XP estão o escritório mineiro One e a Cordier, que tem sede em Sorocaba. Juntos, eles representam quase 2 mil clientes, que possuem R$ 1,650 bilhão em investimentos.

16 de janeiro de 2019
6:05 - atualizado às 11:46
xp-investimentos1
Imagem: Divulgação

Em meio à batalha com o BTG Pactual no mercado de plataformas de investimento, a XP Investimentos decidiu ingressar também com ações na Justiça contra escritórios de agentes autônomos que decidiram se desligar da corretora para se unir ao rival.

Entre os alvos da XP estão o escritório mineiro One e a CDR, mais conhecida como Cordier, que tem sede em Sorocaba e filiais em São Paulo e Curitiba. Juntos, eles representam quase 2 mil clientes, que possuem aproximadamente R$ 1,650 bilhão em investimentos, de acordo com informações disponíveis no site do BTG.

No mais novo lance dessa disputa, a corretora obteve uma liminar na Justiça para impedir a Cordier de compartilhar com o BTG ou outro concorrente informações confidenciais sobre operações financeiras de clientes da XP sem autorização expressa deles.

Eu procurei a XP e o BTG, mas ambos informaram que não comentariam o assunto. A Cordier e a One não responderam ao pedido de entrevista até o momento.

O que está em jogo

Para você entender melhor essa briga de peixes graúdos, é preciso saber antes como funciona a dinâmica desse mercado. O modelo de atuação da XP, pioneira e líder entre plataforma de investimentos do país, é baseado principalmente na figura do agente autônomo.

É ele quem apresenta para o cliente as opções de aplicação disponíveis na plataforma entre todas as disponíveis no "supermercado financeiro". Ou seja, embora o cliente tenha conta na XP, a relação se dá principalmente com o agente autônomo.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter

A importância deles para esse mercado é tão grande que o Cade, órgão de defesa da concorrência, entendeu que a rede de agentes autônomos da XP constitui uma barreira de entrada para concorrentes.

Tanto que uma das condições impostas para aprovação da venda da participação de 49,9% da XP para o Itaú Unibanco, concluída no ano passado, foi justamente a proibição de contratos de exclusividade entre a corretora e os escritórios.

Concorrência acirrada

De olho nesse filão, o BTG resolveu se valer da estratégia de captar agentes autônomos para turbinar o crescimento sua plataforma BTG Pactual Digital. 

O banco fechou no ano passado a compra da Network Partners, formada por ex-sócios da XP. A empresa se especializou no relacionamento com agentes autônomos e conta com uma rede de 300 escritórios e mil profissionais.

Para barrar o avanço do rival, a XP entrou na Justiça e conseguiu uma liminar no fim do ano passado que proíbe o banco de abordar os agentes autônomos de investimento vinculados a ela. Na ação, a corretora acusa o BTG de se valer de informações confidenciais obtidas na época em que ela preparava a abertura de capital para criar a sua própria plataforma de investimentos.

Na semana passada, a Justiça entendeu que não há elementos para comprovar que o banco tenha usado dados confidenciais da XP. Mas manteve a decisão que impede o BTG de assediar os escritórios da concorrente. A expectativa é que o banco entre com agravo contra a decisão no Tribunal de Justiça.

Sequência de processos

A decisão do juiz deixou os agentes autônomos livres para buscar outra plataforma concorrente, inclusive a do BTG. Mas a vida de quem decidiu deixar a XP não promete ser fácil.

Nos processos contra a One Investimentos e a Cordier, a XP alega que rompeu o contrato com os escritórios depois de encontrar supostas irregularidades. E justifica o pedido de liminar para impedir os agentes autônomos de transferir os clientes para o BTG valendo-se de informações confidenciais que seriam da corretora.

Por trás dessa disputa cabe a questão de quem é o cliente, do agente autônomo ou da corretora à qual ele está vinculado?

O juiz Luis Felipe Ferrari Benendi, responsável tanto pelas ações da XP contra o BTG como contra os agentes autônomos, apresentou diferentes conclusões nas sentenças até o momento.

No caso da One, Benendi concedeu liminar no fim do ano passado que proíbe o escritório de compartilhar informações confidenciais de clientes com o BTG ou outras plataformas. Esse caso está sob segredo de Justiça, mas a decisão acabou sendo publicada.

Na manifestação mais recente na ação da corretora contra o BTG, o juiz considerou que o cliente possui vínculo tanto com o agente autônomo como com a instituição financeira, como alega o BTG no processo. Ainda assim, ele determinou que o banco não pode usar essas informações ao avaliar a contratação de escritórios para sua plataforma.

Na sexta-feira, Benendi concedeu uma nova liminar à XP, agora contra a Cordier. Mas nesse caso, a decisão foi considerada mais branda, ao limitar o compartilhamento de informações com outras plataformas apenas nas situações em que o cliente não tenha dado autorização expressa.

Para um advogado com quem eu conversei e que atua em processos de agentes autônomos contra a corretora, a tendência é que outras plataformas ganhem parte do mercado que hoje é dominado pela XP. E que as ações na Justiça devem servir apenas para adiar um processo inevitável.

Esse movimento está longe de ser uma tragédia para a corretora, já que outra tendência que está em curso beneficia o mercado de plataformas de investimento como um todo: a migração de recursos dos clientes que hoje estão nos grandes bancos.

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

Mercado de trabalho

Emprego informal recorde derruba produtividade da economia brasileira

O crescimento do trabalho informal tem afetado os índices de produtividade da economia do país, de acordo com cálculos da Fundação Getulio Vargas

Shake it off

Taylor Swift, o grupo de investimentos Carlyle e uma briga feia no mundo da música pop

O Carlyle está no centro de uma discussão envolvendo Taylor Swift e sua antiga gravadora, a Big Machine Records, que estão disputando os direitos autorais da obra da cantora pop

Seu Dinheiro no sábado

MAIS LIDAS: O jovem bilionário do Facebook

20 de janeiro de 2010: essa é a data da minha primeira postagem no Facebook. Nada muito inspirador, eu estava só reclamando do clima chuvoso. Nos meses seguintes, todas as minhas interações tratavam de joguinhos on-line — aparentemente, eu era um grande fã de FarmVille. Acessar o túnel do tempo das redes sociais é revelador. […]

Fim das atividades

Braskem encerra extração de sal-gema em Alagoas, alvo de ações de R$ 40 bi

Após supostos prejuízos causados a ruas e casas em Maceió (AL), a petroquímica Braskem decidiu encerrar as atividades de extração de sal-gema cidade

Ultrapassou Jeff Bezos

O maior bilionário: Bill Gates volta a ser o homem mais rico do mundo

Com uma fortuna avaliada em US$ 110 bilhões, o fundador da Microsoft, Bill Gates, ultrapassou Jeff Bezos na disputa pelo posto de maior bilionário do mundo

O segundo passo

Binance e Bittrex, duas exchanges estrangeiras de criptomoedas para chamar de sua

Entenda por que vale a pena abrir conta em uma corretora de fora e veja quais são as principais diferenças entre as duas casas sugeridas por especialistas com grande experiência no mercado

Dicas do Fausto Botelho

Bitcoin e outras criptomoedas que estão com tendência de alta

Neste vídeo, o analista gráfico faz projeções para o Bitcoin e muitas outras criptomoedas, além de fazer comentários sobre a tendência do S&P

Abertura de capital

XP Investimentos dá a largada para o IPO e apresenta documentos à CVM americana

A XP Investimentos protocolou os documentos referentes ao seu processo de abertura de capital nos EUA. A operação será feita na Nasdaq, com ofertas primárias e secundárias

Tensão nos ares

Crise na Boeing: sindicatos de companhias aéreas temem a liberação do 737 Max

Com a possibilidade de as aeronaves 737 Max da Boeing serem liberadas novamente para voar, os sindicatos das companhias aéreas mostram-se preocupados

Protestos no país

Banco Central do Chile anuncia novas medidas para conter a queda do peso

A autoridade monetária do Chile irá adotar mais ferramentas para frear a trajetória de desvalorização da moeda do país, em meio à onda de protestos sociais vistos nos últimos dias

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements