Menu
2019-04-04T15:56:49+00:00
Reestruturação do negócios

Bayer vai cortar 12 mil funcionários e vender divisão de saúde animal

Segundo a companhia, o foco agora será os segmentos principais, como farmacêutico, de cuidados pessoais e de agricultura

29 de novembro de 2018
15:01 - atualizado às 15:56
bayer
Outro foco da companhia será fortalecer a inovação e a competitividade em suas divisões - Imagem: Shutterstock

A Bayer vai adotar uma série de medidas para melhorar a eficiência nos próximos anos, incluindo desinvestimentos e uma redução de 10% no número de funcionários, disse a companhia nesta quinta-feira. A Bayer está tentando reconquistar a confiança de investidores após suas ações terem caído fortemente nos últimos meses.

A companhia disse que pretende se concentrar em seus segmentos principais - farmacêutico, de cuidados pessoais e de agricultura - e vender o negócio de saúde animal. Segundo analistas, a empresa pode conseguir até 7 bilhões de euros com essa venda.

Na divisão de cuidados pessoais, a Bayer quer melhorar a rentabilidade se desfazendo das linhas de produtos Coppertone e Dr. Scholl. A Bayer pretende também vender sua participação de 60% na Currenta, empresa de serviços para a indústria química.

Além das medidas de portfólio, a companhia quer melhorar significativamente sua estrutura de custos. Para isso, vai cortar cerca de 12 mil funcionários de um total de 118.200 - principalmente na Alemanha -, além de adotar outras medidas.

A Bayer disse ainda que vai investir para fortalecer a inovação e a competitividade em suas divisões. Até o fim de 2022, serão investidos 35 bilhões de euros. Cerca de dois terços desse total serão destinados a pesquisa e desenvolvimento.

A companhia vem enfrentando forte pressão de investidores por causa de um aumento no número de processos envolvendo um herbicida à base de glifosato fabricado pela Monsanto, empresa que a Bayer adquiriu recentemente.

As ações da Bayer perderam cerca de um terço de seu valor desde agosto, quando um júri em São Francisco considerou que a exposição prolongada ao glifosato, um componente essencial do herbicida Roundup, da Monsanto, seria a causa do câncer de um ex-jardineiro.

A Bayer negou as alegações e está recorrendo do veredicto.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

AIRBNB

“Não vamos aceitar alegações de concorrência desleal”, diz Leonardo Tristão

No ano passado, o impacto econômico do serviço – que inclui refeições, passeios e outros gastos que os turistas fazem além da hospedagem – foi de R$7,7 bilhões, alta de 92% em relação a 2017

SÃO OS NEGÓCIOS

Influenciadores dão “jeitinho” após fim da contagem de curtidas no Instagram

A rede começou a esconder o número de curtidas em fotos no Brasil. Agora, cada pessoa só acessa os próprios números – uma forma, diz o Instagram, de reduzir o impacto à saúde mental

A FONTE DO PROBLEMA

“Desigualdade tem de ser combatida no imposto de renda”, diz Orair

No primeiro trimestre deste ano, a desigualdade de renda dos trabalhadores brasileiros atingiu seu maior nível em pelo menos sete anos

5º MAIS RICO DO MUNDO

Carlos Slim, o bilionário que lucrou com um monopólio e virou o ‘dono do México’

Com conglomerado de mais de 200 empresas, empresário acumulou fortuna de US$ 60 bilhões, que equivale a 6% do PIB do país, e se tornou o quinto homem mais rico do mundo.

MAIS UMA

Bolsonaro afirma que governadores do Nordeste tentam manipular eleitor

O uso de um termo pejorativo para se referir aos nordestinos provocou a reação de governadores da região, que manifestaram “espanto e profunda indignação”

BNDES

Com BNDES menor, pode faltar crédito para investimento

O patamar de desembolsos em torno de R$ 70 bilhões por ano, sinalizado pelo novo presidente, equivale a 1% do Produto Interno Bruto, menor nível em 20 anos.

Boa notícia

Risco volta ao nível de quando país tinha selo de bom pagador

Além do avanço na reforma previdenciária, contribuiu para a redução do risco país o cenário de um mercado internacional mais calmo

Bandeira eleitoral

Tema “corrupção” perde espaço no Twitter de Bolsonaro

Depois de assumir o poder, o assunto perdeu espaço em sua timeline e, segundo levantamento no perfil do presidente, apareceu em apenas 1,4% das postagens.

Uma dose de realismo

Bilionários garantem: este é o melhor momento para se estar vivo

Bill Gates, Warren Buffett, Elon Musk e Barack Obama são categóricos: se você pudesse escolher qualquer momento na história para nascer, seria este.

Promessa é dívida

MAIS LIDAS: Oi e FGTS foram as grandes promessas da semana

São elas: a liberação do saque do FGTS pelo governo Bolsonaro e o plano da diretoria da Oi de tirar a empresa do buraco. Confira

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements