Menu
Daniele Madureira
Publicações
Entrevista exclusiva

Usiminas investe em startups em busca de produtividade e novas fontes de receita

Passada disputa entre os sócios e empenhada em se tornar uma indústria 4.0, a siderúrgica quer “inovação em todas as frentes”, afirmou Sergio Leite, presidente da Usiminas

ENTREVISTA EXCLUSIVA

Os conselhos de Pedro Parente para reerguer a BRF e a economia do Brasil

Em entrevista exclusiva ao Seu Dinheiro, Pedro Parente fala das mudanças na BRF e defende que o governo mostre mais convicção na agenda liberal para ajudar a economia deslanchar.

Os chefes dos CEOs

No conselho de Petrobras, Braskem e Embraer, João Cox vê combate à corrupção como missão do colegiado

Depois de passar pelo comando de empresas de telecom e trabalhar com alguns dos homens mais ricos do mundo, Cox conta como atuou a investigar denúncias e evitar práticas irregulares

Os chefes dos CEOs

O conselheiro com perfil negociador conta como ajudou a selar a paz na Usiminas

Na presidência do conselho da siderúrgica mineira, Ruy Hirschheimer diz que tem como principal missão no cargo a gestão de riscos, que se revelou ainda mais importante após a tragédia da mina da Vale em Brumadinho

O TRABALHO INVISÍVEL DOS CHEFES DOS CEOS

Claudio Galeazzi, um reestruturador em série no conselho de BTG e Smiles

Depois de fazer fama de mau ao demitir milhares nas empresas que salvou, Claudio Galeazzi se tornou um conselheiro que defende o livre arbítrio do principal executivo.

Os chefes dos CEOs

Depois da Lojas Renner, José Galló quer multiplicar encantamento no conselho e em startups

Presidente do conselho de administração da maior varejista de moda do país, Galló também atua em outros três conselhos e criou “family office para investir em novas empresas

Os chefes dos CEOs

De corpo e alma: as lições de Marcelo Silva, o conselheiro que fez a ponte na gestão do Magazine Luiza

O que diferencia uma empresa da outra são as pessoas, diz o executivo que comandou o Magalu entre 2009 e 2015 e atua hoje no conselho da varejista e de outras cinco empresas

a volta por cima?

A guinada da Oi: companhia pode abandonar telefonia móvel e virar empresa de fibra ótica para sobreviver

Em recuperação judicial e com dívidas bilionárias, operadora dá uma guinada na sua estratégia e indica que pode vender seu negócio de telefonia móvel 

Bom, mas nem tanto

Mercosul e União Europeia: acordo para ‘liberar geral’ o comércio pesa na bolsa?

A receita vai crescer, mas as cotas continuam nos produtos considerados “sensíveis”, que envolvem um prazo maior para implantação das normas, de até 15 anos. Na lista está justamente o agronegócio.

A novela da supertele

Perto de um final feliz? Ações da Oi atraem investidores, mas disputas internas de poder preocupam

Em meio à recuperação judicial, operadora espera mudança no marco regulatório e chama a atenção de investidores como George Soros e Victor Adler, mas está longe de resolver problemas

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements